Conecte-se conosco
smt-Juno-capa

Ciência e Tecnologia

Sonda Juno está próxima de começar a revelar os segredos de Júpiter

NASA anuncia que penúltima manobra de acerto da trajetória foi realizada com sucesso. A Juno deve chegar a Júpiter em 4 de julho de 2016

smt-Juno-P1

NASA anuncia que penúltima manobra de acerto da trajetória foi realizada com sucesso. A Juno deve chegar a Júpiter em menos de 5 meses

A NASA anunciou que a sonda Juno está próxima de chegar a Júpiter, em uma viagem que deve totalizar 5 anos. A unidade espacial, movida a energia solar, foi lançada em 2011 e até agora a missão tem sido anunciada como um sucesso, com a agência espacial norte-americana afirmando que a espaçonave está “no caminho certo” para chegar ao seu objetivo no dia 4 de julho de 2016.

Na última quarta-feira (3), a NASA anunciou que a penúltima manobra de acerto da trajetória foi realizada com sucesso. A missão tem como objetivo revelar a história da formação e dos detalhes da estrutura interior de Júpiter, o maior planeta do sistema solar. Assim que for completada a viagem, Juno irá se instalar na órbita do gigante gasoso e enfrentará os perigos de sua intensa radiação quando se aproximar dele.

smt-Juno-P2

A Juno chegará a maior aproximação que um objeto já atingiu em Júpiter, chegando apenas 5.000 quilômetros de distância. Durante os sobrevoos, a sonda espacial vai captar dados abaixo da imensa nuvem de obscurecimento de Júpiter e estudar a sua auroras. A Juno é a segunda missão que faz parte do programa de missões que abordam iniciativas de exploração de alta prioridade no sistema solar New Frontiers da NASA.

Os dados extraídos pela sonda irão oferecer informações sobre o início do nosso sistema solar, além de enriquecer a compreensão científica dos planetas ao redor de outras estrelas. Recentemente, a NASA aprovou algumas mudanças no plano de estudo da missão até Júpiter. Ao invés de 11 dias em órbita no planeta, Juno deverá completar uma volta no maior planeta do sistema solar em 14 dias.

Imagem ultravioleta de Júpiter captada pelo telescópio Hubble em 1998.

A revisão aprovada pela NASA também irá permitir que a sonda construa mapas dos campos magnéticos e da gravidade do planeta de maneira mais global e detalhada. O plano revisado estende a missão para 20 meses ao invés dos 15 meses originais. Com isso, a nave aumentará de 30 para 32 órbitas em torno do gigante gasoso.

O nome da sonda espacial não poderia ser mais adequado. Na mitologia romana, Juno é a esposa de Júpiter e rainha dos deuses. Para esconder sua maldade, o deus Júpiter criou um véu de nuvens em torno de si mesmo. A deusa Juno foi o única que foi capaz de espreitar por entre as nuvens e revelar a verdadeira natureza de seu esposo. Torcemos para que a sonda Juno tenha o mesmo sucesso.

Jornalista, fã de cinema e curioso de todas as coisas. Sempre atento às informações, escreve sobre ciência, comportamento e as novidades do mundo tecnológico.

Comentários

Mais de Ciência e Tecnologia

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top