Conecte-se conosco
Capturar

Games

Os três misteriosos anúncios do Steam: parte I – SteamOS

3

O Universo Steam vai se expandir em 2014…

É com essa frase de impacto que a Valve promete três grandes revelações para essa semana. E o primeiro segredo já foi revelado: o SteamOS.

Quando Gabe Newell, o chefão da empresa disse que o Windows 8 seria um desastre e começou a apoiar publicamente o Linux, muita gente torceu o nariz. No ano passado, com o lançamento da ferramenta Big Picutre e do cliente Steam para Linux, os desenvolvedores – principalmente os indies – viram na plataforma uma forma viável de monetizar seus games e softwares em versões Linux.

Capturar

Revelado ontem, 23/09, o SteamOS é o sistema operacional que unifica os recursos atuais do cliente Steam com todo o poderio do kernel Linux. Obviamente gratuito (mas não claro se será open-source), será possível instalar o SO em quantos computadores quiser, além de ser licenciável para fabricantes que queiram embarcar o SO em seus produtos. Com a interface voltada para TVs e integralmente desenvolvido para uso em joysticks, será fácil montar um “console” next-gen baseado num PC com o SteamOS.

O Windows é um consumidor voraz de memória RAM, processamento e outros recursos do computador. Um sistema dedicado como o SteamOS deve causar um efeito semelhante ao que é aplicado nos consoles atuais – o SO não consome recursos significativos do computador, deixando praticamente toda a capacidade do hardware livre para os jogos e softwares.

Isso é refletido atualmente em versões Linux de alguns games: o desempenho acaba sendo melhor em sistemas baseados no pinguim do que no Windows – pela implementação do OpenGL (equivalente aberto ao DirectX, da Microsoft), por exemplo e pelo sistema operacional geralmente consumir menos recursos.

2

Ainda foram reveladas novas funcionalidades que funcionarão tanto no SteamOS quanto no cliente Steam para todas as plataformas. São elas:

Streaming Caseiro
Você poderá jogar games instalados no seu computador Windows ou Mac na sua máquina com o SteamOS. É só ligar o computador onde o game está instalado e voilá. O game será transmitido via Streaming pela sua rede local.

Música, TV e Filmes
Isso me cheira a aplicativos oficiais… Vevo, YouTube, Netflix e Rdio, talvez?

Partilha Familiar
Será possível compartilhar games com seus amigos e familiares. Basta autorizar uma conta a acessar sua biblioteca ou ser autorizado a acessar a biblioteca de alguém. Seus saves, conquistas e afins serão independentes.

Opções Familiares
Aparentemente será algo como um contole parental. Não quer que seu filho jogue GTA IV? Ele não vai. Basta filtrar quais games ele terá acesso.

Além dos novos recursos, a Valve ainda promete games AAA nativos no SteamOS em 2014. O que é uma ótima notícia para quem quer entrar de cabeça no SteamOS ou joga no Linux. Imagine 40% dos blockbusters sendo lançados pro SO no próximo ano. Seria incrível!

Agora vamos deixar de lados os fatos e especular sobre o SteamOS. Aqui vão algumas das minhas apostas:

  • As parcerias da Valve com AMD, nVidia e Intel devem gerar drivers gráficos mais eficientes e com atualizações mais constantes para Linux.
  • Ainda falando de drivers, acredito na criação de drivers específicos para joysticks e/ou otimização dos já existentes. Por exemplo, existe um driver não-oficial para o joystick wireless do Xbox 360 (utilizando o receptor USB), porém os leds do botão guia ficam piscando, como se o controle não estivesse conectado. Como a grande maioria dos desenvolvedores recomendam o uso desse joystick, esse problema deve deseparecer até o lançamento do SteamOS.
  • Um recurso de cross-chat em grupo deve ser adicionado, algo semelhante aos grupos do Xbox 360. Você consegue reunir vários contatos do Steam numa sala de chat de voz, independente do game que cada um esteja jogando. É um recurso que faz muita falta numa plataforma de games com um aspecto tão social quanto o Steam.
  • Acredito que o grande chamariz do SteamOS será a próxima geração de games da Valve (sim, eu acredito no 3!). Garantir melhor desempenho ou até mesmo exclusividade temporária de [possíveis] games como Half Life 3, Portal 3 ou Left 4 Dead 3 no SteamOS seria uma jogada de marketing incrível.

Quais as suas expectativas para os próximos anúncios? A próxima geração de games da Valve? Um joystick do Steam? O SteamBox? Enquanto aguardamos as duas próximas revelações, que devem acontecer na próxima quarta e na próxima sexta, que tal deixar sua opinião sobre o novo Sistema Operacional?

código + música + coisas LGBTQ + gaming

Comentários

Mais de Games

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top