Conecte-se conosco

Android

Triboo: Um tablet nacional pra ninguém botar defeito

Tablet nacional estreia tela transflexível

Uma desenvolvedora brasileira está desenvolvendo um tablet nacional, e rodando..ah sim, era de se esperar, Android. O nome é legal, faz parecer bem brasileiro mesmo. Ele tem a possibilidade de ajustar o brilho conforme a luminosidade ambiente (light sensor), e com toques na tela ajustar o contraste.

“A principal vantagem dessa tecnologia é permitir a leitura de textos e livros eletrônicos com o mesmo conforto oferecido por um e-reader como o Kindle. Na prática, a tela resolve o dilema de ter um tablet com aplicações multimídia, porém ruim para leitura de textos longos ou um e-reader, que é ótimo para ler, mas não permite executar aplicações de mídia”, conta Francisco Coelho, diretor de tecnologia da Triboo.

O tablet foi todo desenhado pela empresa, mas será fabricado com componentes internacionais, já que não temos muita coisa aqui. Aqui reparem nas especificações:

  • Android 2.2 FroYo
  • Tela capacitiva multitouch (1024 x 600) de 10,1″
  • Acelerômetro
  • Processador da Samsung de 1GHz (um Hummingbird talvez?)
  • 16 GB de armazenamento, mas suporta discos externos e pendrives (!!!)
  • Leitor de cartão SD
  • Saída HDMI

Que é isso num tablet nacional? Cadê o pessoal que fala mal de produto nacional agora? Com tudo isso aí, eu aposto nele, e não em um Galaxy Tab ou um da ZTE como um tablet pra mim. (Claro, se eu não tiver a possibilidade de comprar um NotionInk Adam). E tem mais ainda:

“Você pode baixar vídeos em alta definição na web e plugar o tablet na TV. Também é possível conectar mouse e teclado e usar o tablet de modo similar a um computador de mesa”, explica o diretor da Triboo.

Bom o preço vai ser de aproximadamente R$ 1300 e disponibilidade para o primeiro trimestre.  Pra mim já é ótimo. Espero pra ver realmente se ele terá um acabamento externo bonito, porque não gostaria de um tablet Positivo (desculpa) para falarem mal do Android por aí. E ele ainda tem 3G e uma câmera frontal para vídeo conferência, então pode ser que uma parceria com as operadoras seja possível.

Sério, estou realmente esperando esse tablet. Pode ser brasileiro, e sempre temos alguma coisa que nos impede de querer bem, mas se os “benchmarks” disserem que ele vai bem, e o acabamento for bom, já vejo o que vou comprar ano que vem. Agora é esperar o pessoal da Info testar e dizer se o aparelho é bom mesmo ou não.

Nota: Nem na matéria da Info foi dito sobre ele ter WiFi, mas é de se esperar que tenha sim.

Via Info

"There was a young lady named Bright Whose speed was far faster than light; She set out one day In a relative way And returned on the previous night."

Comentários

Mais de Android

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top