Conecte-se conosco
iWKad22

Aplicativos

TSA pagou 1,4 milhões em app que pode ser feito em 10 minutos

A TSA pagou cerca de U$1,4 milhões de dólares em um app que diz pra que fila você deve ir no aeroporto. O mais ridículo é que o app pode ser feito em 10 minutos facilmente.

iWKad22

Desde os atentados terroristas em 11 de setembro, viajar de avião se tornou um processo rigoroso, e a qualidade do atendimento em aeroportos é deprimente no resto do mundo, isso porque felizmente aqui no Brasil quem cuida disso é a Polícia Federal.

Lá nos EUA, o órgão que monitora os passageiros é o TSA, quer foi criado depois do 11/09 para garantir a segurança dos passageiros. O problema é que a revista dos agentes, que são mal capacitados, por sinal, é extensa e minuciosa (até demais). Os caras implicam com tudo que pareça “perigoso”, e tenha potencial de ser usado por um terrorista, desde placas mãe gamer até brinquedinhos do Buzz Lightyear como esse da foto.

BUZZ_LIGHTYEAR_c93-0-612-303_s885x516

Para ganhar dinheiro fácil agilizar o processo, eles criaram um serviço de Pre Check, onde você paga US$ 85 e tem uma espécie de pré-aprovação, e a sua fila anda mais rápido pois passa por uma inspeção menos rigorosa que a dos demais passageiros. Para evitar que terroristas usem o serviço, as inspeções variam de forma aleatória. Um app em um tablet decide quem vai para a fila A ou fila B randomicamente.

Um desenvolvedor curioso, chamado Kevin Burke, ficou curioso com tal app e abriu uma solicitação no FOIA (Freedom of Information Act), uma lei que dá direito ao povo norte-americano saber o valor dos gastos do governo. Uma espécie de Portal da transparência que realmente funciona, para saber quanto custou o app. A resposta (cuidado, PDF) demorou um ano, mas chegou.

O contrato inicial, feito com a IBM, custou aos cofres públicos US$ 336.413,59, que equivalem a pouco mais de R$1,2 milhões de reais.

É... me disseram que desenvolver apps dava muito dinheiro.

É… me disseram que desenvolver apps dava muito dinheiro.

Se você já achou tudo isso um absurdo, veja um vídeo do app em ação:

Ah, achou pouco? Então vamos lá, um adendo no contrato injetou mais US$ 1.444.315,00 nos sofres da IBM. Surreais 5,2 milhões de reais. No final das contas, a TSA afirmou que na verdade o custo total do app foi de U$47,400 dólares.

Agora veja o quão ridículo é o app, que por nada nesse mundo justificaria esse preço.

Vamos à pratica. Digite F12 em seu teclado e vá em “Console”, e digite isso:

"Fila da " + (Math.floor(Math.random() * 2) ? 'esquerda' : 'direita')

Dê enter.

Pronto, app feito. (Créditos ao Pedro Victor pelo código).

O aplicativo é basicamente isso, e para provar o quão insano é este aplicativo, um sujeito fez um igual em 10 minutos.

Se você quiser, pode baixar o “app milionário” na Play Store.

O TSA poderia facilmente usar moedas para este serviço, a custo de U$1 dólar por agente (usando Real o custo ainda cairia por 4). Basta jogar uma para o alto, ao cair no chão ela vai exibir uma informação que pode ser usada para escolher de forma randômica para qual fila o passageiro iria, técnica bastante conhecida como “cara e coroa”.

Fonte: TNW, MB

Desenvolvedor web, técnico em eletrônica, geek desde criança, nerd e gamer caixista, ama Halo e Gears of War mas está esperando a SEGA lançar outro console porque é fã de Sonic. Entusiasta de tecnologia em geral, ama robôs e PC gaming.

Comentários

Mais de Aplicativos

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top