Conecte-se conosco
UPOS1

Android

Ubuntu Phone OS: chegou a vez do Linux (de verdade) nos smartphones!

Repentinamente, e sem muitas informações, o Ubuntu Phone OS foi anunciado ontem pela Canonical – empresa responsável pelo desenvolvimento da distribuição Linux mais popular do mundo.

Diferentemente do Ubuntu For Android, anunciado ano passado (que funciona com o smartphone rodando Android nativamente, e ao ser acoplado em uma dock especial, se torna um desktop comum, rodando a última versão do Ubuntu), o Ubuntu Phone OS é uma espécie de Fork do Android que funde a distribuição Linux com o sistema operacional do robozinho verde.

A intenção é simplificar o design e a criação de aplicativos, unificando o ecossistema Ubuntu tanto no desktop quanto no smartphone. O menu de aplicativos do Ubuntu Phone OS é praticamente idêntico ao da versão desktop, sendo uma barra lateral vertical que surge ao arrastar do dedo.

O grande destaque da interface fica por conta do conceito Unity full screen, onde os botões de ação ficam ocultos, bastando fazer um gesto específico na tela do smartphone pra que eles surjam. Consequentemente, economizando espaço na tela e fazendo com que os aplicativos melhor o utilizem.

UPOS2

O ecossistema de nuvem do Ubuntu, o Ubuntu One, será totalmente compatível com o Ubuntu Phone OS, sincronizando dados como contatos e configurações na nuvem.

A Canonical pretende incentivar o uso do HTML5 para criação dos aplicativos, mas é bem provável que o suporte a aplicativos Android exista, já que facilitaria a migração dos usuários. Você trocaria o sistema operacional do seu smartphone pra um teoricamente melhor, mas sem WhatsApp, Swiftkey, Instagram, Flipboard e aquele monte de inutiliários? Pois é, eu também não.

AppsUPOS

No lugar da lockscreen (como chamamos a tela de bloqueio no Android), no Ubuntu Phone OS, temos a welcome screen (algo como “tela de boas vindas”, em português), que promete ser muito mais dinâmica e útil que a original. Nela serão exibidas todas as últimas atualizações importantes pra você: últimos tweets, próximos compromissos, ligações perdidas, mensagens recebidas e uma infinidade de outras atualizações, definidas previamente.

UPOS1

O multitarefa merece destaque, e pra mim, talvez seja a melhor inovação do Ubuntu Phone OS. Para alternar entre os aplicativos recentes, basta deslizar o dedo de uma extremidade do smartphone a outra, evitando assim o incômodo de ter que voltar a lista de aplicativos e clicar no ícone do app desejado ou segurar por alguns segundos o botão home do seu smartphone, visualizar a lista de apps abertos e alterná-los.

Ainda sem previsão de lançamento, a Canonical não deixou claro como vai funcionar a instalação do Ubuntu Phone OS. Tanto pode ser simplesmente um .apk gigante contendo launcher, aplicativos de câmera, música, e outros básicos para se instalar no seu Android facilmente, quanto pode ser um sistema operacional completo, uma ROM como a CyanogenMod, por exemplo.

Os requisitos mínimos para se instalar o Ubuntu Phone OS são: processador Cortex A9 de 1Ghz, 512Mb de RAM, multitouch e memória interna disponível de 4GB.

Se o seu smartphone não entra nas especificações, não se preocupe. Sendo uma ROM e sendo um projeto de código aberto, muito provavelmente os gênios do XDA Developers vão criar uma versão funcional do Ubuntu Phone OS para o seu aparelho. 🙂

Eu quero!

E você? Ansioso pra testar essa fusão que promete fortalecer ainda mais o cenário Linux? Comente!

código + música + coisas LGBTQ + gaming

Comentários

Mais de Android

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top