Conecte-se conosco
Android-Tablet

Android

Universidade Estácio de Sá distribuirá 261 mil tablets para seus alunos

Conforme publicação no O Globo, a Universidade Estácio de Sá, que conta com 261 mil alunos em 36 cidades de 17 estados, substituirá por tablets, em cinco anos, todo o seu material didático – hoje feito em xerox e enviado semestralmente aos estudantes via correio.

A mudança começará em agosto, quando os cinco mil novos estudantes de direito do Rio, curso que deu origem à empresa, deverão receber a nova ferramenta.

Segundo a universidade, isso não aumentará o valor da mensalidade: “Ainda estamos em negociação com os fabricantes, mas será um bom tablet, que roda Android e com boa capacidade para flash e vídeo, já que nosso material pedagógico é multimídia e interativo – disse Pedro Graça, diretor de mercado da Estácio. – Provavelmente será um modelo que ainda não foi lançado no Brasil e deveremos pagar por unidade, entre US$ 350,00 e US$ 450,00, pois nosso contrato de três anos vai prever a compra de cem mil tablets anuais.”

O modelo que está sendo criado pela Estácio prevê que o tablet use gratuitamente a rede Wi-Fi dentro de suas instalações. Se o estudante quiser, poderá contratar o serviço com operadoras, que já estão negociando pacotes especiais com a universidade. A manutenção do equipamento ficará por conta da instituição de ensino, porém caso o estudante perca ou danifique o equipamento, terá de pagar por um novo – a preços de custo da Estácio.

O estudante, entretanto, poderá contratar seguros e terá inovações a seu favor: “O tablet terá um mecanismo que o obriga a se conectar de tempos em tempos com a rede da Estácio, do contrário para de funcionar. Assim, pretendemos diminuir o risco de assaltos.” – disse o diretor, que afirmou que ao fim do curso o aluno ficará com o tablet.

O diretor da Universidade afirma que os tablets trarão ganhos ambientais para a Estácio: no primeiro ano, seis milhões de folhas de papel deverão ser economizadas. Quando todos os alunos estudarem com a ferramenta, a economia deve chegar a 214 milhões de folhas anuais.

Fonte: Portal Estácio de Sá e O Globo (12/01/2011)

Bruno A. Martinez é advogado, bancário e criador do Showmetech. E sim, todo mundo pergunta por que ele não estudou algum curso relacionado com tecnologia.

Comentários

Mais de Android

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top