Conecte-se conosco
Captura de Tela 2013-11-02 às 11.50.55

Ciência e Tecnologia

Velocidade mínima da internet sobe para 30% do plano contratado

Velocidade mínima da internet sobe para 30% por conta das metas de qualidade estabelecidas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Captura de Tela 2013-11-02 às 11.50.55

1, 2, 5, 10, 20, 50, 100, 200 mega… São muitas as opções de planos para a internet banda larga no país. O problema é que, quase sempre, a velocidade real não chega nem perto do plano contratado. Foi por isso que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) criou metas para as empresas e desde ontem (01/11), as empresas são obrigadas a entregar, no mínimo, 30% da velocidade contratada para assinantes de banda larga fixa e móvel.

As prestadoras deverão garantir mensalmente, em média, 70% da velocidade contratada pelos usuários. A velocidade instantânea, aferida pontualmente em uma medição, deve ser de, no mínimo, 30% do contratado. Até agora, valia o mínimo de 60% para a taxa de transmissão média e 20% para a taxa de velocidade instantânea.

Para ficar mais claro: se você possui um plano de 10 Mbps (megabit por segundo), a média mensal de velocidade deve ser de, no mínimo, 7 Mbps. A velocidade instantânea, por sua vez, deve ser de 30% do contratado, ou seja, 3 Mbps. Se a empresa entregar apenas 40% da velocidade  contratada em alguns dias, no restante do mês, ela terá de aumentar a capacidade da banda para que a  média mensal de 70% seja atingida.

Os novos limites são válidos por um ano. Em novembro de 2014, a cobrança será ainda maior e a taxa de transmissão média (download e upload) subirá para 80%. A taxa de transmissão instantânea (download e upload) será ampliada para, no mínimo, 40% da velocidade contratada pelo assinante.

Anatel

Por isso, é bom ficar de olho e fazer testes para saber se a empresa está cumprindo as novas regras da Anatel. Caso sua velocidade esteja abaixo do esperado, abra uma reclamação através do serviço de atendimento ao consumidor e, caso não seja atendido, utilize os canais de reclamação da agência que costumam resolver as pendências com as operadoras.

Veja como abrir um chamado:

Telefone:

A central de atendimento da Anatel funciona de segunda a sexta-feira, nos dias úteis, das 8h às 20h.

Ligue 1331 para registrar reclamações e denúncias contra operadoras, além sugestões ou pedidos de informações sobre a Anatel, inclusive sobre o nosso Portal.

Internet:

Utilize o serviço de auto-atendimento para registrar e acompanhar reclamações, denúncias, pedidos de informação, sugestões e elogios em relação às operadoras, à Agência e, inclusive, ao nosso Portal. O acesso ao sistema é feito mediante cadastramento do usuário. Antes de efetuar reclamação sobre os serviços de telecomunicações, no entanto, procure sua prestadora e tenha em mãos, ao entrar em contato com a Anatel, o protocolo de atendimento da empresa.

Atendimento pessoal:

Em cada capital brasileira funciona uma Sala do Cidadão, espaço que tem como objetivo tornar mais interativo o relacionamento da Anatel com a sociedade, oferecendo facilidades para que o cidadão obtenha informações e documentos, registre reclamações, dê entrada em documentos e/ou acompanhe o andamento de processos protocolados na Agência.

Cada Sala conta com estrutura de atendimento para prestar informações, esclarecer dúvidas e ajudar os interessados na busca online de informações sobre o setor de telecomunicações. Conheça os endereços e os telefones de contato da sede da Agência e de suas representações estaduais.

Além da telefonia móvel, a Anatel também fiscaliza os serviços de telefonia fixa, internet, TV por assinatura e outros serviços de telecomunicações. Se você está insatisfeito com algum destes serviços, abra um chamado! Quanto mais consumidores reclamarem, maiores são as chances das empresas serem punidas pela agência e obrigadas à disponibilizar aos consumidores um serviço de qualidade.

Será que finalmente as empresas prestarão um melhor serviço aos assinantes?

Um jornalista curioso que adora viajar, comer em bons restaurantes e experimentar as novidades tecnológicas! Ex-correspondente da TV Bandeirantes na China e na África do Sul, atualmente é chefe de redação do BandNews TV.

Comentários

Mais de Ciência e Tecnologia

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top