Conecte-se conosco
smt-VirtualiT-capa

Ciência e Tecnologia

Virtuali-T usa realidade aumentada para mudar a maneira de ensinar Biologia

Desenvolvida pela Curioscape, a virtuali-T funciona com sensores que permitem que o interior do corpo seja visto pela tela de um mobile

smt-VirtualiT-pack

No universo da tecnologia, um dos segmentos mais impressionantes de se acompanhar o desenvolvimento, são os wearables — termo usado para designar as tecnologias para vestir. Por enquanto, os smartwatches e dispositivos fitness são as aplicações mais populares deste segmento, mas as possibilidade vão muito além disso. Um bom exemplo é a virtuali-T, uma camiseta que usa realidade aumentada (AR) para mostrar o que tem dentro de você.

E quando falamos isso, naturalmente nos referimos ao funcionamento fisiológico do nosso organismo. Desenvolvida pela startup Curioscape, a virtuali-T funciona a partir de sensores que permitem que o interior do corpo seja visualizado pela tela de um smartphone ou tablet. O wearable funciona em conjunto com um aplicativo para mobiles, de distribuição gratuita.

smt-VirtualiT-Man

Para usá-la, basta baixar o aplicativo, vestir a camisa, apontar o celular para ela e navegar pelos órgãos internos do corpo. É possível, inclusive, ver o coração batendo. A “excursão virtual” permite uma visão de 360 graus do corpo analisado. Com isso, a Curioscape espera que a virtuali-T auxilie as pessoas a aprender sobre o corpo humano, tendo importantes aplicações no campo na Medicina e da Educação.

O projeto está inscrito na Kickstarter e busca 100 mil dólares (cerca de 380 mil reais) de financiamento para transformar o conceito em realidade. Até agora, com quase 1 mês no ar, a campanha já arrecadou cerca de 13 mil dólares (cerca de 50 mil reais). As contribuições para financiar a virtuali-T podem ser feitas a partir de 25 dólares (cerca de 95 reais).

smt-VirtualiT-Girl

Se for viabilizado, a Curiscope espera iniciar a comercialização dos wearables em agosto deste ano pelo valor de 40 dólares (cerca de 150 reais). Em entrevista ao Huffington Post, o CEO da empresa, Ed Barton, disse que a virtuali-T pode revolucionar a maneria como as crianças aprenderão biologia. O que buscamos é transformar a maneira como aprendemos substituindo os livros por uma aventura emocionante”, afirmou.

Jornalista, fã de cinema e curioso de todas as coisas. Sempre atento às informações, escreve sobre ciência, comportamento e as novidades do mundo tecnológico.

Comentários

Mais de Ciência e Tecnologia

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top