Connect with us
WatchMusic

Android

WatchMusic quer ser a MTV via streaming, com raizes na Vivo

Se você viveu os anos 90, lembra que uma das principais formas para conhecer novas músicas, bandas e o que estava bombando no momento, era ligando a TV e esperando pipocar algo na MTV. As coisas mudaram, a MTV não tem mais a mesma importância e o YouTube tomou seu lugar. A Vivo percebeu este espaço vazio e modernizou a ideia, criando um app focado em streaming de clipes de música, chamado WatchMusic.

Se você viveu os anos 90, lembra que uma das principais formas para conhecer novas músicas, bandas e o que estava bombando no momento, era ligando a TV e esperando pipocar algo na MTV. As coisas mudaram, a MTV não tem mais a mesma importância e o YouTube tomou seu lugar. A Vivo percebeu este espaço vazio e modernizou a ideia, criando um app focado em streaming de clipes de música, chamado WatchMusic.

Basicamente clipes, mas também é rádio

O grande barato do WatchMusic é ser uma plataforma de vídeos musicais, ou clipe. Porém, se você quiser apenas sair pelas ruas com o celular no bolso e ainda assim escutar música, também dá. É só tocar no ícone de fone de ouvido, dentro do player. Infelizmente, em nossos testes, toda vez que toquei no ícone para transformar em um “rádio” e desliguei a tela para colocar o aparelho no bolso, a reprodução de música foi interrompida.

Como o WatchMusic é um serviço criado no Brasil, o número de artistas brasileiros é imenso e pode ser até maior do que alguns concorrentes. Ah, há internacionais também.

A lista inclui nomes de peso, como Lady Gaga, Coldplay, Justin Bieber, Jamie Cullum, Ivete Sangalo, Jorge & Mateus, Zeca Pagodinho e muitos outros. Dá pra escolher um artista específico e receber mais novidades e conteúdo específicos dele, algo como uma rede social. É possível até escolher, por exemplo, Katy Perry e conhecer artistas semelhantes e que tocam um som parecido.

Interface bacana, só que pouco confusa

O app conta com três telas iniciais. A primeira é “Descobrir” e nela ficam as principais indicações. Rola clipe tradicional ou até mesmo show ao vivo, como é o caso de Paula Fernandes – que foi transmitido ao vivo, mas agora está como gravado.

WatchMusic

A segunda tela, que é onde você vai ficar por mais tempo, tem o nome de “Explorar” e lista muito mais conteúdo. Nele você tem shows ao vivo e em Full HD, festivais específicos, playlists sugeridas por estilo musical e até humor. Separar por país dos artistas e um espaço especial para destaques, como shows mais recentes e clipes novos. A última aba lista apenas artistas, com conteúdo deles e vídeos específicos de cada um. É como o um canal oficial para cata cantor, banda ou grupo.

Tudo funciona com um visual muito agradável e intuitivo, mas um ponto me deixou perdido. Quando você abre o clipe que quer ver e toca na seta para baixar o player e escolher outra coisa, não há controles para avançar ou pausar a canção. Só é possível abrir o tocador e, ai sim, trocar de músicas.

Mais barato que seus concorrentes, só que limitado

O serviço é pago e tem assinatura mensal custando R$ 12,90 e um preço nada convidativo de R$ 3,99 semanal, que pode fechar o mês custando mais de R$ 16. Outro fator limitador é que apenas clientes da Vivo podem assinar o WatchMusic.

WatchMusic

Por fim, é possível colocar o clipe na TV, mas apenas para usuários de iOS. O app, infelizmente, tem suporte apenas para o Apple TV via AirPlay, nada de Chromecast para quem tem Android – e que também funciona muito bem com o pessoal do iPhone.

Há pontos positivos também, como a possibilidade de baixar um clipe e assistir quando estiver sem internet. Perfeito para quando você está viajando, já que dá até para baixar shows completos.

Vale a pena?

Pensando em uma plataforma de vídeos que cobra para assistir tudo e não pode transmitir para TV que não esteja conectada em uma Apple TV, além de ser exclusivo para assinantes de planos móveis da Vivo, não vale. Você consegue canais oficiais de todos os artistas no YouTube, por exemplo. O YouTube é gratuito e tem suporte para Apple TV, assim como para Chromecast e o Chromecast Audio.

WatchMusic

Busca por artistas, com outros semelhantes

O único ponto que realmente me chamou atenção está na parte de conteúdo próprio e shows em Full HD, sem propaganda. Isso é raro em outras plataformas e vai agradar quem curte um som ao vivo. Infelizmente a quantidade shows ainda é bem pequena.

O catálogo é bacana, mas ainda peca na quantidade. Busquei por Iron Maiden, banda britânica conhecida por décadas e nada apareceu. Nada também para Beatles, quase nada de Michael Jackson e até mesmo para algo nacional a quantidade de conteúdo é pequena. Busquei por Legião Urbana e o resultado foi de apenas uma música. Apenas isso, mais nada. Procurei por Capital Inicial e nada foi encontrado.

O WatchMusic é bacana, bonito, só que precisa crescer muito ainda no catálogo. Neste ponto ele perde feio para o YouTube, que não cobra nada. O app ainda precisa de refinamentos, como a possibilidade de reproduzir músicas em segundo plano (que a Vivo disse que pode ser feito, mas que não funcionou em momento algum por aqui).

Se você curtiu, ou quer testar (dá pra usar o WatchMusic por 30 dias, de graça), é só clicar aqui para baixar a versão de Android, ou aqui para a versão de iOS.

Jornalista formado, amante de tecnologia desde pequeno. Faz muito tempo que já escreve sobre tecnologia. Nintendista por paixão e entusiasta dos drones (só falta dinheiro para ter um Mavic Pro).

Comments

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top