Connect with us
WD My Cloud: veja as vantagens de ter sua própria nuvem pessoal

GADGETS

WD My Cloud: veja as vantagens de ter sua própria nuvem pessoal

Segurança, praticidade e portabilidade são algumas das vantagens oferecidas pelo WD My Cloud, dispositivo que cria a sua nuvem pessoal própria. Veja nossa análise.

wd my cloud nas

WD My Cloud: veja porque ele pode ser uma alternativa ao armazenamento em nuvem.

Uma das grandes conveniências trazidas pela internet foi disponibilizar o acessoa à informações mais rápidas e em qualquer lugar. Com a tecnologia, nossos arquivos pessoais não precisam ficar limitados ao seu computador de casa. Serviços como Dropbox, iCloud, Box, Skydrive, GoogleDrive, entre outros, facilitaram a vida de milhões de pessoas ao abrigar arquivos pessoais dentro da estrutura da rede, no chamado armazenamento em nuvem (cloud computing).

Apesar de trazer inegáveis comodidades, manter arquivos pessoais em um serviço na internet pode apresentar alguns problemas, especialmente no quesito privacidade. e você se interessa por esse tipo de praticidade, mas não quer dar às as empresas  acesso aos seus arquivos, ter uma “nuvem pessoal” pode ser uma excelente opção.

Nesta esteira, testamos o WD My Cloud, que promete trazer a facilidade dos serviços em nuvem para o ambiente da rede de casa, com toda a segurança que isso representa. Veja nossa análise:

Armazenamento em nuvem pessoal

WD My Cloud, dispositivo que cria uma rede pessoal privada

Para montar uma rede pessoal você não precisa de uma grande estrutura, com diversos aparelhos. A solução mais simples para este caso é ter um NAS (Network Attached Storage), que são dispositivos dedicados ao armazenamento de dados em rede, provendo acesso homogêneo aos arquivos para os usuários desta rede. Essa é a proposta do My Cloud da Western Digital.

O WD My Cloud é um NAS básico, voltado para uso doméstico. O dispositivo se conecta diretamente ao seu roteador e permite o acesso ao conteúdo em qualquer dispositivo conectado à rede. Conheça alguns de seus recursos e vantagens:

  • Rede própriaDiferente de nuvens públicas, o armazenamento em nuvem pessoal do WD My Cloud permite que você mantenha todo o seu conteúdo em um local seguro em sua rede doméstica, de forma que não haja mistérios sobre onde seus dados estão localizados. Além disso, você tem todo o armazenamento que precisa, sem taxas mensais.
  • Conteúdo centralizadoFaça o backup e organize todas as fotos, vídeos e músicas da sua família em um local seguro, e faça o streaming deles diretamente para todos os seus dispositivos.
  • PortabilidadeO acesso móvel e pela web do WD My Cloud dá a você a liberdade de acessar e compartilhar com facilidade todas as suas fotos e seus vídeos usando seu computador, tablet ou smartphone, de qualquer lugar, a qualquer hora.
  • Backup automático para computadoresO WD My Cloud oferece opções flexíveis de backup para proteger conteúdo valioso de todos os computadores PC e Mac de sua casa. O WD My Cloud é também compatível com o Apple Time Machine, para que os usuários do Mac mantenham seus conteúdos sãos e salvos.
  • Backup de fotos e vídeos de dispositivos móveisO aplicativo móvel do WD My Cloud ajudará a manter esses momentos insubstituíveis protegidos com backup automático para seu armazenamento na nuvem pessoal à medida que você os captura.
  • Sincronização de dadosO WD Sync sincroniza automaticamente seu conteúdo favorito em todos os seus computadores e em seu WD My Cloud, para que você possa ter confiança de que seus arquivos importantes estejam sempre atualizados e acessíveis a partir de qualquer dos seus dispositivos.

Layout:

Seguindo a aparência tradicional dos dispositivos de armazenamento da Western Digital, o WD My Cloud parece muito com um livro, compacto e com revestimento externo de plástico branco. A área frontal tem apenas um LED indicativo do funcionamento do aparelho, sendo que os conectores de energia, USB 3.0 e do cabo de rede ficam localizados na parte traseira do aparelho.

mycloud

WD My Cloud: basta conectar à rede de casa e usar.

Com estas características e simplicidade, o modelo pode ser colocado em uma estante, ou permanecer discretamente ao lado do roteador da casa. Ele tem dimensões de 4,90 (largura) x 13,93 (comprimento) x 17,06 (altura) cm.

Instalação:

A instalação do WD My Cloud é muito simples. Praticamente, basta conectar o cabo de força à uma fonte de energia e ligar o cabo de rede entre o dispositivo e um roteador de rede (aquele dispositivo que transmite a conexão WiFi ou com fios da sua casa).

Por padrão, o armazenamento já vem com 3 pastas de acesso público e dois serviços de backup, um para o Windows (SmartWare) e outro para Macs (Time Machine). Assim que você conecta do WD My Cloud à rede, as pastas públicas já estarão disponíveis para o uso em computadores conetados.

Se você tiver Smart TVs ou outros dispositivos que possuam suporte para o padrão DLNA, já poderá salvar fotos, vídeos e músicas no dispositivo, para fazer o streaming destes arquivos sem necessidade de configurações mais complexas.

Central de Controle do My Cloud: praticidade e configurações fáceis de qualquer navegador.

Central de Controle do My Cloud: configurações fáceis, de qualquer navegador.

Para acessar o painel de configurações do WD My Cloud, basta acessá-lo através da opção “Locais de Rede” no Windows, ou digitar o endereço do dispositivo em um navegador de internet. Ainda, a empresa oferece alguns aplicativos que facilitarão o uso e criação de backups. Veja:

  • My Cloud: aplicativo para dispositivos móveis (Android e iOS), que permite o controle de arquivos e backup de fotos e dados desses dispositivos no My Cloud.
  • WD Sync: aplicativo de sincronização de arquivos para todos os computadors com acesso ao My Cloud. Ele pode ser instalado em PCs com Windows ou computadores Mac.
  • WD SmartWare: aplicativo de criação de backups. Download disponível apenas para PCs com Windows.
  • WD Access: aplicativo para identificar e confirmar o status de unidades NAS como o WD My Cloud. Download disponível para PCs com Windows e computadores Mac.

Os aplicativos, em geral, são muito úteis e permitem que os donos de um My Cloud acessem seus arquivos mesmo quando estiverem fora de casa. Basta ter uma conexão com a internet em um smartphone Android ou iPhone. Pelo desktop, acessar arquivos é tão simples e básico quanto acessar qualquer outra pasta local.

O app My Cloud, no entanto, é um pouco mais simples do que esperávamos, oferecendo uma interface pobremente construída e que não facilita a vida de quem tem muitos arquivos salvos (fica difícil navegar por tanto conteúdo, fazendo com que a gente sinta falta de uma interface mais completa e organizada, como a do Google FotosGoogle Drive ou Plex Media Center).

DLNA e Media Centers:

Sim, é aqui que um NAS tem a oportunidade de mostrar a que veio. o WD My Cloud tem suporte nativo para transmitir conteúdo para Smart TVs, Home Theaters, computadores, Media Centers e outros dispositivos que suportem o padrão DLNA.

Fizemos um teste onde salvamos todo o conteúdo de vídeo (filmes e séries) nesta unidade de armazenamento, e configuramos um dos serviços mais conhecidos de streaming de mídia atualmente, o Plex Media Center.

Usando o Plex Media Center com o WD My Cloud: sucessos na tela.

Usando o Plex Media Center com o WD My Cloud: sucessos na tela.

Embora não exista um suporte nativo para o NAS, basta instalar o Plex em um computador e configurar as bibliotecas de mídia para que busquem os filmes e séries salvos nesta unidade de armazenamento em rede. Você também pode usar um dispositivo como o Nexus Player o smartphones Android ou iOS para controlar esse conteúdo e transformar sua TV em uma central de entretenimento.

Hardware

O modelo testado pelo Showmetech tem 3 terabytes (3.072 GBs) de espaço em um único disco, com processador dual-core e suporte para os padrões DLNA e UPnP. Quando conectado à rede, ele oferece uma velocidade de 64MBps para gravação de dados e 87MBps para leitura, mostrando-se um dos melhores NAS disponíveis para o uso caseiro, perfeito para realizar streaming. Ele possui uma entrada USB 3.0 e outra entrada de rede com fio (Gigabit Internet), além do conector de energia.

Não há, no entanto, mais um disco presente no My Cloud para que seja possível proteger o backup no caso de danos à unidade principal. Por isso, recomenda-se que os dados sejam salvos também, de tempos em tempos, em outro disco ou unidade de armazenamento, que pode ser conectada ao My Cloud pela rede ou pela entrada USB 3.0. Afinal, a gente nunca sabe quando pode ter problemas, não é mesmo?

Ele é compatível com computadores com os sistemas Windows 10, 8, 7 ou Windows Vista, e Macbooks e iMacs com as versões Mac OS X Yosemite, Mavericks, Mountain Lion, Lion ou superior.

Preço e disponibilidade

Western Digital Corporation (WD) é líder mundial em tecnologia e soluções de armazenamento. No Brasil, a empresa comercializa 2 versões do WD My Cloud, disponíveis na rede tradicional de varejistas. A versão de 2 TB pode é vendida por preços a partir de 800 reais. Já o modelo de 3 TB é um pouco mais difícil de ser encontrado e custa cerca de 940 reais.

Conclusão

O WD My Cloud da Western Digital combina compartilhamento de dados, streaming de mídia, backups e um poderoso gerenciamento nuvem pessoal em um único pacote. Além disso, pela primeira vez, os usuários domésticos poderão encontrar velocidades de dados de um servidor NAS profissional em um modelo feito para o uso em casa.

Os aplicativos disponíveis até oferecem alguns recursos de controle e localização de conteúdo, mas poderiam ser melhores. De qualquer forma, é possível e prático usar os arquivos do My Cloud através de outros softwares, apps e pelo gerenciador de arquivos de PCs e Macs.

O único “defeito” do dispositivo, ao menos em solo brasileiro, é seu preço. Com preços que se iniciam em 800 reais para o modelo de 2TB, o My Cloud exigirá um gasto inicial muito maior do que as mensalidades de serviços como o Google Drive, que cobra US$ 9,99 (R$ 32.17 aproximadamente). Mas não deixa de ser uma ótima opção para quem quer se ver livre de mensalidades e prefere ter o controle de onde estão seus dados.

Bruno A. Martinez é advogado, bancário e criador do Showmetech. E sim, todo mundo pergunta por que ele não estudou algum curso relacionado com tecnologia.

Comments

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top