Conecte-se conosco
Xiaomi Mi 5s

Android

Xiaomi Mi 5s chega com leitor de digitais ultrassônico e hardware matador

A Xiaomi apresentou nesta terça-feira, 27/9, seus dois novos aparelhos, o Xiaomi Mi 5s e Mi 5s Plus com novas tecnologias e preços agressivos

Xiaomi Mi 5s

A Xiaomi costuma lançar aparelhos impressionantes com o melhor hardware disponível, novos recursos, uma interface agradável e preços muito competitivos. Em fevereiro, na MWC 2016, ela apresentou o Mi 5, e nesta terça-feira, 27/9, já apresentou seu sucessor.

O Xiaomi Mi 5s traz consigo uma nova tecnologia de leitura de impressões digitais, além de um hardware matador e preços bastante competitivos, mesmo em sua versão mais parruda. Seu design segue a linha de seu antecessor, utilizando cerâmica 3D, e um design que lembra alguns smartphones que você sabe quais são.

Ele vem equipado com o que temos de melhor em termos de hardware: processador Snapdragon 821 Kryo quad-core de 2,15 GHz3 GB de RAM e 64 GB de armazenamento ou 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento, sem entrada para cartão MicroSD.

Sua tela tem 5,1 polegadas com resolução Full HD (1920×1080 pixels) e bateria de 3.200 mAh. A câmera principal é de 12 megapixels com abertura f/2,0 e sua frontal tem 4 megapixels.

Apesar de possuir atributos desejáveis, sua principal novidade está no seu leitor de impressões digitais ultrassônico, que fica por debaixo do vidro do aparelho e promete mais agilidade, precisão e segurança. Ele consegue identificar a digital mesmo com o dedo molhado, sujo e deve falhar bem menos que leitores capacitivos que equipam os aparelhos atuais.

No lugar do botão, ele tem apenas uma pequena marcação no vidro indicando o local do sensor. A Xiaomi não confirmou, mas acredita-se que a tecnologia por trás do sensor é a Sense ID da Qualcomm que deve se popularizar em breve.

Infelizmente, o Mi 5s será vendido apenas para o mercado chinês. Lá sua versão mais “básica”, com 64 GB e 3 GB de RAM será vendida por 1.999 yuans (R$ 973) e a versão de 128 GB com 4 GB de RAM por 2.299 yuans (R$ 1.118).

Xiaomi Mi 5s Plus

Xiaomi Mi 5s Plus

Além do Mi 5s, a empresa apresentou outro aparelho. O Xiaomi Mi 5s Plus, apesar do nome, é bem diferente do Mi 5s em vários aspectos. Ele não possui o leitor de impressões digitais ultrassônico, ele fica na traseira do aparelho, tem um design bem diferente e um sistema de câmera dupla.

Por baixo do capô, seu processador é mais potente. Continua sendo um Snapdragon 821, só que com 2,35 GHz. A tela é de 5,7 polegadas com resolução Quad HD e bateria de 3.800 mAh. As combinações possíveis são de 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento ou 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento. Nada mal.

Mi 5s Plus

O grande diferencial do aparelho é seu sistema de câmera dupla, que não é nada parecido com o usado no LG G5, que mescla a imagem das duas lentes para conseguir um efeito de grande angular.

Ele possui uma tecnologia similar ao Clear Sight, da Qualcomm. Existem dois sensores de 13 megapixels, um para capturar as cores, e outro em preto e branco responsável por capturar a iluminação do ambiente. Teoricamente, essa tecnologia permite que o smartphone tire fotos com melhor alcance dinâmico.

Apesar do alto padrão do aparelho, ele segue com preços agressivos, e mercado somente na China. O Mi 5s Plus de 64 GB será vendido por 2.299 yuans (R$ 1.118) e o modelo com 128 GB por 2.599 yuans (R$ 1.264), com vendas a partir de quinta-feira (29).

Para nós brasileiros, nos restam duas alternativas. Torcer para que a Xiaomi retorno ao nosso mercado, ou importar os aparelhos (que mesmo sendo taxados ainda valerão muito a pena).

Fonte: mi.com, miui.com

Desenvolvedor web, técnico em eletrônica, geek desde criança, nerd e gamer caixista, ama Halo e Gears of War mas está esperando a SEGA lançar outro console porque é fã de Sonic. Entusiasta de tecnologia em geral, ama robôs e PC gaming.

Comentários

Mais de Android

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top