Conecte-se conosco
Twitch será comprado pelo YouTube

Vídeo-Games

YouTube está prestes a adquirir o Twitch por $1 bilhão

Maior serviço de vídeos online do mundo, YouTube quer adquirir o Twitch, maior portal de streaming de partidas de games.

Twitch será comprado pelo YouTube

Embora não seja amplamente conhecido pelo público não-gamer, o Twitch, um serviço de streaming que permite aos usuários transmitirem suas sessões de jogos de PCs e consoles (Xbox One e PlayStation 4) pela internet, está prestes a ganhar manchetes graças ao valor de sua aquisição e ao comprador: o YouTube.

Desde que foi adquirido pelo Google em 2006, por 1,65 bilhão de dólares, o YouTube nunca havia feito uma compra deste porte. Segundo a Variety, que noticiou a transação, o negócio já está fechado. O anúncio oficial está sendo planejado porque o Google sabe que autoridades de defesa da concorrência devem escrutinar a negociação devido à concentração de tráfego que a união deve gerar.

O Twitch, criado em 2011, é o maior serviço desta modalidade de streaming com 45 milhões de usuários, sendo que 1 milhão deles transmitem jogatinas todo mês. Além das partidas dos usuários, o Twitch possui acordos para exibição de campeonatos e vídeos produzidos por sites como Joystiq, Gamespot e Destructoid.

O serviço também gera o quarto maior tráfego de internet nos EUA, acima de grandes empresas como Amazon e Facebook e atrás apenas de Netflix, do próprio Google e da Apple.

Transmissão de partidas no Xbox One via Twitch. O serviço também suporta o PlayStation 4 e PCs.

Twitch permite a transmissão online de partidas via PCs, Xbox One e PlayStation 4.

 

De acordo com o The Verge, a escolha pelo YouTube se explica pela capacidade do Google em sustentar o crescimento no número de usuários do Twitch, algo que o serviço admitiu estar tendo dificuldade para lidar nos últimos meses, e o alinhamento das estratégias de negócio das empresas (o Twitch também exibe propagandas, mas possui um plano pago para usuários que desejam removê-las).

Entre as várias ofertas de compra recebidas, o Twitch teria rejeitado uma feita pela Microsoft, por temer que a desenvolvedora do Xbox atrelasse o serviço ao seu console, alienando jogadores do PlayStation 4.

Google e Twitch ainda discutem termos do acordo em relação à independência da empresa e da marca após a aprovação da compra pelo YouTube.

Fontes: Variety, The Verge.

Já vivia na nuvem antes de ser modinha.

Comentários

Mais de Vídeo-Games

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top