Conecte-se conosco
Ahmed-relógio

Geral

Mark Zuckerberg convida criador do “relógio bomba” para conhecer o Facebook

Mark Zuckerberg, criador do Facebook, convidou o garoto que foi apreendido por ter criado um relógio confundido com uma bomba, a conhecer a sede da empresa.

Ahmed-relógio
Um adolescente de 14 anos foi detido em sua escola nos Estados Unidos na última segunda-feira (14), após ter sido acusado de construir uma bomba. Na verdade, o garoto tinha apenas criado um relógio digital.

O adolescente, Ahmed Mohamed, é de origem muçulmana e estuda na escola MacArthur High School, em Irving, Texas. Depois de mostrar sua criação ao professor de engenharia, que recomendou não mostrá-lo a nenhum outro professor, ele seguiu para suas aulas.

No entanto, o alarme do relógio digital começou a disparar e um professor de inglês insistiu que ele mostrasse o que causava o barulho. Ahmed mostrou o relógio e o professor o tomou dele. Pouco depois, o diretor da escola foi até a sala de aula de Ahmed acompanhado de um policial.

O garoto foi detido e removido da escola. Ahmed alega ter sido interrogado por cinco policiais diferentes e que todos perguntaram por que ele estava tentando construir uma bomba.

Ahmed-NASA

Momento em que Ahmed Mohamed foi apreendido.

O garoto construiu o relógio utilizando uma pequena placa de circuito, uma fonte de alimentação e um display digital, dentro de uma caixa decorada com o holograma de um tigre.

A polícia divulgou na noite de ontem que três professores da MacArthur High School reclamaram sobre Ahmed. De acordo com as autoridades locais, a detenção foi necessária “porque o artefato poderia ser uma bomba disfarçada de relógio e que seria colocada em um banheiro ou embaixo de um carro” e afirma ainda que Ahmed ainda pode ser acusado de ter criado uma “bomba falsa” para ameaçar outras pessoas.

O pai de Ahmed, Mohamed Elhassan Mohamed, acha que o incidente é o resultado de preconceito. “Porque o nome dele é Mohamed e por causa de 11 de setembro, eu acho que meu filho foi maltratado”, disse ele ao Dallas Morning News.

O garoto foi suspenso da escola por três dias. Apesar de todo o transtorno, talvez ele tenha uma experiência muito bacana pela frente: após saber do caso, o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, o convidou para conhecer os prédios da rede social em Palo Alto e afirmou que adoraria conhecê-lo pessoalmente.

Em um post, Zuckerberg disse que “ter as habilidades e a ambição para construir algo legal deveria levar ao aplauso, não a detenções. O futuro pertence a pessoas como Ahmed.”

You’ve probably seen the story about Ahmed, the 14 year old student in Texas who built a clock and was arrested when he…Posted by Mark Zuckerberg on Quarta, 16 de setembro de 2015

E não foi o único convite que recebeu. Pelo Twitter, o presidente Barack Obama o convidou para visitar a Casa Branca. “Relógio legal, Ahmed. Quer trazê-lo à Casa Branca? Deveríamos inspirar mais crianças como você a gostar de ciência”.

19, estudante de Comunicação e Multimeios na PUC-SP. Curioso e apaixonado por tecnologia, escreve sobre o tema há cinco anos.

Comentários

Mais de Geral

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top