Os 10 maiores salários na área de tecnologia no Brasil

salário TI
Levantamento feito com dados do CAGED levou em conta os dados salários das contratações em 2019
Anúncio
Os 10 maiores salários na área de tecnologia no Brasil

As carreiras relacionadas a tecnologia e computação vêm tendo crescimento elevado nos últimos anos, tanto em interesse do mercado, quanto em procura dos estudantes. Além da ascensão de grandes empresas que produzem produtos tecnológicos (algumas chegando a bilhões de dólares em valor de mercado), muitas empresas tradicionais têm que passar por um processo chamado de transformação digital. Isso faz com que esse profissionais sejam requisitados e que os salários na área de tecnologia sejam cada vez maiores. 

Antes de mais nada, como está a procura de cursos de tecnologia no ensino superior?

Os cursos da área de tecnologia que mais vem atraindo alunos são:

O interesse dos estudantes de ingressar na computação vem aumentando, ano após ano. Em 2018 (ano do último Censo da Educação Superior disponível), 143.557 estudantes se matricularam em cursos da área, alta de 26,12% em comparação a 2017, que registrou 113.825. No mesmo período, o curso de Sistemas da Informação, preferido entre os estudantes, saltou de 51.545 para 80.781, alta de 56,7%.   

Isso também foi influenciado pelo aumento da oferta de cursos a distância. Em 2018, um em cada três alunos optava pelo EaD. No curso de Sistemas da Informação, a proporção sobe para 44%. 

E o mercado de trabalho para tecnologia?

Para selecionar os 10 maiores salários na área de tecnologia, analisamos 23 ocupações diferentes entre os dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), em 2019. Ao todo, elas geraram 60.323 contratações no ano, com um saldo (diferença entre admissões e demissões) de 11.940. Ou seja, foram criados novos postos de trabalhos e os novos funcionários não foram contratados apenas para substituir outros. 

Falando da remuneração, apenas 1 das ocupações teve queda salarial de um ano para o outro e apenas 2 teve aumento menor que o da inflação (medida pelo índice IPCA, que foi de 4,3%). Isso significa que, além da alta demanda, as ocupações na área de computação e tecnologia também estão tendo aumento real de salário, gerando grande renda. 

Isso faz com que os cursos gerem um fenômeno interessante de alta empregabilidade já no momento da formação do profissional, não sendo tão afetados pela crise econômica. 

Quais os 10 maiores salários na área de tecnologia?

salário na área de TI pode ser ótimo
Saiba quais áreas pagam maiores salários na área de TI

O Showmetech, junto com o Quero Bolsa, listou os 10 maiores salários da área de tecnologia no Brasil, em 2019. Para chegar aos valores foram utilizados os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), analisando as remunerações de todas as contratações no período. 

1º. Gerente de Segurança de Tecnologia da Informação

Salário Médio: R$ 13.980,97

O profissional tem como função definir, estruturar e implementar o plano de segurança a informação ligados aos objetivos estratégicos da empresa. 

Por conta dos inúmeros casos de vazamento de informação e da implantação da Lei Geral de Proteção de Dados, essa profissão foi bem valorizada nos últimos anos, gerando uma boa remuneração para os contratados. 

2º. Gerente de Desenvolvimento de Sistemas

Salário Médio: R$ 12.557,90

Quanto maior a responsabilidade, maiores são os salários
Quanto maior a responsabilidade, maiores são os salários

Com o cargo de liderança, esse profissional vai ser responsável por gerenciar os processos e operações de serviços de tecnologia. Através da identificação das oportunidades, o Gerente de Desenvolvimento de Sistemas vai administrar pessoas e tecnologias, definindo como os projetos serão conduzidos. 

É desejável que o profissional tenha formação superior na área de tecnologia e também tenha pós graduação em gestão de pessoas.

3º. Gerente de Produção de Tecnologia da Informação

Salário Médio: R$ 11.652,23

O Gerente de Produção de Tecnologia da Informação tem uma função similar ao Gerente de Desenvolvimento de Sistemas, com o foco de administrar times para a criação de produtos tecnológicos em empresas de vendas de software ou em setores mais tradicionais.

O profissional tem que ter habilidades técnicas na programação, mas também saber lidar com o gerenciamento de processos e liderança de equipes.

4º. Engenheiro de Sistemas Operacionais em Computação 

Salário Médio: R$ 10.213,27

O Engenheiro de Sistemas Operacionais em Computação projeta soluções de TI, focando em oportunidades e testando novas tecnologias. Através disso, eles criam protótipos documentados que podem servir para o crescimento da empresa em que trabalham. 

O perfil é bem mais técnico de que os cargos de gerência que citamos que citamos acima, afinal, ele precisa lidar diretamente com a programação e colocar a mão na massa.

5º. Gerente de Projetos de Tecnologia da Informação

Salário Médio: R$ 9.972,63

O profissional é responsável por lidar com a gestão de projetos, sendo conhecido muitas vezes como Product Owner. Ele será a pessoa que terá o maior conhecimento possível por toda a lógica do produto ou serviço entregue. 

O gerente é o que faz a principal etapa de que é entender quais são os requisitos do usuário e ver se são plausíveis a partir do projeto desenhado. 

6º. Engenheiro de Aplicativos em Computação

Salário Médio: R$ 9.412,14

desenvolvedor trabalhando
Áreas voltadas para o mobile também têm boas remunerações

O Engenheiro de Aplicativos em Computação tem um foco bem mais mobile e trabalha projetando, desenvolvendo e documentando aplicativos para smartphones. Ele terá que trabalha com bastante comunicação interpessoal, já que precisa interagir diretamente com o feedback dos usuários quanto com os outros membros da equipe.

7º. Gerente de Suporte Técnico de Tecnologia da Informação

Salário Médio: R$ 8.960,78

O profissional tem que saber lidar diretamente com o atendimento do usuário, direcionando a equipe para tenha o maior sucesso possível utilizando a solução oferecida pela empresa. 

Dessa maneira, o gerente, além de excelente comunicação e liderança, tem que conhecer muito o produto oferecido para que possa solucionar o problema do cliente. 

8º. Pesquisador de Engenharia e Tecnologia (Outras Áreas da Engenharia)

Salário Médio: R$ 7.373,46

O pesquisador é responsável para desenvolver soluções e processos relacionados a engenharia e tecnologias, testando protótipos e hipóteses. Eles planejam e executam pesquisas, gerenciando as informações e resultados delas. 

Por conta da experiência, o profissional pode prestar consultoria em empresas ou dar aulas em instituições de ensino.

9º. Pesquisador em Ciências da Computação e Informática

Salário Médio: R$ 7.294,06

O objetivo é conduzir pesquisas utilizando o método científico em busca de inovação ou melhorar as tecnologias de computação e informática utilizadas na atualidade. Normalmente, é ligado diretamente à função de professor, mas pode também servir de consultor em outras organizações que não sejam instituições de ensino. 

10º. Administrador de Sistemas Operacionais

Salário Médio: R$ 6.439,77

linhas de programação

Administrador de Sistemas Operacionais é o responsável por criar ambientes computacionais, implantando rotinas e organizando as autorizações em níveis de serviços computacionais. Ele tem que monitorar o desempenho desses sistemas, bolar alternativas e soluções para melhorar as performances e garantir que o sistema tenha sucesso. 

E você? Qual função gostaria de exercer dentro do mercado de tecnologia? Compartilhe conosco nos comentários!

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter