15 dicas do Google Trends para saber as tendências do momento

15 dicas do google trends para saber as tendências do momento
Listamos essas dicas em comemoração ao aniversário de 15 anos da ferramenta que exibe as tendências em todo o mundo

Ontem, 11 de agosto, o Google Trends fez quinze anos de existência! A ferramenta é bastante utilizada em sites, veículos de imprensa e outros meios de comunicação para se inteirarem sobre as tendências do momento. Hoje falaremos um pouco sobre o recurso e, em comemoração aos seus 15 anos, apresentaremos 15 dicas do Google Trends! Confira logo abaixo.

O que é o Google Trends?

Dicas do google trends para saber as tendências do momento
15 dicas do Google Trends para saber as tendências do momento

A ferramenta foi criada em 2006 na intenção de reunir dados sobre o que mais as pessoas buscavam no Google: quais os melhores restaurantes, os políticos mais procurados de uma eleição, cantoras pop atuais e etc. Essas informações são muito precisas, pois uma vez que as pessoas buscam por algo no Google, sua base de dados é toda guardada, assim, ele sabe que naquela determinada região, você — e quem sabe pessoas próximas — buscam por determinado assunto, escalonando o que é mais relevante no momento.

O Google Trends foi inicialmente uma ferramenta experimental no Google Labs projetada para nos ajudar a entender as tendências na Pesquisa do Google. Pela primeira vez, pudemos aproveitar esses dados agregados para entender melhor no que as pessoas estavam interessadas e o que estavam procurando quando vieram para a Pesquisa. Percebemos como seria útil lançar o Google Trends como um produto completo, fornecendo informações sobre o que as pessoas estão pesquisando de forma agregada e disponibilizando-o para todos.

Yossi Matias, vice-presidente de Engenharia e Pesquisa do Google

15 dicas do Google Trends

Apesar de ser uma ferramenta bastante útil, provavelmente não é muito conhecida, principalmente aqui no Brasil, por não possuir uma tradução literal (Google Trends pode ser considerado “Google Tendências“, evidenciando seu papel em informar quais os assuntos mais relevantes do momento). Talvez por isso que uma das maiores pesquisas envolvendo o Google Trends, seja justamente “como usar o Google Trends?”, e pensando nisso — assim como em comemoração ao seu aniversário — reunimos 15 dicas do Google Trends para você conferir um pouco mais sobre este ótimo recurso! Primeiro de tudo, acesse o site do Google Trends e siga as dicas abaixo:

Informações a qualquer momento

Informações por data
Confira a tendência do assunto pesquisado no período em que desejar – desde que seja de 2004 pra cá.

Com o Google Trends você consegue visualizar muitos dados, sejam eles atuais ou não: é possível conferir dados em tendências desde 2004 até o momento — apesar da sua concepção em 2006, o Google já armazenava informações desde 2004. Já os dados em tempo real possuem mais detalhes: são fornecidos minuto a minuto.

Para ver dados relacionados a um determinado período, basta selecionar uma das opções no menu, ou então criar um período de visualização personalizado.

Resultado das tendências

Gtrends
Pesquisas atuais no Google Trends

Quando você faz uma pesquisa no Google Trends, você visualiza os assuntos mais falados, o que está de fato em tendência, estes resultados são os que ficam mais alto nas buscas. Quando nos referimos aos termos “mais pesquisados”, aí veremos os que estão sendo mais pesquisados num determinado tempo específico. Os dados exibidos no Google Trends variam conforme as buscas daquele assunto intensificam ou diminuem, ou seja, temos informações que são mais voláteis.

Pesquisa por Assunto

Pesquisa por assunto
Ao realizar uma pesquisa, dê preferência para sugestões que estejam como “Assunto”

Quando você começa a digitar alguma coisa na barra de pesquisa do Google Trends, aparecem as opções “Termo de pesquisa” ou “Assunto”. O próprio Google recomenda que você selecione por procurar um “assunto“, pois independente do idioma, o “assunto” é capaz de oferecer melhores indicações sobre a sua busca — inclusive com diferentes formas de soletrar e com possíveis erros de digitação — bem como outras maneiras de falar sobre aquilo, sendo uma maneira mais ampla daquela tendência. Já o “Termo de pesquisa” vai trazer resultados com correspondência exata com o termo pesquisado.

Comparando localidades

Comparando localidades
Ao clicar em “Adicionar comparação”, você põe outro assunto e pode conferir qual está mais em alta em determinada região

Através do Google Trends você consegue analisar as tendências comparando cidades. Por exemplo, se você pesquisar por “lanche da tarde”, é possível conferir se este assunto está mais relevante em São Paulo ou Rio de Janeiro. Dessa maneira você consegue ter mais noção de alvo ao realizar ações que falam sobre o assunto que você esteja pesquisando, sabendo que em tal lugar está mais em alta do que em outro(s).

Pesquisas do ano

Pesquisas do ano
Role a página um pouco mais pra baixo para conferir as pesquisas dos anos anteriores

Logo abaixo do painel de pesquisas você encontra uma área chamada “Pesquisas do ano” e ela oferece literalmente isso: você pode pesquisar quais foram os assuntos que estiveram mais em alta nos anos anteriores, e dessa vez, sem aquele limite de 2004, é possível conferir quais foram as tendências de 2001 até o momento atual!

Buscas em tempo real

Buscas em tempo real
Pesquise assuntos que são relevantes inclusive em poucas horas de pesquisados

O Google Trends trabalha de forma ampla ou específica de tempo, assim, é possível realizar pesquisas não apenas de forma branda, você também pode pesquisar assuntos que são atualizados em tempo real. Afinal, as pessoas fazem pesquisas sobre assuntos a todo momento e sobre qualquer coisa, assim você consegue visualizar o que, literalmente naquele exato momento, as pessoas mais estão buscando no Google.

Comparando assuntos

Comparando assuntos
Adicione assuntos relacionados (ou não) para conferir qual está sendo tratado com mais relevância: basta clicar em “Adicionar comparação” e digitar o que quer buscar

Não se contendo a uma só pesquisa, você também pode realizar várias pesquisas ao mesmo tempo e comparar seus resultados. Por exemplo, se o assunto que você esteja pesquisando possua mais vertentes e é dependente de outros assuntos ou termos, pesquise todos eles ao mesmo tempo e confira como eles estão se saindo em determinado período que você estipular, assim você consegue visualizar o que de fato está mais relevante.

Mesmo assunto em vários países

Mesmo assunto em vários países
No exemplo vemos a pesquisa de um assunto (coronavírus) em vários países ao mesmo tempo: Reino Unido, EUA, Alemanha, Índia e Japão

Nessa dica é possível conferir até cinco assuntos diferentes, em vários países diferentes e compará-las num gráfico. Dessa maneira você consegue ver, quais os assuntos mais relevantes, entre os que você pesquisou, naqueles países. Esse tipo de métrica pode ser uma aliada forte para quem trabalha com assuntos em alta, ou até mesmo para estudantes da área. Como no exemplo, adicione o assunto que quer buscar e cada vez que adicionar um novo, em “Comparar”, passe o cursor em cima do assunto, clique nos três pontinhos, clique em “Alterar filtros” e insira o país que deseja comparar os assuntos.

Buscas curiosas

Assim como qualquer outra pessoa, às vezes nós pesquisamos sobre coisas mais inusitadas na Pesquisa Google, e como as buscas aqui refletem também no Google Trends, é possível conferir quais dessas pesquisas mais… “curiosas”, estão em alta. Muitas pessoas pesquisam, por exemplo, sobre significado de sonhos e isso pode ser um alvo para quem quer saber onde ou quando as pessoas mais buscam esse tipo de pesquisa.

Pesquisas orgânicas

O Google faz questão de lembrar ao público que, o que é visto no Google Trends, não é como se fosse uma “enquete”. Todas as informações e métricas ali contidas, retratam interesses que foram de fato pesquisados conforme assuntos e datas diferentes, ou seja, não pode ser confundido com dados de pesquisa de opinião.

Dados profissionais

Um exemplo sobre como as informações do Google Trends são trabalhadas, é com a OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), que utiliza os dados coletados no Google Trends para rastrear o PIB de forma semanal, conforme seus intervalos nos relatórios trimestrais do órgão, dessa maneira, eles conseguem vislumbrar dados mais detalhados nos que tange assuntos da economia mundial.

Sobre o preenchimento automático

Sobre o preenchimento automático
As sugestões são para prever o que você digitará e não o resultado em si, que, na verdade, é exibido apenas após a conclusão da busca

Quando você digita na barra de pesquisa do Google Trends, há uma sugestão de assunto ou termo a ser pesquisado. Isso não quer dizer necessariamente que as sugestão são de fato assuntos mais buscados, afinal, para que isso seja exibido, você deve digitar o termo ou assunto que quer pesquisar e conferir se realmente está em alta. A sugestão do preenchimento automático serve mais como um “poupa tempo” ao usuário — apesar de às vezes ele nos surpreender com tamanhos acertos, mostrando o que realmente queremos ver.

Tendências próximas

Tendências próximas
Pesquisas mais relevantes em Los Angeles, Califórnia

Sem precisar realizar pesquisas, também é possível conferir o que está em alta à sua volta. Uma ferramenta exclusiva para os usuários dos Estados Unidos mostra o que, próximo de onde você está realizando a pesquisa, esteve ou está em alta, podendo filtrar por datas e/ou categorias. Este é um recurso bastante interessante e que poderia chegar a outros países, como no Brasil, né?

Dados offline

Dados offline
Clique no ícone de download para baixar os dados da pesquisa

Após realizar qualquer busca no Google Trends, você ainda pode fazer o download daquela pesquisa. Ao clicar no símbolo para baixar (uma seta para baixo apontando para uma linha), você obtém um arquivo em formato de planilha com as informações contidas na pesquisa realizada. Essa é uma ótima maneira de utilizar aquelas informações para ocasiões em que você não possui acesso à internet, por exemplo.

Novidades

E a última das dicas do Google Trends é sobre os assuntos frescos na ferramenta. Mais ou menos 15% do que é pesquisado no Google Trends é algo novo, ou seja, é possível conferir sempre quais as novidades e o que as pessoas mais buscam no mundo todo — inclusive por coisas que a ferramenta nunca havia pesquisado antes.

É uma ferramenta única. É o maior conjunto de dados de uso gratuito no mundo em desse tipo, é incrivelmente honesto e revela o que as pessoas como um grupo realmente se preocupam. Não há nada igual.

Simon Rogers, Editor de Dados do Google Trends

E você, o que achou das dicas do Google Trends? Resolveu utilizar a ferramenta? Conta pra gente nos comentários!

Veja também:

Além das dicas do Google Trends, confira também algumas dicas do Google Maps!

Fonte: Google.

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário