5G da Claro: confira quais cidades e bairros vão receber primeiro a novidade

Pioneira no 3G e 4G no Brasil, a Claro chega com a tecnologia 5G em breve
Em evento no Allianz Arena, 5G da Claro é lançado e promete altas velocidades e baixa latência, demonstrando ser ideal para jogos online, juntamente com o Motorola Edge

Depois da confirmação que o 5G da Claro estava muito perto de ser lançado, a companhia anunciou oficialmente nesta quarta-feira, 08, a chegada da tecnologia em algumas cidades e bairros do Brasil. A novidade tem data marcada para a próxima semana, que coincide com o lançamento do Motorola Edge, modelo que já possui review no Showmetech.

As cidades do Rio de Janeiro e São Paulo serão as primeiras contempladas com a inserção do 5G, especificamente nos bairros de Ipanema, Leblon e Lagoa para a Cidade Maravilhosa, e a Avenida Paulista e Jardins em SP. Esses pontos foram estrategicamente escolhidos em função de sua infraestrutura, e há planos para a expansão gradual ao longo do tempo.

Durante a coletiva de imprensa, foi revelado que o 5G da Claro chegará gradualmente em alguns bairros de São Paulo.
A Claro expandirá os serviços do 5G para outras localidades em breve.

No futuro, outros locais de São Paulo, como Campo Belo, Vila Madalena, Pinheiros, Itaim, Moema, Brooklin, Vila Olímpia, Cerqueira César, Paraíso, Ibirapuera e Santo Amaro receberão a tecnologia. Assim como no Rio, em que há o planejamento para aumentar a área, indo do Leme à Barra da Tijuca.

Outra grande novidade é que o Instituto Claro, a Ericsson e a Central Única das Favelas somaram forças para a criação de uma parceria, que levará o 5G para a sede da CUFA em Paraisópolis, no intuito de beneficiar uma parte da população mais afetada pela pandemia da COVID-19 com internet de alta qualidade, para ter maior acesso a retirada de doações, material educativo para jovens e a aplicações de Telemedicina.

O Instituto Pró-Saber SP será outra organização agraciada pela iniciativa com o 5G da Claro. Desde 2003 o instituto trabalha para garantir direitos infantis básicos como a leitura e a escrita com o auxílio de computadores em seus projetos , como Pró Ler & Brincar e o Pró Ler & Brincar nas Escolas.

Com a crise do novo coronavírus, a Claro tem trabalhado em outros projetos na área da saúde, como o “Missão Covid”, que conta com mais de 1.200 médicos voluntários e realizou algo em torno de 67 mil atendimentos gratuitos em pacientes de COVID-19. Além disso, o portal “Sua Triagem”, da plataforma Heart Care, oferece um diagnóstico provável baseado nas informações do público, levando em consideração os sintomas, comportamentos e dados da pessoa.

A Claro ainda liberou sua rede Wi-Fi pública e alguns canais de TV para não clientes, a fim de colaborar com o entretenimento e informação da população. A empresa também viabilizou o acesso a educação básica a estudantes por meio da plataforma do Descomplica durante a preparação para o Enem.

O que é o DSS?

O 5G da Claro possui velocidades 12x mais rápidas do que o 4G padrão, e vem com tecnologia DSS (Compartilhamento Dinâmico de Espectro), da Ericsson, que vai conseguir realizar o compartilhamento de frequências de forma mais inteligente e dinâmica, afim de melhorar a conexão do usuário. Com o DSS, será possível chegar a altíssimas velocidades de até 1 Gbps.

“A rede reconhece se tem terminal para transmitir a conexão suportada (4G, 4.5G ou 5G) Ela tem inteligência de entender qual terminal está tentando utilizar a rede e de que forma pode alocar os recursos para ter uma experiência diferenciada.”

Márcio Carvalho, Diretor de Marketing da Claro

Como funciona na prática

Para termos ideia do poder de fogo do 5G da Claro, a companhia realizou uma demonstração em tempo real com a participação de algumas streamers, como a Camilota XP. Na ocasião, o popular Free Fire conseguiu rodar no Motorola Edge com uma latência muito baixa e um ping na casa de 17 ms. Tudo isso enquanto ainda era realizada uma livestream do game.

O 5G da Claro vem equipado com altas frequências para maximizar a experiência do usuário.
A alta conectividade do 5G será um grande diferencial para escolher um smartphone

A Claro enfatizou que o 5G suportará desafios pesados em relação a jogos multiplayer e stream, além de vir com muita força no segmento de cloud gaming, que cada vez mais está sendo popularizado, como o Google Stadia e o vindouro xCloud, da Microsoft.

Como se não fosse o bastante, a Claro levou uma piloto de testes para dirigir um Chevrolet Tracker 2020. O teste foi realizado com Karina Simões, e o diferencial foi ter coberto todas as janelas do vidro e fazê-la “dirigir às cegas”. Entretanto, um Motorola Edge estava acoplado na parte frontal do veículo, e outro bem próximo ao volante, ambos conectados com o 5G da Claro para auxilia-la a dirigir. A demonstração foi bem conduzida e reforçou a alta qualidade e o baixo delay da tecnologia. O teste também ilustrou o potencial que o 5G tem para tornar cada vez mais possível a integração de carros autônomos com cidades, rodovias e outros veículos no futuro.

A rapidez e o baixíssimo tempo de resposta do 5G da Claro é a pedida perfeita para as mais extremas ocasiões
Karina Simões encarou o desafio de dirigir somente com a tecnologia 5G da Claro

Durante a coletiva do 5G da Claro, também foi anunciado o primeiro Hackaton 5G do Brasil. O Hackaton consiste numa maratona de desenvolvimento com diferentes pessoas reunidas para criar novas soluções, produtos e serviços. A edição deve ocorrer em setembro, e focar nos desafios causados pela pandemia da COVID-19.

Os próximos passos para o 5G da Claro

Por mais que o 5G da Claro já comece a fazer parte da nossa realidade em um futuro próximo, todo o seu desempenho só poderá ser obtido com a realização do leilão das faixas de frequência pela Anatel. Originalmente marcado para este ano, a ocasião foi adiada para 2021, pois o órgão necessitava de mais tempo para a elaboração de pesquisas para otimizar a chegada da tecnologia no país.

O leilão é de grande importância, já que serão decididas quais faixas serão leiloadas para que o 5G da Claro possa chegar em todo o Brasil no futuro. Por se tratar de uma tecnologia que usa frequências mais altas que o normal, é necessária a instalação de uma grande quantidade de antenas, para garantir cobertura e capacidade. O edge computing é outra tecnologia de muita importância e necessita de uma evolução, pois garante que o processamento aconteça em um local físico muito próximo ao cliente, reduzindo a latência.

Para saber mais sobre a tecnologia 5G e de outros assuntos fique ligado no Showmetech.

Fonte: Claro

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter