Início » Geral » Será o fim da Nokia?
Geral Symbian

Será o fim da Nokia?

Fim da Nokia Logo End of

nokia logo - Será o fim da Nokia?

É triste ver como uma marca anteriormente tão importante, com seu nome associado às maiores inovações e avanços no mundo dos smartphones, hoje se vê praticamente relegada à categoria dos celulares Xing-Lings, ou seja: apresentando modelos capengas, cheios de defeitos de fabricação e com sistema operacional mal formulado e ultrapassado.

O único fator que a Nokia não se dispõe a acompanhar os famosos modelos semi-piratas chineses é o preço, pois seus smartphones continuam sendo os mais caros do mercado.

Se tornou um padrão Nokia lançar aparelhos flagships (seus melhores representantes, ou “bandeiras” da empresa) que já chegam cheios de bugs de sistema ou componentes frágeis, como capas cromadas que facilmente descascam ou peças internas que oxidam, mesmo em níveis normais de uso.

Ante às críticas, a solução da empresa, ao invés de corrigir defeitos e substituir aparelhos, era vender posteriormente uma nova versão, com alguns defeitos corrigidos, ainda mais cara, mas nunca livre de problemas.

Antigamente, ao apresentar quertões como estas, muitos sites e blogs de tecnologia recebiam críticas pesadas dos usuários apaixonados pela empresa. Conhecidos como Nokia Fanboys, estes promotores da marca lembravam que a empresa já foi responsável por importantes guinadas e avanços que mudaram a forma com que nos comunicamos e trabalhamos com telefones hoje em dia.

No entanto, nos dias de hoje, restam apenas as críticas, visto que até seus “evangelistas” estão trocando de navio, comprando aparelhos da Apple, HTC, Google, Samsung, etc., relegando a marca Nokia ao seu atual merecido lugar: a lata de lixo.

É uma pena, mas vocês estão ouvindo isso de um ex Fanboy da Nokia, que agora se dedica mais a outros sistemas. Realmente, começamos o Showmetech com a intenção primária de tratar de aplicativos e celulares desta marca. Mas, com o passar dos tempos, não tivemos outra escolha senão diminuir cada vez mais o espaço da Nokia, seus N Series e outros modelos do sistema Symbian por aqui.

É claro, continuaremos repassando aqui no blog as notícias mais interessantes que envolvem a Nokia.

Mas, já não contaremos mais com as informações de importantes sites como o SymbianGuru, fonte máxima de tudo o que se relacionava à smartphones da empresa finlandesa.

Veja abaixo a nota dos autores do SymbianGuru traduzida pelo GizmodoBR, demonstrando o descontentamento destes com a Nokia, e anunciando o encerramento do site:

“Depois da experiência com o Nokia N97, não há razão alguma para confiar que eles não vão ferrar com o N8 – e eu, pelo menos, não gastarei cerca de 500 dólares de meu próprio bolso nele. Claro, o N8 parece lindo no papel e em seus primeiros reviews – mas, pelo que eu me lembre bem, foi a mesma coisa com o N97.

A Symbian Foundation é outro grande fator na minha decisão de chutar o balde de vez e mudar para o Android. Como o Android, a Symbian Foundation se orgulha por ser uma plataforma aberta e livre – gritando, e às vezes ofensivamente exagerando, sobre como seu código é aberto para todos – apesar de ninguém realmente ligar para isso, pelo menos entre o pessoal que eu conheço. Mas a plataforma continua longe do Android em questões básicas – ser capaz de consertar vários detalhes do sistema que os usuários já relataram, ter um sistema nativo de mensagens agrupadas de SMS/MMS, um programa de mensagem instantânea integrado e um mercado de aplicativos digno, entre outros.

Para Nokia: vocês estão perdendo. Muito. Diabos, acordem. Fazer a mesma coisa repetidas vezes esperando resultados diferentes é a definição ideal de insanidade. Eu fui um grande fã da Nokia desde meu segundo celular, e eu não posso mais aguentar isso. Vocês não estão sendo competitivos como já foram no passado, e todo mundo vê isso, menos vocês. Vocês costumavam criar os melhores smartphones do mundo, as melhores câmeras, os melhores GPS do mundo – vocês perderam muito disso, e por nenhuma razão justificável. Vocês lançaram sua visão sobre a Ovi há dois anos – eu estava lá. Hoje, ela continua sendo um caos completo. Eu tenho que me logar toda santa vez que entro no site – independentemente de quantas vezes eu já tenha clicado na caixa “remember me”. Eu gastei 5 meses (e umas 3 horas durante o Nokia World 2009) tentando achar alguém que pudesse me ajudar com o Ovi Contacts na versão web – ninguém sabia quem podia resolver o problema. Vocês gastaram milhões de dólares comprando seus pedaços da Ovi – Ovi Files, Ovi Share, e uma série de outras pequenas empresas –, vocês têm orgulho do que “criaram” com elas? A maioria de seus próprios empregados (que eu conversei com) sequer usam a plataforma, então por que eu deveria usar?

Para o Symbian: se vocês parassem de berrar por aí sobre sua liberdade, vocês veriam que estão perdendo também. Os consumidores estão deixando vocês para trás e os desenvolvedores querem ficar longe. Sinceramente, eu acho que o Symbian está em melhor situação do que a Nokia nesse momento. Eu vou dar uma dica para vocês: o primeiro passo é se consolidar. Seus três maiores parceiros que fabricam celulares (Nokia, Samsung e Sony Ercisson) já têm suas próprias lojas de aplicativos – isso significa três vezes mais tempo de trabalho para seus desenvolvedores para prepararem seus apps para os consumidores. Em segundo lugar, vocês precisam encontrar outra empresa para fazer seus modelos mais importantes – a Nokia tem frequentemente e consistentemente feito tudo errado para vocês. A Nokia perdeu alguns trabalhadores para a HTC – tentem descobrir se eles não querem fabricar um modelo carro-chefe para vocês. O melhor sistema operacional do mundo pode ainda assim ser manco por conta de um hardware ruim.”

Ainda, em seu post sobre o assunto, o site Gizmodo apresenta seu próprio desabafo:

“A Nokia perde blogueiros e perde fãs. Durante o lançamento brasileiro do N900, essa semana, depois de uma apresentação nada empolgante, na parte reservada a perguntas me pareceu que ninguém quis levantar polêmicas. Foi um momento meio embaraçoso, trataram a Nokia como café-com-leite. Eu pensei em várias. “Como vocês lançam um celular com um sistema que já vai ser aposentado?” “Quando vão dar jeito na Ovi Store?” “Não é feio lançar um negócio no Brasil em português de Portugal apenas?” “Por que demorou tanto?” “Tudo que você nos mostrou já existe em outros celulares. O que há de novo?” “O Milestone é mais barato e um sucesso mundial. O que leva vocês a acreditarem que alguém vai preferir este ao seu aparelho na hora da compra?””

Nós aqui do Showmetech entendemos e reafirmamos estes comentários. Mas, sendo sempre otimistas, esperamos por uma guinada da Nokia em seu desatualizado modelo de negócios.

Que tal seguir a proposta da Motorola que, depois de ser considerada peso morto (por causa de seus celulares simples e ultrapassados), resolveu aderir ao sistema Android, e voltou com tudo ao mercado, ganhando, inclusive, o troféu de melhor smartphone de 2009 com o seu poderoso Motorola Droid / Milestone? Não custa tentar!

Fica a nossa sugestão.

Força, Nokia!
Acreditamos em você!

Fontes: SymbianGuru e GizmodoBR

Sobre o Autor

Bruno Ayres Martinez

Bruno A. Martinez é advogado, bancário e criador do Showmetech. E sim, todo mundo pergunta por que ele não estudou algum curso relacionado com tecnologia.

5 Comentários

Clique aqui para postar um comentário

Deixe seu comentário:

  • Discordo da Sua opinião.

    Não sou agarrado a nenhuma marca em particular, porque quando compro um produto faço-o consoante ele satisfaz as minhas necessidades. Mas falemos então de Nokia, e vou repetir um comentário que escrevi num outro local, por se tratar do mesmo assunto…

    A nokia é um grande grupo empresarial que está em constante mutação para fazer face ás ultimas tendências e desafios, assim como é na samsung ou na motorola ou na sonyericsson ou noutra qualquer marca com características similares.

    A realidade é que está em recém corrida uma revolução tecnológica que promete aquecer o mercado da portabilidade, mais especificamente nos smartphones e nos mini-tabletpc (ou mega smartphones).

    No caso da nokia, esta optou por transferir o OS symbian para a gama média dos seus aparelhos, e meego para o top. E porquê? Porque com a entrada da tecnologia de gráfica avançada nos aparelhos portáteis, torna-se essencial a aposta num sistema operativo simultaneamente leve e avançado para trabalhar com estas ferramentas sofisticadas que estão para surgir muito em breve no mercado.

    Tudo isto é muito bom para nós consumidores compulsivos de tecnologia 🙂

  • Alezandri e André,

    Muito obrigado pelos comentários!

    Sou todo a favor que a Nokia teste rumos novos, transferindo e ingressando com novos sistemas operacionais. Tudo o que for benéfico e inovador, é sempre bem vindo.

    O ponto que questiono é somente a dificuldade da Nokia em obter sucesso com as soluções que ela apresenta.

    Ainda que seus celulares tenham características que superam muitos aparelhos de outras marcas, no todo, por exemplo, o Nokia N97 lançado em 2009 não é melhor do que o iPhone lançado anos antes.

    Afinal, ainda que um aparelho possua uma câmera melhor, ou envie internet para o seu PC, ele não é eficiente nas tarefas mais básicas. Por exemplo, veja quem não tem dificuldades em atender a uma ligação no N97, sem que seja atrapalhado pela lentidão da tela, pelo botão travado, ou pela reação do acelerômetro.

    Veja que estes são problemas básicos de um aparelho considerado o “flagship” da marca, certo?

    um grande abraço!

    • Olá Sr. Bruno Martinez, fico feliz em ver alguns FANBOYS, ou, EX FANBOYS da marca NOKIA como eu fui um dia, se eu for contar os aparelhos SYMBIAN q tive foram 1 N85 (q ainda esta em casa, embora eu o tenha dado ao meu pai), e 2 N97 (devolvidos por problemas intensos antes dos 7 dias após a entrega), os devolvi pq sequer conseguir ficar por mais de 1h mechendo com eles e não travar, reiniciar, desligar ou coisa parecida. Na época não quis comprar um IPhone, sou publicitário, e achei o IPhone uma tremenda jogada de marketing, e se analisarmos friamente, o IPhone (todos eles) são apenas jogadas de MKT. São aparelhos faceis de mecher, com uma interface gráfica muito atrativa q qualquer pessoa consegue mecher, amigável o aparelho caiu no gosto do pessoal com dinheiro pra compra-lo, mas sem habilidade e/ou interesse pra comprar um aparelho com um nível maior de personalização, e foi ai q comecei a olhar para o Windows Mobile com outros olhos. Fiquei por 3 meses (depois dos N97) sem smartphone algum, apenas com um Samsung U600 (q ainda tenho e uso), não aguentei pois uso frequentemente vários serviços de um smartphone e comprei um HTC HD2. A primeira vista fiquei muito preocupado com a minha decisão, mas depois de 2 semanas me encantei pelo aparelho. Construido com materiais de primeira linha, robusto, com um hardware muito potente (principalmente para o final de 2009, mas ainda atual hj em dia), com a interface SENSE, a HTC conseguiu deixar o WM até divertido, comprei um WM ao invés do Windows Phone 7 pois, pesquisei muito, e percebi q os novos WP7 serão baseados demais em redes de alta velocidade, inclusive para a parte cosmética, e no WM não há uma dependencia tão grande assim. Bom, depois dessa minha “breve” historinha, (rs), pra exemplificar, assim como existem milhões de pessoas como eu, q trocaram seus NOKIA por marcas q ainda nem sequer tinham alguma experiencia anterior, a NOKIA deu essa brecha a elas, e dá cada vez mais. Lembro-me q qdo comprei meu N85 a participação de mercado da NOKIA em smartphones era de 45% mais ou menos….atualmente não vi nenhuma pesquisa confiável mas acredito q não passe de 32%. O Android tem crescido demais, e o IPhone começa a dar sinais ( ou perder sinais…rs ) de q realmente era apenas uma jogada de marketing bem elaborada, falhas tanto de soft qto de hard, … , é a antena com defeito no design, a carcaça, a falta de flash nativo, os bloqueios, e N fatores, mas como todos sabemos, 90% das pessoas q compram um IPhone compram pelo “STATUS”, e sequer sabem personalizar as coisas mais básicas dele. Já na NOKIA, ela anuncia um aparelho muito bom, mas q só vai ser lançado daqui a 2 anos, e qdo for, seu hard vai estar completamente ultrapassado, sendo q hj em dia, num prazo de 2 meses ja existem atualizações q modificam ROM’s inteiras, mas só a NOKIA não ve isso, e tropeça sempre nas mesmas pedras. Infelizmente não gasto mais R$ 1,00 sequer com a marca, e embora eu tenha um WM, não vejo a hora de colocar as mãos num DROID X ou num DROID 2 (rs), pois antes mesmo de comprar o HD2 sempre achei os aparelhos com Android muito mais promissores do q os com Symbian.

      Eu teria muito mais a falar mas acho q só nisso ja disse demais, rs, obrigado pelo espaço e sucesso com o Android. Espero poder trocar idéias contigo.

      Abraço, Rodrigo.

      • Rodrigo,

        Muito obrigado pelo comentário! São respostas como essa que nos fazem trabalhar mais e mais para trazer informações ao nosso blog.

        Também estou louco para testar o Droid X. Estou bem na dúvida entre ele e o Samsung Galaxy S. Conhece?

        grande abraço!

%d blogueiros gostam disto: