Agora você pode fazer compras na App Store em Reais

app store - Agora você pode fazer compras na App Store em Reais
A partir de hoje você poderá fazer compras na App Store em Reais e não mais em Dólar. Veja as vantagens da mudança.

Apple já havia confirmado no começo do mês passado que em meados de 2018 passaria a cobrar em Reais na App Store do Brasil. Porém, ela não havia dado uma data específica. Pois bem, eis que os usuários da Maçã acordaram nesta quinta-feira (4) com uma bela surpresa em todas as lojas de conteúdo e serviços da Apple. Todas as cobranças serão feitas em nossa moeda.

E, ao contrário do que a maioria imaginava, os preços ficaram um pouco mais baixos. Assim, a partir de hoje, qualquer compra ou assinatura realizada na App StoreiTunes StoreiBook StoreApple MusiciCloud serão cobradas em reais e não mais em dólar. A mudança é válida para todos, tanto para quem já assina algum serviço como para novos assinantes.

A mudança permite que cartões nacionais sejam utilizados nas compras. Antes, apenas cartões de crédito internacionais podiam ser usados. Além disso, cartões de débito também poderão ser utilizados, embora esta função ainda esteja indisponível no momento.

Como ficam os preços?

Na App Store, loja de aplicativos da Maçã, o menor preço praticado é de USS 0,99 que, na conversão para real fica R$ 3,50. Fizemos uma tabela abaixo que mostra como ficarão os novos preços em reais:

  • $0,99 – R$ 3,50
  • $1,99 – R$ 6,90
  • $2,99 – R$ 9,90
  • $3,99 – R$ 12,90
  • $4,99 – R$ 16,90
  • $5,99 – R$ 19,90
  • $9,99 – R$ 32,90
  • $14,99 – R$ 49,90
  • $19,99 – R$ 64,90

Como você pôde perceber, o menor preço para um aplicativo é de R$ 3,50 e pode chegar até R$ 64,90. Porém, com a cobrança na moeda local, os desenvolvedores podem aplicar preços alternativos, como R$ 0,99R$ 1,99. Já é possível encontrar na loja alguns apps com estes preços mais baixos.

IMG 1709 720x540 - Agora você pode fazer compras na App Store em Reais

Apple Music, por sua vez, passa a custar R$ 16,90 no plano individual (em dólar era US$ 4,99) e no plano família ele sai por R$ 24,90 (em dólar era US$ 7,99). Assinatura do serviço de armazenamento da Apple, o iCloud também entrou na mudança. Agora o plano de 50 Gb custa R$ 2,90 (US$ 0,99), o de 200 GB custa R$ 8,90 (US$ 2,99) e o de 2 TB custa R$ 29,90 (US$ 9,99).

Falando agora da iTunes Store, a loja de música e filmes da Apple, uma faixa individual sai por R$ 1,90 ou R$ 2,90. E um filme que antes custava US$ 19,99 hoje sai por R$ 37,90. E, por fim, na iBook Store, já é possível encontrarmos livros de apenas R$ 0,90!

Resumindo

Como pudemos ver, esta mudança foi bastante positiva, já que diminuiu os preços, permite o uso de cartões nacionais e de débito e também não teremos mais que pagar o famigerado imposto IOF, que é de 6,38% sobre o valor da transação.

Só resta agora saber quando que poderemos usar cartões-presente, para facilitar ainda mais a compra de apps, filmes, músicas, livros e assinaturas de serviços. E você, o que achou dessa mudança?

Comentários do Facebook

Receba Notícias por E-mail:

Share via