Início » TECNOLOGIA » Ciência e Tecnologia » Algoritmo da inteligência pode ter sido descoberto
Ciência e Tecnologia Notícias

Algoritmo da inteligência pode ter sido descoberto

algoritmo da inteligência
Um estudo publicado na revista Frontiers in Systems Neuroscience sugere que todos os processos cerebrais se resumem a um simples algoritmo.

O cérebro humano é um órgão fascinante, ele é responsável por comandar todo o nosso corpo, nos fazer se locomover, falar, sentir emoções e a tomar decisões a toda hora, mas você já imaginou o que ele faz para funcionar e manter tudo em ordem? Tenho certeza que você imaginou algo complexo (eu também), mas um estudo recente diz exatamente o contrário. Todos os nossos pensamentos são uma função de um algoritmo básico.

Isto é o que diz um estudo publicado na revista Frontiers in Systems Neuroscience. Segundo a teoria que os cientistas seguem, todos os processos cerebrais se resumem ao seguinte algoritmo: N = 2i–1. Este algoritmo é encontrado na Teoria da conectividade elaborada pelo Dr. Tsien, neurocientista da Faculdade de Medicina da Geórgia na Universidade de Augusta, que propõe que nossos bilhões de neurônios não se alinham apenas para adquirir conhecimento, mas para generalizar e tirar conclusões sobre ele. Tsien também afirma que nossos cálculos cerebrais complexos estão por trás de simples lógicas matemáticas.

formula do cerebro 720x484 - Algoritmo da inteligência pode ter sido descoberto

Na pesquisa, os cientistas estudam como grupos de neurônios semelhantes formam uma complexidade de cliques para lidar com idéias ou informações básicas, chamadas de “motivos de conectividade funcional” (FCM, sigla em inglês), que lidam com todas as possíveis combinações de idéias.

Nos testes eles monitoraram a atividade de roedores em sete regiões diferentes do cérebro e lhes deram quatro tipos de alimentos. Com isso, os cientistas foram capazes de “ouvir” a resposta dos neurônios e identificar todas os 15 diferentes combinações de neurônios ou grupos que responderam à variedade de combinações de alimentos, como a Teoria de conectividade poderia prever.

Infelizmente, o algoritmo descoberto não nós ajudará a ficarmos mais inteligentes, mas ele será muito útil para mecanismos de Inteligência Artificial, que já imitam o modo de como o cérebro se organiza. Com o algoritmo a AI poderá pensar como nós. Se isso será bom no futuro, só saberemos se a SkyNet surgir e algum Exterminador do Futuro aparecer por aqui procurando por John Connor ou pelo Dr. Tsien

Fonte: Futurism

Sobre o Autor

Julian Leno

Apenas alguém que gosta de escrever sobre tecnologia. ;)

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe seu comentário: