Alibaba desenvolve Inteligência Artificial que detecta coronavírus em 20 segundos

Alibaba
O Alibaba usou imagens e dados de 5 mil casos confirmados para ajudar no diagnóstico do novo coronavírus (COVID-19)

O Alibaba, conglomerado chinês dono do famoso e-commerce AliExpress, já está usando toda sua capacidade para conter o novo coronavírus (COVID-19), principalmente na China. O grupo desenvolveu um sistema que, através da Inteligência Artificial (IA), consegue fazer o diagnóstico de uma pessoa infectada com o COVID-19 em poucos segundos. 

Assim como o Google e a Amazon, o Alibaba atua em diversos outros setores, com negócios na área de saúde, por exemplo. Aproveitando toda essa expertise, o grupo chinês treinou algoritmos de Inteligência Artificial para detectar a presença do coronavírus COVID-19 em pacientes possivelmente infectados. 

Diagnóstico do coronavírus em 20 segundos 

Inteligência Artificial (IA) coronavírus
Inteligência Artificial (IA) do Alibaba consegue detectar uma pessoa infectada por coronavírus em apenas 20 segundos

A detecção é feita em tomografias computadorizadas do peito do paciente. Com a IA, o sistema faz uma checagem de imagens e apresenta o resultado em apenas 20 segundos. Para isso, o Alibaba treinou em imagens e dados cerca de 5.000 casos confirmados de coronavírus. 

Esse novo algoritmo pode amenizar a pressão em hospitais, uma vez que a resposta é dada em poucos segundos. Geralmente, o profissional da saúde precisa de cinco a 15 minutos para analisar “manualmente” a tomografia de um paciente suspeito e fornecer o diagnóstico clínico. Sem a Inteligência Artificial, o médico terá que checar mais de 300 imagens tomográficas.

O sistema já foi testado em hospitais da China e, atualmente, pelo menos 100 unidades de saúde estão operando com a Inteligência Artificial do grupo. O Hospital Qiboshan em Zhengzhou, província de Henan, foi a primeira unidade a receber a nova ferramenta de diagnóstico do Alibaba

IA do Alibaba tem 96% de eficiência

Alibaba
Hospitais na China já estão usando a tecnologia para detectar o novo coronavírus (COVID-19)

Pesquisadores afirmam que agora são capazes de identificar o vírus com uma eficiência de 96%. Mesmo se o paciente estiver com pneumonia viral, que é semelhante ao novo coronavírus, o diagnóstico do Alibaba não falha no resultado, dizem os responsáveis pela inovação. 

De acordo com o portal Nikkei Asian Review, desde 5 de fevereiro a Comissão Nacional de Saúde da China expandiu os métodos de diagnóstico do novo coronavírus (COVID-19), ajudando em todo o processo de análise e tratamento. Foi adicionado o resultado por tomografia computadorizada, garantido que o cidadão chinês tenha o tratamento o mais rápido possível. 

Com o alastramento do vírus e mudanças ocorrendo diariamente, essa tecnologia ajuda no processo de agilizar a confirmação e auxiliar no tratamento do COVID-19, podendo até mesmo facilitar no controle da doença. 

Fontes: GizChina; Nikkei Asian Review.

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter