Android 11 será lançado em 12 de maio; saiba o que esperar

Android 11 será lançado em 12 de maio; saiba o que esperar
Com a divulgação das datas em que ocorrerá a Google I/O 2020, o Google revelou também quando chegará o Android 11; confira o que podemos esperar do novo sistema

O Google acaba de anunciar que a sua conferência anual para desenvolvedores, a Google I/O, ocorrerá esse ano entre os dias 12 e 14 de maio. Tradicionalmente, é neste evento que a gigante das buscas apresenta novos serviços, produtos de software e também a nova versão do Android.

Sabendo que o Android 11 chegará na metade de maio, podemos esperar que as versões de teste para desenvolvedores (beta) sejam lançadas algumas semanas antes. Como de costume, quem tem algum dispositivo da linha Pixel ou alguns outros modelos selecionados deverá ter a chance de baixar a prévia do sistema.

Android 11: o que esperar da nova versão?

Android 11 será lançado em 12 de maio; saiba o que esperar

Não há muitas informações sobre quais mudanças o Android 11 apresentará ao público. No entanto, sabemos que o update não trará grandes alterações no visual do sistema, visto que mudanças dessa magnitude sempre são precedidas de muitos testes e, consequentemente, vazamentos. Em suma, se o Android 11 fosse mudar tanto em design, já teríamos indícios disso.

Tal qual o Android 10, espera-se que a nova versão tenha novidades mais incrementais – a fim de aprimorar a performance, segurança e usabilidade do sistema. Dentre os recursos mais aguardados estão um sistema nativo de compartilhamento de arquivos (algo similar ao AirDrop, do iOS); uma função própria para gravação de tela, algo que inexplicavelmente o Android ainda não tem, e melhorias no tema escuro.

Android 11 será lançado em 12 de maio; saiba o que esperar
Android 11 deverá trazer maior suporte para as notificações em bolhas, como os chat heads, do Facebook Messenger

Além disso, como afirmamos, é bem provável que tenhamos avanços nas funções de bem estar digital, no gerenciamento de energia e nos recursos de segurança. Pelo menos nestes últimos dois pontos, as versões mais recentes do Android sempre trazem novidades, ainda que mínimas.

Outro recurso nos qual a mídia faz apostas, e que deve ganhar corpo no Android 11, é um sistema de notificações em bolhas, que permitiria aos aplicativos de conversa, Whatsapp, Telegram e outros, funcionar de maneira similar aos chats Facebook Messenger. Ao receber uma notificação de uma conversa, ela apareceria como uma bolha, e não seria necessário abrir o app inteiro para responder.

Atualmente, o Android já suporta notificações em bolha, o que se espera é que o sistema consiga transformar todas as notificações, sobretudo as de conversas, em bolhas. Assim o usuário poderia respondê-las enquanto usa outro app.

Quando meu smartphone receberá o novo Android?

Sempre que uma nova versão do robozinho é lançada, a saga de seus usuários ganha um novo capítulo: primeiro, é necessário descobrir se a sua fabricante irá atualizar seu smartphone e, em seguida, esperar que a mesma cumpra a data prevista para lançar a atualização. Ainda assim, há algumas coisas que podemos estipular:

Por exemplo, o Android 11 deverá ser lançado em maio. No entanto, alguns modelos da Sony, OnePlus, Xiaomi e outras, além da linha Pixel, deverá ter acesso às versões de teste do sistema. Após o lançamento, a atualização só deve chegar, de fato, em meados de setembro – e apenas para linha Pixel. Neste momento, saberemos como o novo Android é em definitivo, sem bugs e recursos experimentais.

Galaxy S20 deverá ser um dos primeiros da Samsung a receber o Android 11
Lançamentos deste ano, como o Galaxy S20, deverão receber o Android 11 primeiro

A partir daí, nada é certo, isto porque cada fabricante tem seu próprio calendário de atualizações. A OnePlus, por exemplo, costuma ser a mais rápida, devendo atualizar todos os seus modelos recentes apenas alguns dias depois. Nokia, Sony e Xiaomi também não levam mais que algumas semanas para atualizar seus topos de linha – já os modelos intermediários e de entrada devem ficar na espera.

Por fim, fabricantes mais tradicionais como Samsung, Huawei, LG e Motorola, devem atualizar apenas um ou outro modelo este ano. O mais provável é que as marcas priorizem seus lançamentos de 2020, como o Galaxy S20 e o Huawei P40 Pro. Os aparelhos lançados em 2019, mesmo os mais caros, provavelmente precisarão esperar mais um pouco.

Fonte: 4GNews


Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter