Aplicativos de sexo são proibidos no Google Glass

Captura de Tela 2013 02 26 às 23.10.462
O Google decidiu proibir a criação de aplicativos de sexo para uso no Google Glass, os óculos inteligentes criados pela empresa.
Anúncio
Aplicativos de sexo são proibidos no Google Glass

Aplicativos de sexo são proibidos no Google Glass

O Google decidiu proibir a criação de aplicativos de sexo para uso no Google Glass, os óculos inteligentes criados pela empresa.

A empresa mudou as políticas de uso do aparelho onde excluí “qualquer aplicativo que explorem nudez, ato sexual explícito ou imagens com conteúdo sexual”. A medida foi tomada depois que a MiKandi lançou o aplicativo “Tits and Glass” (Seios e Glass, em tradução livre), que permitia compartilhar e comentar fotos sensuais tiradas com o aparelho.

O Google Glass é um óculos especial capaz de adicionar a tudo camadas de realidade aumentada, bastando para isso que seu usuário olhasse para o lugar usando o aparelho. É possível registrar e compartilhar tudo o que estiver ao redor instantaneamente ou ver as informações mais importantes, tudo por comando de voz.

Um infográfico explica melhor o funcionamento do Google Glass que só deve chegar às lojas no fim deste ano ou no começo de 2014.

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter