Macbook air e macbook pro recebem upgrade para o chip m2

Macbook Air e Macbook Pro recebem upgrade para o chip M2

Avatar of otávio queiroz
Com mudanças no visual e retorno do conector MagSafe, laptops prometem maior desempenho e melhor autonomia de bateria

A tarde desta segunda-feira (6) foi de muitas novidades para os fãs e entusiastas da maçã. Além dos anúncios do iOS 16 e do novo chip Apple M2, a Apple também revelou os seus mais novos MacBook Air e MacBook Pro com chip M2 durante a Worldwide Developers Conference 2022 (WWDC). Embarcando o mais recente processador, que promete ser ainda mais poderoso e eficiente energeticamente, o MacBook Air chega com um visual renovado, enquanto a versão do MacBook Pro de 13″ contou apenas com melhorias internas. Confira.

Antes disso, não deixe de assistir nosso resumo em vídeo sobre tudo o que foi apresentado na WWDC 2022:

MacBook Air

Macbook air e macbook pro recebem upgrade para o chip m2
MacBook Air ganhou um visual completamente redesenhado, com um design totalmente novo e incrivelmente fino (Divulgação/Apple)

A Apple apresentou hoje um MacBook Air completamente redesenhado, com um design totalmente novo e incrivelmente fino. Sendo o modelo mais vendido do mundo, ele traz uma tela Liquid Retina maior, de 13,6″, com suporte à tecnologia True Tone, ampla tonalidade de cores (P3) e contém até 500 nits de brilho, oferecendo iluminação 25% superior que a geração anterior. Uma câmera FaceTime de 12 MP e 1080p também completa a parte frontal do display.

O novo Apple M2 aumenta o número de núcleos de GPU presente no modelo para 9 e 10 núcleos (contra 7 e 8 da versão anterior), além de também fornecer mais desempenho através da CPU atualizada, ideal para usuários mais avançados que desejam editar vídeos, criar músicas e passar algumas horas em algum jogo online, por exemplo.

Completamente redesenhado em torno do M2, o MacBook Air é mais fino, mais leve e mais rápido com uma tela maior, melhor câmera e bateria que dura o dia todo, em quatro belos acabamentos. Somente com o silício da Apple você pode construir um notebook tão fino e leve com um design sem ventoinha e essa combinação de desempenho e recursos.

Greg Joswiak, vice-presidente sênior de marketing da Apple
Design do macbook air com apple m2
O laptop vem com quatro alto-falantes e três microfones integrados (Divulgação/Apple)

O laptop vem com quatro alto-falantes e três microfones, todos integrados ao teclado e com suporte a Áudio Espacial e Dolby Atmos. Ele poderá ser adquirido em versões com até 2 TB de armazenamento SSD e até 24 GB de memória RAM. Assim como o hardware, os usuários também poderão personalizar o notebook com a cor que preferir, já que ele oferece até quatro opções: prata, dourado, cinza-espacial e azul.

Com 11,3 mm de espessura e pesando apenas 1,2 kg, o MacBook Air com processador M2 consegue ser mais leve que a geração anterior. Ele ainda tem suporte à reprodução vídeos em até 8K, bem como para vídeos ProRes e possui teclado completo com Touch ID. O laptop promete até 18 horas de duração de bateria e, desta vez, temos o retorno do conector MagSafe para carregamento mais veloz.

A parte de conectividade do MacBook Air é a mesma presente na geração passada, com apenas duas portas USB-C Thunderbolt 4 (ambas do lado esquerdo) para transferência de dados ou imagem e som para monitores externos, além da presença do conector P2 para fones de ouvido com fio de 3,5 mm (do lado direito).

Preços e disponibilidade do MacBook Air

Macbook air e macbook pro recebem upgrade para o chip m2. Com mudanças no visual e retorno do conector magsafe, laptops prometem maior desempenho e melhor autonomia de bateria
Macbook Air e Macbook Pro recebem upgrade para o chip M2

O novo MacBook Air chega ao mercado internacional a partir de agosto. Ele poderá ser adquirido em pré-venda com preços a partir de US$ 1.199 (cerca de R$ 5.748 em conversão direta). Aqui no Brasil, o MacBook Air com o novo chip M2, 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento tem preços a partir de R$ 13.299.

MacBook Pro

Macbook air e macbook pro recebem upgrade para o chip m2. Com mudanças no visual e retorno do conector magsafe, laptops prometem maior desempenho e melhor autonomia de bateria
MacBook Pro ganhou apenas mudanças internas (Divulgação/Apple)

O MacBook Pro também ganhou uma versão mais atualizada. Diferentemente do que ocorreu com o MacBook Air, o laptop robusto da Apple teve mudanças apenas internas, tendo o seu design preservado. E, assim como no Air, o Apple M2 com CPU de 8 núcleos e GPU de 10 promete dar um fôlego ainda maior a este lançamento.

Segundo a Apple, graças ao M2, trabalhar com imagens RAW em apps como o Affinity Photo é 40% mais rápido no novo modelo, além de jogos que demandam processamento gráfico também rodarem com desempenho melhorado em até 40%. A companhia também diz que os usuários poderão reproduzir até 11 fluxos de vídeo 4K e até dois fluxos de vídeo 8K ProRes, podendo ainda converter seus projetos de vídeo para ProRes quase 3x mais rápido do que antes.

Com relação à bateria, a promessa é de 20 horas de duração reproduzindo vídeo.

Preços e disponibilidade do MacBook Pro

Nos EUA, o MacBook Pro de 13 polegadas com M2 custa a partir de US$ 1.299. No Brasil, ele sai por R$ 14.499.

Apple M2 ainda mais poderoso

Apple m2
O novo Apple M2 estará disponível ainda este ano nos novos MacBook Air e MacBook Pro (Divulgação/Apple)

Construído com tecnologia de 5nm de 2ª geração, com 20 bilhões de transistores — 25% a mais que o chip M1 –, o Apple ‌M2‌ suporta até 24 GB de memória unificada LPDDR5 e possui quatro núcleos de desempenho e outros quatro de eficiência, além de suportar 100 GB/s de largura de banda de memória unificada, 50% a mais do que o visto no ‌M1‌. Ele ainda apresenta até 10 núcleos de placa de vídeo e é focado em eficiência energética, assim como o seu antecessor.

De acordo com a companhia, o Apple M2 vai entregar até 2,3 vezes mais potência de GPU que um notebook Galaxy Book2 360 gastando menos energia. A Apple ainda diz que o novo chip é capaz de superar notebooks com CPUs de 12 núcleos, como o Intel Core i7-1260P, usando apenas ¼ do seu desempenho máximo. Já em comparação ao seu antecessor, o M1, a Apple está prometendo uma CPU 18% mais rápida e uma GPU com desempenho superior em até 35%.

A nova plataforma ainda é equipada com uma rede neural de 16 núcleos que promete ser até 40% mais poderosa, sendo capaz de realizar até 15,8 trilhões de operações por segundo. O M2 ainda oferece suporte a outras tecnologias que vêm sendo exploradas pela companhia, como a codificação de vídeo ProRes e resolução de até 6K.

Veja também mais anúncios da WWDC:

Apple M2: veja as vantagens e especificações da nova geração.

Fontes: Apple, The Verge.

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados