Apple e Hyundai podem ser parceiras para produzir o Apple Car

Avatar of bruno martinez
Após divulgar comunicado em que dizia que “Apple e Hyundai estão em discussão” para a produção de carros autônomos, Hyundai volta atrás e solta novo comunicado

Após rumores de uma possível parceria entre Apple e Hyundai para a produção conjunta de carros autônomos começarem a circular na quinta-feira, a Hyundai confirmou que está em negociações com a Maçã para o desenvolvimento do Apple Car – e em questão de horas, soltou um novo comunicado revisando suas afirmações.

Em sua primeira declaração, a empresa sul-coreana dizia que a “Apple e Hyundai estão em discussão, mas como está em estágio inicial, nada foi decidido”. A gigante automobilística também afirmou que a Apple está em discussão com uma variedade de montadoras globais, incluindo a Hyundai Motor. No entanto, poucas horas depois, a fabricante soltou um novo comunicado afirmando ter sido contatada por potenciais parceiros para o desenvolvimento de veículos elétricos autônomos – sem fazer qualquer referência à Apple.

Após as primeiras repercussões da parceria entre Apple e Hyundai na mídia, as ações da gigante automobilística subiram para mais de 20% na Bolsa Coreana nesta sexta-feira, reduzindo ligeiramente seus ganhos após a revisão do comunicado. Este foi o maior salto das ações da Hyundai desde 1988.

A Apple é conhecida por manter um controle rigoroso sobre seus negócios e parcerias antes de fazer qualquer comunicado. Em 2018, a fabricante alertou aos seus colaboradores que parassem de vazar quaisquer informações internas sobre planos futuros, levantando a possibilidade de ações judiciais e acusações criminais. Em um comunicado interno, a Apple alertou ter detectado 29 vazamentos no ano anterior. 

Até o momento, a Maçã não se pronunciou sobre os comunicados da Hyundai.

Apple e Hyundai, Apple Car e outros projetos de carros autônomos

O desenvolvimentos de veículos elétricos autônomos é um projeto existente em diversas companhias de tecnologia – no meio de 2020, Elon Musk afirmou que a tecnologia da Tesla estava muito próxima de alcançar os requisitos básicos de autonomia, ou seja, que não necessitasse de intervenção humana. Outras empresas têm fechado parcerias para tornar esse sonho uma realidade, como a Waymo, unidade autônoma da Alphabet Inc. e a Chrysler, e a Amazon.com Inc. com a Rivian Automotive Inc. No entanto, apesar desses esforços conjuntos, a Intel já alertou que a popularização dos carros autônomos ainda levará 50 anos.

A Apple, por sua vez, iniciou em 2014 seu Projeto Titan, com mais de mil funcionários trabalhando no desenvolvimento de um veículo elétrico. Desde então, o projeto de criação do Apple Car mudou de liderança várias vezes e centenas de funcionários foram demitidos, e atualmente encontra-se nas mãos de John Giannandrea, chefe de Inteligência Artificial e machine learning da Apple.

No entanto, como afirmou Lee Han-Joon, analista da KTB Investment & Securities Co. em Seul, a Apple não possui capacidade de produção e redes de venda para carros, e como desenvolver esses recursos leva tempo, a empresa com certeza necessitará de um parceiro para a criação do Apple Car. E com o desenvolvimento de seu carro autônomo em estágio inicial, a Maçã levará ainda alguns anos (estima-se algo em torno de quatro a cinco anos) para lançar de fato o Apple Car no mercado – o que sugere que a empresa não está com pressa para definir e anunciar seu parceiro nessa empreitada.

Hyundai planeja lançar seu primeiro carro elétrico em 2021. Empresa pode ser parceira da apple para desenvolvimento do apple car (divulgação: hyundai)
Hyundai planeja lançar seu primeiro carro elétrico em 2021. (Divulgação: Hyundai)

Porém, uma parceria entre Apple e Hyundai poderia ser benéfica à Maçã, uma vez que a empresa sul-coreana já está acelerando o desenvolvimento de novas tecnologias necessárias para o desenvolvimento de um veículo elétrico autônomo – e até mesmo carros voadores. Estima-se que a Hyundai gastará cerca de US$ 55 bilhões nessas áreas nos próximos cinco anos.

A montadora criou a Ioniq, sua marca de veículos elétricos em agosto de 2020, e tem planos de lançar três carros totalmente elétricos no mercado nos próximos quatro anos (a sul-coreana planeja lançar o primeiro ainda este ano), como parte de sua estratégia de conquistar participação de 10% neste mercado até 2025.

Fontes: Bloomberg, Tech Crunch, MacRumors [1] [2], MS Power User

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados