Apple garante patente de caneta inteligente que pode copiar escrita manual para o iPad

A caneta inteligente poderá ser usada como lápis, caneta ou marcador de texto / divulgação
A Apple patenteou uma caneta inteligente que captura notas manuscritas e desenhos feitos em qualquer superfície e transfere o conteúdo para um iPad.
Imagem usada no registro feito no escritório de patentes dos Estados Unidos / Imagem: divulgação
Imagem usada no registro feito no escritório de patentes dos Estados Unidos / divulgação

O escritório de patentes dos Estados Unidos concedeu a Apple o direito de usar a tecnologia da “communicating stylus”, uma caneta inteligente que captura notas manuscritas e desenhos feitos em qualquer superfície e transfere o conteúdo para um iPad.

Segundo a patente da Apple, a caneta usará alguns sensores como o acelerômetro e fará o armazenamento e transmissão sem fio para enviar o conteúdo ao gadget, como divulgou a Apple Insider.

A ideia é que você possa escrever num caderno ou bloco de notas e, em seguida, ver o trabalho na tela do iPad. Será possível escrever usando lápis, caneta ou marcador.

A caneta inteligente poderá ser usada como lápis, caneta ou marcador de texto / Imagem: divulgação
A caneta inteligente poderá ser usada como lápis, caneta ou marcador de texto / divulgação

O grande diferencial da caneta da Apple é a possibilidade de usá-la em qualquer superfície, graças a sensores de movimento 3D. A ideia é que a pessoa possa escrever sobre uma mesa ou mesmo no ar e as palavras sejam transferidas para o dispositivo digital.

Certa vez, Steve Jobs zombou deste modelo de caneta. Resta saber se o pedido de uma patente é apenas uma garantia para a empresa ou se a Apple realmente prepara o lançamento da novidade que poderia complementar um outro rumor de que pode ser lançado um modelo de iPad com tela maior do que os atuais.

Comentários do Facebook