Início » EMPRESAS » Apple » Apple pressiona gravadoras para acabarem com licenças gratuitas do Spotify
Apple Notícias

Apple pressiona gravadoras para acabarem com licenças gratuitas do Spotify

smt spotify generic - Apple pressiona gravadoras para acabarem com licenças gratuitas do Spotify
Segundo informações do The Verge, a Apple está tentando reduzir o tamanho de seu serviço de músicas free, o Spotify, para abrir espaço para o Beats Music

smt spotify generic 720x480 - Apple pressiona gravadoras para acabarem com licenças gratuitas do Spotify

A Apple está fazendo o que pode para reduzir a influência de concorrentes de serviços de streaming de músicas junto às grandes gravadoras. A empresa quer abrir espaço para o Beats Music, nova ferramenta musical que está desenvolvendo.

Um dos principais concorrentes, o Spotify, tem atualmente 60 milhões de usuários, mas apenas 15 milhões deles são assinantes do serviço. A grande maioria se beneficia do serviço gratuito de streaming, suportado por anúncios que são apresentados toda vez que o usuário usa o serviço.

E, conforme revelou o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, há indícios da prática de concorrência desleal da companhia na indústria de streaming de música. Segundo o informado, a Apple está tentando acabar com contratos de gravadoras que liberem licenças para serviços gratuitos, como é o caso do Spotify

O portal The Verge também alega que a Apple estaria usando seu poder na indústria de música para fazer com que as gravadoras parem de renovar suas licenças com o Spotify, na sua versão gratuita.

smt beats music logo 720x480 - Apple pressiona gravadoras para acabarem com licenças gratuitas do Spotify

Além da própria concorrência interna, há outras ameaças com que a Apple terá que lidar, como o YouTube. O serviço de streaming vídeo fornece aos espectadores acesso gratuito a música e vídeos musicais que a Apple gostaria de cobrar de seus usuários. Recentemente, a Apple ofereceu um contrato para a Universal Music Group (UMG), oferecendo para cobrir o valor pago pelo YouTube em taxas de licenciamento. Dessa forma, a Universal terminaria seus acordos de licenciamento com o Youtube, impedindo o serviço de sediar qualquer conteúdo de artistas ligados a UMG.

Essa não é a primeira vez que o Departamento de Justiça Americano investiga a Apple. A empresa foi condenada em um processo relacionado a livros eletrônicos, no ano passado. A Apple planeja lançar seu novo serviço de streaming de músicas em junho, durante sua conferência de desenvolvedores, a WWDC. O novo produto seria ligado ao Beats Music, comprado pela empresa em 2014 por quase 3 bilhões de dólares.

smt apple fire wallpaper 2 720x480 - Apple pressiona gravadoras para acabarem com licenças gratuitas do Spotify

A Apple revelou que está sendo realmente agressiva em seu novo serviço de música, mas não confirmou as acusações. A companhia também está tentando fazer parcerias com músicas para trazer álbuns exclusivos aos usuários do Beats Music.

Fonte: The Verge.

Comentários do Facebook

NOTÍCIAS POR E-MAIL

Receba as notícias do Showmetech direto na sua caixa de entrada.

Yey! Parabéns, você receberá notícias incríveis!

Ops! Acho que não deu certo. Vamos tentar novamente?

NOTÍCIAS POR E-MAIL

Receba as notícias do Showmetech direto na sua caixa de entrada.

Yey! Parabéns, você receberá notícias incríveis!

Ops! Acho que não deu certo. Vamos tentar novamente?

Você gosta do nosso trabalho? Então, que tal curtir a gente? ;)

Compartilhe com um amigo