Apple ProRaw: conheça as características do novo formato de imagem do iPhone 12 Pro

Apple ProRaw novo formato de imagem iPhone 12 Pro
O Apple ProRaw combina o processamento de imagem multiframe da Apple e a fotografia computacional com a versatilidade de um formato RAW

No último dia 13, a Apple anunciou quatro variantes do iPhone 12, incluindo o iPhone 12 Pro e Pro Max, ambos equipados com um sistema triplo de câmeras traseiras. Para que os usuários aproveitem ao máximo as funcionalidades de fotografia dos dois novos modelos, a fabricante revelou o Apple ProRaw, novo formato de imagem que combina os recursos de fotografia computacional da Apple com os benefícios de fotografar em RAW.

Enquanto para o usuário comum o mais importante é ter uma foto bonita com mínimo de esforço possível, fotógrafos mais avançados não gostam dessa automatização e preferem fotografar em RAW, formato onde os dados da imagem são armazenados sem processamento.

Apesar dos smartphones já fotografarem neste formato há algum tempo, o formato personalizado da Apple pode ser o início de uma nova maneira de tirar fotos ricas em dados. Até então, ao utilizar este formato, os usuários conseguia preservar os detalhes da imagem, mas perdiam os benefícios dos recursos de fotografia computacional da maçã, como Deep Fusion, tecnologia que utiliza aprendizado de máquina para remover ruídos e melhorar o nível de detalhamento, o e Smart HDR, recurso que melhora a iluminação e cores da imagem. Agora com o ProRaW, essa limitação deixa de existir.

Fotografia tirada utilizando a câmera do iPhone 12 Pro da Apple
Fotografia tirada utilizando a câmera do iPhone 12 Pro da Apple

Quais são os benefícios do Apple ProRaw?

Quando você tira uma foto RAW em um smartphone ou câmera digital DSLR (Digital Single Lens Reflex), a imagem capturada não é compactada. Esses arquivos normalmente são muito maiores do que as fotos JPEG, padrão em muitas câmeras, devido à captura de um grande volume de dados, o que significa que há muito mais possibilidades para editá-las depois.

Fotógrafos profissionais tendem a utilizar o RAW para manipular as imagens utilizando softwares de edição, como o Photoshop e o Lightroom, e depois processá-las para a visualização em formato digital ou físico. No entanto, fotografar neste formato com um iPhone significava que os recursos de fotografia computacional não seriam aplicados à imagem capturada. Ou seja, os usuários precisavam escolher se utilizariam o JPEG para obter esses benefícios, ou o RAW para poder manipular a imagem posteriormente.

O Apple ProRaW vem para mudar este cenário e oferecer aos usuários o melhor de dois mundos, unindo a flexibilidade de imagens em RAW com o pós-processamento de alta qualidade da maçã. De forma simplificada, os iPhones 12 Pro e Pro Max capturarão fotos neste formato e aplicarão algum processamento de imagem, como a fusão de várias fotos capturadas ou aplicando redução de ruído, mas deixarão espaço para edição de cor, exposição e contraste.

Imagem realizada com o iPhone 12 Pro da Apple
Imagem realizada com o iPhone 12 Pro da Apple

No entanto, os usuários os usuários do iPhone 12 Pro e iPhone 12 Pro Max precisarão esperar para poder utilizar o Apple ProRaw, pois o novo formato ainda está passando pelos ajustes finais e só será liberado após os aparelhos chegarem ao mercado.

Com a chegada do iPhone 12 nas prateleiras cada vez mais próxima, é muito comum que os entusiastas de celular se preparem para um upgrade. Caso esteja em dúvida a respeito do modelo ideal para as suas necessidades, confira todas as opções disponíveis da Apple e as especificações de cada uma.

Fontes: Tom’s Guide, TechRadar, Apple

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter