Batalha do 5G: Samsung e Huawei disputam por liderança da tecnologia

O Unpacked trouxe várias novidades, incluindo intenções de se tornar líder no mercado de dados moveis
O Unpacked 2019 da Samsung mal acabou e já definiu com exatidão qual é a preocupação do mercado dos smartphones para esse ano

Há muito que pode ser dito sobre os anúncios da Samsung. Em seu último evento, o Unpacked 2019, houve novidades previstas e algumas muitas surpresas. Em cobertura do Showmetech, teve novidades bacanas como a confirmação das quatro versões do Galaxy S10. Assim como o primeiro smartphone dobrável da empresa, o Galaxy Fold.

Junto com eles, vem algumas outras certezas: a clara intenção da coreana em assumir o topo da corrida pela tecnologia 5G. E não pense que tudo foi feito na base da cordialidade e gentilezas, pelo contrário. O Unpacked foi praticamente um grito de guerra.

Confirmando as claras intenções da Samsung, a Verizon (operadora de celuar estadunidense) já se adiantou e aproveitou a deixa do evento para declarar que o novo Galaxy S10 contará com a tecnologia 5G, temporariamente. Mas isso não se limitou apenas a isso.

A Samsung declarou que tem como principal objetivo assumir o posto mais alto quando o assunto é 5G. Isso significa que a empresa coreana não pretende somente ser a primeira a lançar um smartphone com tal tecnologia, atendendo a todas as exigências do protocolo, mas também se tornar referência a nível de infraestruturas.

Samsung x Huawei: a batalha pelo domínio do 5G

Samsung lança novos modelos e quer se tornar líder com RG
Com a chegada dos novos modelos Galaxy, novas certezas também chegam: transição para 5G está próximo.

Mas não pense que somente a Samsung que vem se organizando para assumir a responsabilidade em se tornar a pioneira no 5G. Essa é a mesma intenção da sua concorrente direta, Huawei.

Mesmo que não tão conhecida ao consumidor padrão brasileiro, saiba que a gigante chinesa possui em suas mãos uma fatia gigantesca no mercado de telecomunicações. Sendo assim, parece natural que a empresa também mostre seu claro interesse em se lançar ao ringue.

Para se ter uma ideia, mesmo que sem querer, você pode ter se deparado com algum equipamento MEO ou NOS com tecnologia da concorrente da Samsung. Afinal, eles são responsáveis por infraestruturas pelo mundo inteiro. Foi assim que eles começaram seus negócios, na década de 80. Com o tempo, braços e mãos foram se abrindo e estendendo e, hoje, a empresa clama por cada vez mais presença no mercado de tecnologia. Leia mais.

Sendo assim, é natural dizer que tanto Samsung quanto Huawei disputam a nível de infraestruturas. E, devido a problemas vividos na empresa chinesa hoje, podemos dizer que a Samsung deu um golpe estratégico. 

Os problemas da Huawei

5G é uma das metas da Huawei
Mesmo com problemas em alguns mercados, a Huawei tem intenção em ser competitiva

Como bem sabemos, a Huawei não goza da melhor das reputações no momento. Ela vem trocando faíscas com alguns governos do mundo e sua imagem está um pouco manchada. Há ainda um alto nível de rejeição por parte de algumas nações em consumir produtos da empresa chinesa e isso vem sendo escancarado ao longo dos últimos meses.

Soma-se tudo isso à clara recuso em implementar a tecnologia 5G em alguns países por parte da gigante de Shen Zhen. Embora o que estejamos falando não se aplica a todos os lugares do mundo, o Brasil sendo um deles, há ainda uma parcela de países em que a Huawei se vê impossibilitada de operar. E é aí que entra a Samsung, que pode se utilizar da fragilidade da concorrente a seu favor e assumir a liderança.

Vale lembrar que há ainda outras empresas concorrentes, como, por exemplo, a Nokia. Assim como a Huawei, ela também possui um histórico com telecomunicações longo e imprescindível, o que a torna uma concorrente direta. Acrescente ainda nesta disputa a Motorola e a Siemens, e todo o cenário está estabelecido. Essas duas últimas podem não ter em seu bolso uma larga fatia no mercado dos smartphones, mas com certeza, a exemplo da Nokia e Huawei, são veteranas nas telecomunicações. 

Faça as suas apostas, quem será a grande vencedora?

Está claro que o próximo grande passo para os smartphones é a tecnologia 5G. Otimizar os dados móveis parece natural e necessário. Contudo, vale lembrar que há ainda um longo caminho a ser trilhado. E o 5G pode não se tornar uma realidade em um futuro próximo.

Basta lembrar da tumultuada transição do 3G para o 5G. Não é um plano para décadas, mas não será solucionada em questão de meses. Ao consumidor, basta apenas aguardar. Quanto às empresas, se desdobrar e estar ciente de que o processo ainda vai custar alguns bocados de dólares.

Claro que não haverá uma vencedora em definitivo, pelo menos por ora. Isso porque cada empresa irá clamar pelo mercado mais próximo de si. É natural que seja a Huawei a responsável pela instalação e infraestrutura na China, por exemplo. A Samsung, por sua vez, pode tentar o mesmo na Coreia e Estados Unidos. Na Europa é que tudo fica mais nebuloso. Há uma forte presença da empresa chinesa no continente mas há o embate direto com a Nokia e a Ericsson

Verdade seja dita, as apostas são altas e a sua conclusão, longe do fim. Tecnologia 5G é um assunto que ainda vai render em 2019. O que resta ao consumidor é apreciar o espetáculo. E que vença o melhor. 

fonte: 4gnews

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba Notícias por E-mail:

Share via