Black List: uma lista de roteiros que vem alterando padrões em Hollywood

the black list logo - Black List: uma lista de roteiros que vem alterando padrões em Hollywood
De 2005 para cá, lista é responsável por mais de 300 filmes, 48 Oscars e por 10 dos últimos 20 prêmios de Melhor Roteiro

 

Black List 0 720x300 - Black List: uma lista de roteiros que vem alterando padrões em Hollywood

The Black List é uma publicação anual que reúne os melhores roteiros escritos, que ainda não tiveram a chance de serem produzidos. Já ouviu falar? E se eu te dissesse que filmes como “Quem Quer Ser Um Milionário?”, “Juno”, “Argo”, “Pequena Miss Sunshine” (ambos ganhadores de Oscar por melhor roteiro) e inúmeros outros sucessos só viraram filmes graças à Black List? Saiba mais sobre essa lista, responsável por mais de 300 filmes e 264 nomeações para Oscar – ganhando 48 estatuetas, sendo 10 dos últimos 20 prêmios de Melhor Roteiro.

Desde o início do novo milênio, o cenário de Hollywood passa por uma crise de diversidade. Prova disto é o excesso de franquias e sequências de filmes blockbuster (com enorme sucesso de bilheteria) sendo produzidos ano após ano. Claro que alguns fatores foram culminando para que isso acontecesse: visibilidade financeira pelas produtoras na hora de financiar um filme, falta de criatividade e medo de arriscar levaram Hollywood a apostar cada vez mais em reboots, continuações e “universos compartilhados”.

Exemplos que comprovam essa falta de diversidade não faltam: dezenas e dezenas de filmes de heróis, o ressurgimento da saga de Star Wars, do universo de Harry Potter, sem mencionar quantos Transformers e Velozes e Furiosos ainda poderão ser feitos.

Assim, insatisfeito com a qualidade dos enredos e com a forma genérica que os longas eram realizados, um executivo de cinema americano resolveu criar um banco de dados de armazenamento de roteiros.

Como foi criada a Black List

Tudo começou como uma pesquisa. Em 2005, Franklin Leonard, até então executivo da produtora Appian Way (responsável pelo filme “O Regresso”), entrevistou cerca de 100 executivos de cinema e perguntou qual o melhor roteiro daquele ano que não foi produzido. Leonard classificou os roteiros pelo número de menções e compilou os melhores. Quando foi divulgada, a lista inicialmente anônima circulou rapidamente e virou sucesso instantâneo.

Desde então, o número de eleitores no grupo cresceu e hoje já conta com mais de 300 executivos que sugerem, votam e nomeiam os seus scripts preferidos da Blacklist.

Franklin Leonard - Black List: uma lista de roteiros que vem alterando padrões em Hollywood
Franklin Leonard, criador da Black List

Centenas de bons roteiros são escritos anualmente, porém muitos escritores não conseguem que seus textos sejam lidos pelos estúdios. Embora a ideia da Black List tenha sido abrir portas para ideias diferentes em Hollywood, Leonard notou que roteiristas desconhecidos e sem contatos com grandes estúdios ou produtoras continuavam sendo ignorados, então decidiu inovar mais uma vez.

Em 2012, Leonard criou um serviço de feedback crítico que permite que roteiristas do mundo inteiro exponham seus scripts. O site funciona como um facilitador do contato entre roteiristas amadores e profissionais da indústria. Eles fazem um ranking em tempo real dos melhores roteiros no site, separando-os por categorias como gêneros, e até mesmo notas que os avaliadores concedem.

Para participar, é preciso pagar uma bagatela de 25 dólares mensalmente para manter seu login, além de US$ 50,00 para pilotos com menos de 30 minutos e US$ 75,00 por cada script que ultrapasse 60 minutos.

Se ficou interessado em mostrar seu roteiro para especialistas da área e, quem sabe, ver o seu script na tela grande, acesse o site por aqui.

Qualidade que impressiona

Hoje, a Blacklist é considerada um dos termômetros mais eficazes para prever os próximos destaques do cinema. Mais de 300 roteiros da lista já foram produzidos, rendendo aproximadamente US$ 26 bilhões em bilheteria mundial e 264 nomeações para o Oscar, ganhando 48, incluindo dez dos últimos vinte prêmios de Melhor Roteiro.

Para se ter uma ideia, somente a lista de 2005, resultou nos filmes “Juno”, “Babel”, “Diamante de Sangue”, “Hancock”, “A Procura da Felicidade” e “Zodíaco”.

Filmes Black List - Black List: uma lista de roteiros que vem alterando padrões em Hollywood
Alguns dos filmes cujo roteiro inicial foi selecionado na Black List

Da lista de 2016, alguns roteiros já foram comprados e estão em fase de produção. Este é o caso de “Blonde Ambition“, melhor colocado da última lista, que foi comprado pela Universal Studios. O longa contará a história da cantora Madonna logo no início de sua carreira e focará em sua luta contra a indústria machista, ao mesmo tempo em que lida com a conturbada vida amorosa e os primeiros efeitos da fama.

A lista é sempre lançada ao final do ano, então espere por dezembro para conhecer os novos roteiros melhores classificados da Black List 2017.

Comentários do Facebook

Receba Notícias por E-mail:

Share via