Conecte-se conosco
Furacão

Ciência e Tecnologia

Afinal, dá para jogar uma bomba nuclear num furacão?

Algumas pessoas realmente acreditam que jogar uma bomba nuclear num furacão poderia “resolver” o problema, mas nada é tão simples assim

IRMA - Afinal, dá para jogar uma bomba nuclear num furacão?

Imagem de 10 de setembro, quando o furacão Irma atinge a Flórida. No canto esquerdo, o furacão José.
(Créditos: NASA/NOAA GOES PROJECT)

As devastações do furacão Irma uma área enorme do território do continente americano. Com isso, muitas pessoas se perguntam: “Por que não podemos jogar uma bomba nuclear no furacão e explodir ele?” A National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA), que ouviu essa indagação, explica que não é bem assim.

Durante cada temporada de furacões, surgem sugestões como essa de que alguém poderia simplesmente usar armas nucleares para destruir as tempestades“, diz a sessão de FAQs da NOAA. “Tirando o fato que isso não pode nem afetar a tempestade, essa ideia negligencia o problema que a radioatividade que restaria da explosão iria cair rapidamente para as áreas afetadas pelo furacão, causando efeitos ainda mais devastadores no meio ambiente. Sem falar que isso é uma péssima ideia.

Portanto, se um furacão causado apenas por fatores naturais já causa um estrago tremendo, um furacão radioativo pode elevar as proporções a níveis inimagináveis. Mas, de acordo com os cientistas da NOAA, o cenário causado por tentar explodir o Irma com uma bomba nuclear poderia ser ainda pior, mesmo para os Estados Unidos, país que já explora esse campo de estudo desde os anos 40.

irma - Afinal, dá para jogar uma bomba nuclear num furacão?

O furacão deixou um rastro de destruição pelo Caribe

Um tornado comum possui quantidades ridiculamente enormes de energia, em torno de 1.5 trilhão de joules de rotações por segundo, o que não é nada comparado aos 600 trilhões de joules que eles liberam durante as tempestades. Se ele continuasse por 24 horas, a energia liberada seria em torno de 824,914 pequenas bombas nucleares.

De acordo com os cálculos da NOAA, os furacões conseguem imitar “a liberação de calor equivalente a uma bomba nuclear de 10 megatons explodindo a cada 20 minutos.” Ou seja: a destruição causada pelo furacão Irma não seria em nada comparada à que o furacão causaria se fosse irradiado com tanta energia nuclear liberada pela bomba na tentativa de explosão da tempestade.

irma2 - Afinal, dá para jogar uma bomba nuclear num furacão?

O fenômeno natural Irma

O furacão de categoria 5, considerado o mais poderoso que já passou pelo Atlântico, deixou um rastro de destruição pelo Caribe e depois avançou pela Flórida, nos Estados Unidos, onde chegou pouco tempo depois.

Com ventos de até 295km/hora, o furacão deixou o sul dos EUA em alerta, fazendo milhares de pessoas evacuarem suas casas e limparem as prateleiras dos supermercados de modo a acumularem muitos suprimentos.

Em meio a tanto devastação, alguns tentam rir para não chorar, como é o caso de um professor estadunidense que, ao explicar sobre o furacão para sua sala, usou a forma da tempestade para desenhar o Rick, de Rick e Morty, numa alusão ao episódio em que o cientista se transforma em um pickles.

So my teacher tried to lighten the mood about the hurricane 1 - Afinal, dá para jogar uma bomba nuclear num furacão?

“Então meu professor tentou melhorar o humor de todo mundo a respeito do furacão”

Continue lendo
Advertisement

Jornalista e fotógrafa. Passo a maior parte do tempo lendo, escutando música, fazendo playlists, vendo um filme ou maratonando alguma série.

Comentários
Subir