China informa 1º caso de gripe aviária h3n8 em humanos

China confirma 1º caso de gripe aviária H3N8 em humanos

Avatar of lucas gomes
Garoto de 4 anos é o primeiro caso registrado da gripe aviária H3N8, na província central de Henan, na China. Nível de transmissão é baixo, e autoridades descartam risco de endemia

Mal conseguimos as vacinas contra a COVID-19 e já estamos enfrentando outra doença respiratória — pelo menos até o momento se trata de um caso isolado. O primeiro caso humano de gripe aviária H3N8 foi registrado na China, e as autoridades locais afirmam que o nível de transmissão é baixa.

Variante H3N8 em humanos

O anúncio do primeiro humano infectado pela gripe aviária H3N8 foi realizado nessa última terça-feira (26) pelas autoridades sanitárias da China. Junto ao comunicado ainda foi transmitida a informação de que os riscos de contágio para outras pessoas são baixos.

China informa 1º caso de gripe aviária h3n8 em humanos
Infelizmente essas variantes na China são mais comuns do que imaginamos. Reprodução: Reuters

O paciente zero é um garoto de 4 anos de idade residente da província central de Henan, que apresentou apenas sintomas de febre no dia 5 de abril. Até o momento nenhum contato próximo ao paciente foi infectado pelo vírus, de acordo com a Comissão Nacional de Saúde. Houve contato de corvos e frangos que são criados na casa da criança, e essa seria a provável origem.

Outras variantes

A gripe aviária H3N8 é uma variante da doença que já havia sido detectada em outros animais como cachorros, cavalos, focas e pássaros, em diversas partes do mundo, mas este é o primeiro caso em que um humano foi infectado. A comissão avaliou que o estado não é alarmante para contágio, uma vez que essa variante não tem capacidade de infectar efetivamente humanos, diminuindo os riscos de uma possível epidemia — quando há número de infecções generalizadas regionalmente.

Reprodução: livekindly
Reprodução: Livekindly

A China é comumente conhecida por ter muitos casos de gripe aviária principalmente pela criação de aves para seu consumo. No ano passado, o país asiático também fez o primeiro relato de um humano infectado pela variante H10N3, que não causou maiores problemas de saúde pública

Veja também

O principal sintoma pós-COVID é o cansaço. Você sabe como lidar com ele?

Fonte: CNet.

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
11
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados