Screenshot 20200331 195754 snapseed

Google paga salários baixos a funcionários terceirizados e caso é levado às autoridades

Avatar of bruno martinez
Segundo o The Guardian, empresa não pagar corretamente os salários de trabalhadores temporários já há dois anos

Em mais um escândalo envolvendo o nome da empresa, Google paga salários baixos a funcionários em prática antiética e vem escondendo isso há anos. Os trabalhadores dos centros da Ásia e da Europa foram os principais prejudicados. As informações são do jornal britânico The Guardian.

Google e os salários irregulares

Segundo o site, executivos do Google estão cientes desde 2019 que estavam acontecendo irregularidades com o pagamento de funcionários e com o não cumprimento das leis locais do Reino Unido, da Ásia e da Europa. Os profissionais temporários trabalham tanto quanto aqueles com expediente em tempo integral. O jornal The Guardian teve acesso a e-mails e documentos internos da companhia como prova.

Dados expostos por um memorando interno, relacionados a fevereiro deste ano, mostraram que os trabalhadores receberam de 12% a 50% a menos do que deveriam nas regiões citadas. Um cidadão denunciou a empresa em uma queixa à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos sob a justificativa de que, com esse caso, o Google estaria omitindo os pagamentos irregulares aos seus contratados.

De fato, nos últimos dois anos, o Google escolheu se ausentar de uma decisão que resolvesse tal atitude e continuou exigindo o mesmo trabalho para seus contratados, visando o menor custo. Mesmo assim, o The Guardian diz que o Google sabia que a ação poderia colocá-lo “em uma posição difícil, legal e eticamente”.

Google paga salários baixos a funcionários terceirizados e caso é levado às autoridades
Escândalo do Google expõe pagamentos de salário inadequados há pelo menos dois anos para trabalhadores temporários.

Ciente do caso, o Google ainda tentou justificar o acontecido. “Embora a equipe não tenha aumentado as taxas de referência de comparação por alguns anos, as taxas de pagamento reais para funcionários temporários aumentaram várias vezes nesse período”, disse Spyro Karetsos, diretor de conformidade do Google, em um comunicado para o The Guardian.

O representante afirmou ainda que a companhia está fazendo uma revisão de práticas de compliance e valores para descobrir o que deu errado e como resolver a situação indelicada. Por outro lado, este foi o único anúncio acerca do escândalo. Com um histórico de altos e baixos, ter seu nome lançado na justiça é bem prejudicial à imagem do Google. E, claro, os maiores afetados são aqueles que já estão padecendo dos salários incompletos há tempos. Até o momento, é aguardado os próximos acontecimentos deste tópico.

Veja também

Acesse também outras notícias relacionadas no Showmetech. Veja a reação do Facebook, Twitter e Google após o anúncio da Medida Provisória do governo que muda regras do uso de internet no Brasil.

Fonte: The Guardian

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados