Início » TUTORIAIS » Celular roubado: saiba como bloquear com CPF, IMEI ou Número da Linha
Android Blackberry Firefox OS iOS MOBILE Symbian Tizen TUTORIAIS Windows Phone

Celular roubado: saiba como bloquear com CPF, IMEI ou Número da Linha

celular roubado
Celular roubado agora vai ser mais fácil de ser bloqueado pelo dono.
Saiba como bloquear um smartphone, tablet ou celular roubado, usando o CPF, número da linha ou o código IMEI do aparelho, junto às operadoras Claro, Vivo, Oi, TIM, Nextel e outras.
destaque 348360 celulares 720x377 - Celular roubado: saiba como bloquear com CPF, IMEI ou Número da Linha
Celular roubado agora vai ser mais fácil de ser bloqueado pelo dono.

Na semana passada (8), a Anatel anunciou uma série de medidas para combater o comércio de celulares e smartphones roubados no Brasil. As medidas se tornaram necessárias devido ao aumento do mercado de venda de aparelhos roubados. O presidente da Anatel, João Rezende, afirmou que “O intuito é tirar a atratividade do produto roubado”. Já para José Bicalho superintendente de Planejamento e Regulamentação da Anatel, um dos principais responsáveis pela criação das medidas , “o roubo de celulares está virando uma indústria no país”.

Como bloquear um celular com linha telefônica

O usuário que quiser bloquear um celular perdido ou roubado, agora poderá fazer o pedido diretamente à operadora mesmo que não possua o número do IMEI (International Mobile Equipment Identify, sigla em inglês), que é o conhecido número de identificação único do aparelho.

No passado, era recomendado que o dono do aparelho anotasse consigo o número IMEI, que possui 15 dígitos, tão logo saísse da loja. Assim, caso fosse roubado, seria possível pedir o bloqueio do aparelho junto à operadora. Este bloqueio, em teoria, impede que o celular seja ativado novamente, em qualquer operadora, já que todas elas (Claro, TIM, Oi, Vivo, Nextel, etccompartilham a mesma base de dados de dispositivos roubados na Anatel.

Com as novas medidas, dispensa-se a necessidade de informar o número IMEI. O usuário poderá informar, em seu lugar, dados como o CPF e o número da linha para efetuar o bloqueio, o que facilita muito o processo. Em alguns estados como a Bahia, Ceará e o Espírito Santo, já é possível efetuar o bloqueio diretamente na delegacia ao registrar o B.O. (boletim de ocorrência). A Anatel está buscando parcerias com as Secretárias de Segurança Pública para aplicar o mesmo procedimento em estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás e Mato Grosso.

E se o celular roubado não tiver sido ativado com nenhuma linha?

Outra grande mudança foi a possibilidade de empresas e transportadoras que tiveram suas cargas roubadas solicitarem o bloqueio dos aparelhos, feito ainda pelo IMEI, visto que estes modelos roubados não possuem linha ativa. A grande mudança, porém, está no fato de que agora o processo será automatizado. Desta forma, os aparelhos não chegarão ao mercado desbloqueados. 

Abaixo a coletiva de imprensa na íntegra:

Caso você queria saber o número IMEI do seu aparelho, digite o código *#06# na tela, ou verifique a caixa em que ele veio. E,  se você quiser saber se o aparelho que está comprando foi perdido ou roubado, acesse o site www.consultaaparelhoimpedido.com.br.

Comentários do Facebook