Celulares bons e baratos para comprar em 2022

Celulares bons e baratos para comprar em 2022

Avatar of otávio queiroz
Precisa de um smartphone novo, mas não pretende gastar muito? Confira a nossa seleção de celulares bons e baratos para comprar em 2022!

Achar um celular bom e barato em 2022 não é uma tarefa nada fácil, não é mesmo? Com o aumento do dólar e a crise econômica, os preços dos smartphones subiram consideravelmente e, por isso, é necessário muita pesquisa antes de adquirir um novo modelo para chamar de seu. Mas se você precisa de um celular bom e barato para comprar ainda este ano, não desanime! Pensando em você que não está podendo gastar muito, montamos um guia de compras especial com celulares bons e baratos que custam entre R$ 1 mil e R$ 2 mil.

Dicas na hora de comprar

Antes de apresentarmos as indicações de aparelhos, é importante ressaltar que smartphones de entrada e até mesmo alguns intermediários não são referências quando o assunto é qualidade de câmera e processamento. Por isso, se você busca um celular voltado para jogos mais pesados ou para fotos, por exemplo, o ideal é partir para aparelhos com melhores configurações e também um pouco mais caros.

No entanto, isso não quer dizer que os aparelhos desta categoria sejam ruins. Para quem busca apenas um modelo para acessar aplicativos comuns do cotidiano, como apps de redes sociais e ver vídeos, celulares mais básicos podem ser excelentes em custo-benefício sim. Tudo depende apenas do seu estilo de uso.

Celulares bons e baratos para comprar em 2022
Buscar reviews em vídeos no YouTube e sites especializados são boas alternativas na hora de comprar um novo smartphone (Reprodução/Internet)

E para escolher a melhor opção para você, é importante ficar de olho em certas características do aparelho, como a capacidade de memória RAM, armazenamento interno, o processador utilizado pelo modelo, além da autonomia da bateria e qualidade da tela. Os recursos presentes no software do celular também podem fazer toda a diferença na experiência do usuário.

Uma dica legal é buscar por vídeos no YouTube e reviews em sites especializados em tecnologia. No Showmetech, por exemplo, há diversas análises de modelos de smartphones, desde opções mais básicas até tops de linha. Dito isso, vamos partir para a nossa lista!

Galaxy M22

Galaxy m22
O Galaxy M22 traz uma tela Super AMOLED de 6,4 polegadas com resolução HD+ e taxa de 90 Hz (Reprodução/Internet)

O Galaxy M22 traz uma tela Super AMOLED de 6,4 polegadas com resolução HD+ e taxa de 90 Hz. O desempenho fica por conta da plataforma Helio G80 da MediaTek aliada a 4 GB de RAM. A bateria de 5.000 mAh rende muito bem e está entre os melhores intermediários acessíveis disponíveis no mercado nacional. Ele conta com 128 GB de armazenamento interno, o que é um bom espaço para baixar os seus aplicativos e arquivos pessoais.

Nas Americanas, o Galaxy M22 é vendido por R$ 1.289.

Galaxy A32

O Galaxy A32 é um smartphone da Samsung com características básicas, ideal para quem procura um aparelho simples para rodar apps do dia a dia. Ainda assim, o modelo se destaca por trazer bons recursos para essa faixa de preço, como uma tela Super AMOLED de 6,4 polegadas, resolução Full HD+ e taxa de atualização de 90 Hz.

Galaxy a32
Câmera frontal do A32 traz 20 MP para as selfies (Reprodução/Internet)

O A32 vem com processador MediaTek Helios G80, um intermediário com oito núcleos e velocidade máxima de 2 GHz. O chipset trabalha com 4 GB de memória RAM, quantidade suficiente para executar os principais aplicativos de redes sociais e até alguns jogos mais leves. O conjunto fotográfico do A32 conta com quatro lentes. A principal tem 64 MP, enquanto a ultra wide disponibiliza um sensor de 8 MP e abertura focal de f/2.2. Os outros dois sensores, macro e de profundidade, reservam 5 MP para os registros. A câmera frontal, por sua vez, traz 20 MP para as selfies.

Com Android 11 e armazenamento interno de 128 GB, o Galaxy A32 é vendido no Magazine Luiza por R$ 1.350.

Moto G31

O Moto G31 veio para substituir o Moto G30. O modelo foi lançado pela Motorola no Brasil em dezembro de 2021, junto com o Moto G200. Entre os destaques do smartphone estão a sua tela de 6,4 polegadas, com tecnologia OLED e resolução Full HD+, além da bateria de 5.000 mAh e câmera principal de 50 MP. Além da tela de alta qualidade para assistir a vídeos e filmes, o modelo traz um design que chama e muito a atenção pela sua boa qualidade de acabamento.

Moto g31
Moto G31 traz o processador Helio G85 da MediaTek, um octa-core que chega a 2,0 GHz (Reprodução/Internet)

O Moto G31 traz o processador Helio G85 da MediaTek, um octa-core que chega a 2,0 GHz de velocidade e embarca a tecnologia HyperEngine, que promete respostas muito rápidas em tarefas como assistir a filmes, tirar fotos ou usar as redes sociais, segundo a fabricante. O celular da Motorola possui ainda 128 GB de memória interna, que pode ser expandida até 1 TB. Outro destaque é a sua memória RAM de 4 GB, que deve garantir um bom desempenho na maioria dos aplicativos da Play Store.

O Moto G31 conta com uma bateria de 5.000 mAh de potência, que garante longa duração fora da tomada, além de chegar de fábrica com o Android 11. No site do Magazine Luiza, o modelo é vendido por R$ R$ 1.349.

realme 9i

O realme 9i é o mais novo lançamento da fabricante chinesa realme no Brasil. O aparelho chega com a memória RAM de 6 GB com a possibilidade de alcançar 11 GB por meio de expansão virtual da capacidade. A tela de 6,6 polegadas traz taxa de atualização de tela de 90 Hz e resolução Full HD+. Já o seu processador é o Snapdragon 680, que entrega bom desempenho para a categoria através da sua arquitetura de 6 nanômetros.

Realme 9i
O realme 9i é alimentado por uma bateria de 5.000 mAh, suficiente para oferecer um dia longe da tomada (Reprodução/Internet)

No conjunto de câmeras, além do sensor principal de generosos 50 MP, o smartphone traz também uma câmera macro de 2 MP e sensor de profundidade de 2 MP. Na frontal, a lente de 16 MP consegue entregar boas fotos em ambientes bem iluminados. O realme 9i é alimentado por uma bateria de 5.000 mAh, suficiente para oferecer um dia longe da tomada. O modelo da fabricante chinesa também chega com o Android 11, com promessas de atualização para o Android 12 ainda em 2022.

Nas Americanas, o modelo com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento é encontrado a partir de R$ 1.650.

Redmi Note 10

O Redmi Note 10 da Xiaomi é um celular intermediário que chegou ao Brasil com a missão de manter o sucesso dos seus antecessores, que ficaram conhecidos pelo bom custo-benefício. Com uma tela AMOLED de 6,43 polegadas e resolução Full HD+, o aparelho garante imagens de alta qualidade, cores vivas e com alto contraste.

Redmi note 10
Note 10 traz um bom desempenho e consegue rodar alguns jogos com eficiência (Reprodução/Internet)

Com o processador Snapdragon 678 e opções com 4 ou 6 GB de memória RAM, o Note 10 traz um bom desempenho e consegue rodar alguns jogos com eficiência. O modelo ainda oferece opções de 64 ou 128 GB de armazenamento interno com possibilidade de expansão em até 512 GB via cartão microSD. Na traseira, o smartphone tem câmera quádrupla. O sensor principal vem com 48 MP e a lente ultra-wide tem sensor de 8 MP. A câmera macro é de 2 MP, assim como a teleobjetiva. Já o seu sensor frontal é de 13 MP, com lente de abertura f/2.45.

Outros pontos positivos do Redmi Note 10 é o conjunto de áudio estéreo, a sua bateria de 5.000 mAh, além do suporte a carregamento rápido, promete carregar o smartphone completamente em cerca de 1 hora.

Na Amazon, o modelo com 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento pode ser encontrado por R$ 1.599.

Galaxy A22

Lançado em julho de 2021, o Galaxy A22 da Samsung é um modelo intermediário que conta com bons recursos. Entre eles está o sistema de pagamento por aproximação Samsung Pay. O A22 também traz uma tela grande de 6,4 polegadas, com display infinito e resolução HD+. O display tem ainda tecnologia Super AMOLED, com brilho de 600 nits, que garante grande clareza e alta nitidez.

Galaxy a22
Se destaca no conjunto de câmeras do A22 o sensor principal de 48 megapixels, com estabilização de imagem (Reprodução/Internet)

Em relação ao desempenho, ele entrega o que promete um intermediário, rodando uma boa parte dos aplicativos da Play Store, até em multitarefas, sendo um celular custo-benefício. O A22 embarca o chip Helio G80, um processador de oito núcleos com velocidade máxima de até 2.0 GHz que trabalha juntamente aos 4 GB de RAM. Seu armazenamento de 128 GB deve ser suficiente para armazenar todos os seus arquivos e aplicativos, mas caso você precise de mais, é possível aumentar para até 1 TB via microSD.

Se destaca no conjunto de câmeras do A22 o sensor principal de 48 megapixels, com estabilização de imagem. Já o segundo sensor, de 8 MP, é um ultra-wide, ideal para fotos de ângulos abertos, como paisagens ou imagens de grandes grupos. O aparelho tem ainda dois sensores de 2 MP: um macro, para fotos com o foco próximo a lente, e outro de profundidade, usado para fazer o recorte do modo retrato.

Com uma bateria de 5 mil mAh e Android 11 de fábrica, o Galaxy A22 é vendido por R$ 1.499 nas Americanas.

Moto G50

O Moto G50 é um celular intermediário da Motorola que chama atenção por sua compatibilidade com a internet 5G. Outros destaques do aparelho são o seu conjunto traseiro de três câmeras, a grande bateria de 5.000 mAh e a tela com taxa de atualização de 90 Hz. Ainda em relação à tela, o Moto G50 5G traz um painel IPS LCD de 6,5 polegadas, com tecnologia Max Vision e resolução HD+.

Moto g50
O Moto G50 5G conta com um conjunto traseiro de três câmeras, sendo o sensor principal de 48 MP (Reprodução/Internet)

Por dentro, o modelo da Motorola traz o processador Dimensity 700 da MediaTek, 4 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento, que podem ser expandidos para até 512 GB, via cartão microSD. O Moto G50 5G também conta com um conjunto traseiro de três câmeras, sendo o sensor principal de 48 MP, e as lentes macro e de profundidade de 2 MP. Já a sua câmera frontal tem resolução de 13 MP, que, além de fazer fotos, filma em Full HD a 30 fps.

Nas Americanas, o Moto G50 é vendido por R$ R$ 1.619,10.

Galaxy A52

Nós começamos a nossa lista com o Galaxy A52, modelo intermediário premium da Samsung que é uma excelente opção para quem busca um smartphone moderno e com boa ficha técnica, mas não deseja gastar tanto quanto um modelo da linha S. Adotando um visual moderno, semelhante ao de modelos da família Galaxy S da Samsung, o aparelho tem construção feita em plástico e conta com proteção IP67 contra água e poeira.

Galaxy a52
Galaxy A52 uma excelente opção para quem busca um smartphone moderno e com boa ficha técnica (Reprodução/Internet)

Sua tela tem 6,5 polegadas, resolução Full HD+ e usa a tecnologia Super AMOLED, que deixa as cores ainda mais vívidas, melhora o brilho e contraste de tudo o que é exibido. O aparelho usa o processador Snapdragon 720G e tem 6 GB de memória RAM, configuração que traz um bom desempenho para a maioria das tarefas. Seu armazenamento interno é de 128 GB, mas é possível aumentar o espaço usando um cartão de memória.

Esse modelo adota ainda um conjunto quádruplo de câmeras na parte traseira. A principal tem 64 MP, enquanto a secundária possui 12 MP e lente ultra-wide. As outras duas possuem 2 MP cada. Na parte frontal, a câmera é de 32 MP e possui recurso HDR, para selfies mais bonitas.

Chegando com o Android 11, o A52 que ainda possui bateria de 4.500 mAh, pode ser encontrado a partir de R$ 1.709 no Submarino.

POCO M3

Para quem busca uma boa autonomia de bateria, o POCO M3 é uma excelente opção. Com seus 6 mil mAh, o modelo da Xiaomi aguenta até três dias longe da tomada com uso moderado. Com tela de 6,53 polegadas e resolução Full HD+, ele tem tamanho e qualidade bons o suficiente para quem deseja consumir qualquer tipo de conteúdo, desde filmes e séries a jogos.

Poço m3
Com seus 6 mil mAh, o POCO M3 da Xiaomi aguenta até três dias longe da tomada com uso moderado (Reprodução/Internet)

Na parte de dentro, o POCO M3 consegue entregar um ótimo conjunto para quem busca um intermediário competente. Para isso, ele conta com um processador Snapdragon 662 e 4 GB de RAM. Para o armazenamento interno é possível escolher entre 64 GB ou 128 GB. O conjunto triplo de câmeras traz um sensor principal de 48 MP, que consegue entregar bons resultados para essa faixa de preço.

Nas Americanas, o POCO M3 de 128 GB é encontrado por R$ 1.750.

moto g20

O moto g20 da Motorola é outro intermediário de entrada interessante para quem quer um bom aparelho sem abrir mão da economia. Ele é vendido em duas versões de armazenamento interno: uma com 64 GB e outra de 128 GB; em ambos os casos o Moto G20 tem slot para cartão de memória. Ele embarca o processador Spreadtrum T700, que não é produzido por uma empresa tão conhecida. Ele tem oito núcleos e atinge velocidade de até 1,8 GHz. O aparelho da Motorola ainda conta com 4 GB de memória RAM e sai de fábrica com o Android 11.

Moto g20
moto g20 é outro celular bom e barato de entrada para quem quer um bom aparelho sem abrir mão da economia (Reprodução/Internet)

O G20 vem com um conjunto traseiro de quatro câmeras. O principal sensor traz suporte a tecnologia quad-pixel, que une quatro pixel em apenas um, e tem resolução de 48 MP. Ele conta ainda com um ultra-wide de 8 MP, ideal para fotos de ângulos mais abertos, e mais dois de 2 MP. Já a sua câmera de selfies é a mesma utilizada no Moto G30 e conta com 13 MP de resolução.

A bateria do moto g20 conta com potência de 5.000 mAh, porém tem suporte a carregamento de apenas 10W, inferior a outros modelos da mesma faixa de preço. Com um excelente custo-benefício, nas Americanas, o modelo com 128 GB de armazenamento sai por R$ 1.764,89.

Veja também:

Gostou do nosso guia de compras com celulares bons e baratos para comprar ainda este ano? Confira também a nossa seleção com os melhores monitores 4K, QHD e Full HD para comprar em 2022.

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados