CEO da Nokia confirma que a empresa voltará a produzir smartphones

Em entrevista à uma revista alemã, o CEO da Nokia, Rajeev Suri confirmou que a empresa está se preparando para voltar a produzir smartphones

Nokia Espoo

A Nokia, líder absoluta no mercado de telefonia móvel por décadas, teve sua divisão de smartphones totalmente dissolvida pela Microsoft há dois anos. Considerada uma potência intocável e sempre na vanguarda da inovação, nunca foi abalada por concorrentes, até a chegada do iPhone em 2007.

A partir dali a Nokia começou a cometer erros em cadeia e se transformou numa “plataforma em chamas”, nas palavras de Stephen Elop, ex-CEO da Nokia e responsável pela venda da companhia para a Microsoft.

Mesmo sem produzir smartphones, a companhia vai muito bem nos outros setores que atua. O HERE Maps é a suíte de aplicativos de navegação padrão dos aparelhos da Samsung e está cada vez mais sendo usado por montadoras de automóveis e já tem 80% do mercado de sistemas de navegação embarcado.

Mas todo fã da finlandesa quer ver a sua volta ao mercado de smartphones e ano passado com o lançamento do Nokia N1, um tablet com Android 5.0 Lollipop, na Europa e China acendeu uma pontinha de esperança de que a companhia voltaria a fabricar smartphones, mas o acordo com a Microsoft prevê que a companhia não pode usar seu nome em smartphones até 2016. Com a data se aproximando os rumores foram confirmados pelo próprio CEO da empresa, o indiano Rajeev Suri, em entrevista à  revista alemã Gerente Magazin.

Rajeev Suri, CEO da Nokia
Rajeev Suri, CEO da Nokia

Suri afirmou que a Nokia está em busca de parceiros adequados para voltar a fabricar smartphones, da mesma forma que fizeram com o tablet N1, que foi projetado por eles e produzido pela taiwanesa Foxconn. A Nokia irá desenvolver o produto e licenciar sua marca para algum fabricante e deve lançar algo no mercado em 2017.

Será que finalmente teremos smartphones Android com o nome Nokia? E você daria uma segunda chance à finlandesa? Deixe sua opinião nos comentários.

3 Comentários

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta

  • Se a NOKIA não tivesse sido tão estúpida ao ponto de zombar das outras fabricantes, dizendo que estavam fazendo xixi nas calças pra se aquecer no inverno (por estarem usando o Android) e tivesse feito como elas, a NOKIA ainda existiria.
    Eu compraria um Lumia 1020 rodando Android.
    Resumindo, quem mijou nas calças está ai até hoje, a SAMSUNG que mijou mais virou líder mundial em volume de vendas de smartphones (local da NOKIA durante muito tempo).
    Hoje a Nokia ta na sarjeta, acordando com os cachorro lambendo a boca dela.
    Tomara que tenha aprendido a lição, porque além dos concorrentes anteriores a NOKIA terá que concorrer com a Microsoft tbm se quiser ter lugar no mundo mobile novamente.

    • Infelizmente ao chegar no topo muitas empresas acabam ficando cegas, como foi a Kodak, quem um dia pôde imaginar que a Kodad iria falir!? A Palm! BlackBerry, Nokia, a rede de aluguel de filmes Blockbuster, que foi engolida pela Netflix e os novos formatos de mídia. Enfim, são vários exemplos de empresas que por estarem no topo acham que podem ficar lá até a morte. A Samsung que se cuide pois ela é a próxima a começar a cair.