China lança app que detecta se você está próximo de alguém com coronavírus

china coronavírus
Plataforma usa outros aplicativos populares na China para detecta se você está próximo de alguém com suspeita do novo coronavírus

A China vem unindo forças para conter o novo coronavírus (COVID-19) no país. Na semana passada, o governo lançou um aplicativo que alerta quando você está próximo de alguém contaminado ou com suspeita de infecção pelo vírus. 

Chamado de “detector de contato próximo”, o aplicativo opera através de outras aplicações populares na China, como o Alipay, WeChat, Weibo e QQ. A plataforma foi desenvolvida por três órgãos diferentes: o CETC (China Electronics Technology Group Corporations), pelo Escritório Geral do Conselho de Estado e a Comissão Nacional de Saúde. 

Como funciona 

china coronavírus
Batizado de “detector de contato próximo”, novo aplicativo desenvolvido pela China alerta se você está próximo de alguém com suspeita do novo coronavírus

Para alertar se uma pessoa próxima pode estar infectada com o novo coronavírus, o detector de contato próximo chinês utiliza uma grande quantidade de dados sobre pessoas. Segundo comunicado do governo da China, o CETC recebeu apoio de diversos órgãos para obter dados confiáveis e precisos. Além das entidades mencionadas anteriormente, houve apoio do Ministério dos Transportes, Administração de Aviação Civil, dentre outros.

Para usar o detector, o cidadão precisa escanear um QR Code nos aplicativos locais (Alipay, WeChat, Weibo e QQ). Em seguida, é solicitado o preenchimento de alguns dados pessoais (nome, número de telefone e identidade). Feito isso, podemos dizer que o usuário passa a ser monitorado, com o objetivo de evitar contaminação pelo novo coronavírus por outros cidadãos. 

coronavírus china
Para identificar alguém com suspeita de coronavírus, o aplicativo contou com o apoio de vários órgãos

O aplicativo passa a mapear pessoas que possivelmente estejam infectadas. Caso seja detectado que o usuário esteve próximo de alguém com o coronavírus, a própria plataforma gera um alerta para que você se dirija até sua casa e procure imediatamente as autoridades de saúde. 

O “detector de contato próximo” detém uma lista de chineses suspeitos por infeção. O recurso considera, por exemplo, colegas de escola, trabalho e familiares. Ou seja, são lugares com aglomeração e que há grandes chances de contaminação. 

pessoas na China
China é conhecida por monitorar seus cidadãos

De fato, o novo aplicativo vai ajudar o governo chinês no controle e combate do coronavírus. A plataforma, porém, é mais um meio para que as autoridades locais possam monitorar seus cidadãos.

Apesar da polêmica em torno disso, especialistas defendem que a novidade contra o vírus é bem-vinda. Carolyn Bigg, advogada de tecnologia, em entrevista à BBC diz que “na China e em toda Ásia, os dados não são vistos como algo a ser bloqueado, é algo que pode ser usado, desde que feito de forma transparente e com consentimento”.

Fonte: Interesting Engineering.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter