Cientistas aprovam uma nova forma para medir o quilograma

25242357898 618aeaeed9 k 990x660 - Cientistas aprovam uma nova forma para medir o quilograma
A decisão não muda em nada no dia a dia das pessoas, mas tem impacto no mundo da ciência

Muitas pessoas não sabem, mas existe um Protótipo Internacional do Quilograma (IPK) que serve principalmente para calibrar os padrões oficiais da unidade de massa no geral.

Ou seja, ele tem o peso exato de 1 kg e é utilizado como base para a medição da unidade de massa. Porém, o cilindro de platino-irídio será aposentado uma vez que os Estado membros da 26ª Conferência Geral de Pesos e Medidas votaram em mudar a forma como se é medida a unidade de massa.

A partir de agora ele valor não será obtido utilizando-se o protótipo e sim através de um valor derivado de uma constante da natureza. Um valor imutável.

Por que mudar?

É importante primeiramente ressaltar que essa escolha, embora tenha um impacto direto no âmbito científico, não fará diferença no dia a dia das pessoas. Ou seja, no supermercado ainda será possível pesar seus alimentos da mesma forma, sem qualquer mudança.

Isso porque o novo método oferece apenas um modo mais seguro e mais preciso nos mínimos detalhes, coisa que pode ser importante por exemplo ao se fabricar um medicamento, mas não para pesar quantos quilos de carne se está levando para casa.

07193950376016 - Cientistas aprovam uma nova forma para medir o quilograma
Protótipo Internacional do Quilograma

A decisão foi tomada porque o cilindro pode sofrer mudanças devido ao ambiente, ou seja, não é imutável. Por exemplo, ele pode acumular poeira ou até mesmo sofrer perda de pequenas quantidades do seu material no processo de limpeza.

Esses detalhes, mesmo que pequenos, podem variar o peso do protótipo e por isso a medição padrão e geral do quilograma. Isso sem contar que ele ainda é passível de perigo de sofrer alguma deformação, por ser um objeto físico.

A nova medição do quilograma

A solução encontrada foi, assim como aconteceu com a medição da unidade de metro em 1983, foi a de utilizar um valor que é uma constante da natureza, ou seja, que é de fato imutável independente das circunstâncias.

Em relação ao metro essa constante escolhida foi “a distância percorrida pela luz em 1/299.792.458 segundo”. Já em relação ao quilograma, a escolhida foi a constante de Plank.

Essa constante descreve os pacotes de energia que são emitidos na forma de radiação, e antes não era possível levar essa definição à prática, porém agora já temos meios tecnológicos para tal. A constante é medida através de um aparelho chamado de balança de Watt.

062 quilo02 256 720x540 - Cientistas aprovam uma nova forma para medir o quilograma
Na balança de watt, uma força magnética faz o papel dos contrapesos das balanças antigas

Com esse aparelho, é possível realizar o cálculo, e ele que vai servir de base para essa nova medição, já que sua margem de erro é bem menor do que com o protótipo em forma de cilindro utilizado até hoje.

Ainda assim espera-se que em um futuro próximo os cientistas consigam aperfeiçoar essa medição a partir da constante de Plank com ainda mais precisão, melhorando a balança ou até mesmo com um novo aparelho.

José Manuel Bernabé, diretor do Centro Espanhol da Metrologia , afirmou que essa mudança “É a história da ciência sendo feita. Isso será contado nos livros didáticos”.

25242357898 618aeaeed9 k - Cientistas aprovam uma nova forma para medir o quilograma

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe seu comentário:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba Notícias por E-mail:

Share via