Como deixar o WhatsApp mais seguro contra o golpe sofrido por ministros

Como deixar o WhatsApp mais seguro contra o golpe sofrido por ministros 6
Saiba como utilizar as ferramentas do próprio WhatsApp para se manter mais seguro dentro do aplicativo

Um grupo de criminosos conseguiu aplicar um golpe de clonagem para acessar o WhatsApp em diversos números telefônicos, incluindo de autoridades brasileiras como o deputado estadual Adriano Sarney, o ministro da Secretaria do Governo Carlos Marun, o ministro da Casa Civil Eliseu Padilha e o ex-ministro do Desenvolvimento Social e Agrário Osmar Terra.

A Polícia Federal , através de uma operação chamada de Swindle, conseguiu descobrir o golpe e que através dessas clonagens os bandidos conseguiam ter acesso a conta de WhatsApp das vítimas, se passando por eles, e solicitando aos contatos transferências monetárias para contas falsas e de terceiros.

Como se proteger desses tipos de golpes?

Muitas pessoas não sabem, ou não dão atenção a isso, mas o WhatsApp oferece aos usuários diversas ferramentas para aumentar a segurança do uso do aplicativo e se defender contra esses tipos de golpes. Uma das ferramentas mais eficazes é a utilização de senha, disponibilizada desde o ano passado, para transferência de aparelho.

Como deixar o WhatsApp mais seguro contra o golpe sofrido por ministros 7

Essa criação de senha não é obrigatória, por isso, muitas pessoas sequer sabem que é possível fazê-la, mas mesmo assim é um passo importante para que os usuários se mantenham mais seguros e impeçam qualquer tipo de acesso não autorizado.

Como configurar a senha de segurança?

Para proteger seu WhatsApp e definir uma senha de acesso, siga os seguintes passos:

  • Vá em Ajustes (o símbolo com 3 pontinhos na lateral superior direita);
  • Selecione Configurações;
  • Vá em Conta;
  • Selecione a Verificação de duas etapas;
  • Ativar;
  • Escolha uma senha numérica de 6 dígitos;

whatsapp

Essa configuração de senha funciona tanto nos aparelhos Android quanto iOS. Lembrando que isso não significa que toda vez que você abrir o WhatsApp precisará digitar a senha. Na verdade, ela é feita principalmente para ser usada quando é preciso registrar o número em outro telefone, como em caso de trocas por smartphones novos.

Porém, de vez em quando, o aplicativo vai pedir para que você digite a senha ao acessar o aplicativo, mesmo no seu já conhecido smartphone, apenas para garantir que você se lembra dela (e que você é você mesmo).

Vale lembrar também que a escolha da senha deve ser bem feita. Evite colocar datas conhecidas, como a do seu aniversário e aniversário de parentes, ou repetir senhas que você utiliza em outros serviços, como de cartões bancários. Confira nossas dicas para criar senhas infalíveis e evitar esse tipo de problema.

Outras dicas

Existem outras formas para se manter ainda mais protegidos, como tirar a pré-visualização de mensagens nas notificações, ativar o PIN de proteção no SIM para impedir que pessoas possam remover seu SIM e colocar em outros aparelhos para receber o SMS com o código de ativação, ativar as notificações extras de segurança no WhatsApp para saber se o seu contato mudou de telefone (ou foi vítima de um golpe) e, por fim, sempre manter o aplicativo atualizado.

Gostou das dicas? Já utiliza alguma delas? Tem outras estratégias para proteger suas contas no smartphone? Conta pra gente aí nos comentários!

Fonte: TecMundo