Conecte-se conosco
Como escolher um notebook gamer para os jogos atuais

Computadores

Como escolher um notebook gamer para os jogos atuais

O mercado de notebooks gamers está crescendo, mas você precisa estar atento se quiser um, pois é fácil pagar caro por um modelo antigo. Saiba como escolher o seu!

Como escolher um notebook gamer para os jogos atuais

Samsung Odyssey é o primeiro notebook gamer da marca, mostrando que o mercado desses dispositivos tende a aumentar

No mundo do games, preço é um grande dilema. Há quem tenha 1.300 reais para um PlayStation 4, o console mais popular de hoje. Entretanto, existe pessoas que julgam consoles como inferiores e focam nos gráficos, FPS, mods, upgrades de peças e jogos mais baratos. Esses sãos os PC Master Race. Montar um PC gamer pode ser barato, por cerca de R$ 2.000 você consegue um mais poderoso que o PS4, mas se quiser um que rode todos os jogos atuais em qualidade alta, o valor pula para R$ 3.000. Achou caro? Tem como ficar ainda mais.

Os notebooks gamers são outra via. Pessoas que compram esses dispositivos não estão muito ligadas na questão de trocar peças, elas estão mais preocupadas com comodidade e mobilidade. Isso agrega um valor ainda maior, indo a até R$ 27 mil. Entretanto, você pode gastar muito e levar um bote de comprar um notebook com GPU de 2014, o que não é muito viável. Nesse texto iremos te guiar para a compra de um notebook gamer que possa rodar não só League of Legends, mas também os jogos recentes e futuros, como Forza Motorsport 7.

Processador

Os processadores AMD focam em um ótimo custo-benefício, mas sua popularidade não é boa. Se no mundo dos PCs a Intel lidera com uma boa diferença, nos notebooks ela dá um banho na rival. Portanto, vamos falar somente de processadores Intel.

A linha Intel Core é a escolha certa. Nada de Intel Pentium aqui, ok? É necessário prestar atenção nos sufixos dos modelos. Por exemplo, o Intel i5 7300U é diferente do 7300HQ, apesar do mesmo número de série. Enquanto o 7300U é dual-core com 2,6 GHz, o 7300HQ é quad-core com 2,5 GHz. Existe também alguns processadores com sufixo HK, esses são de alta potência com alterações para facilitar o overcloking. A linha U não é feita para jogos, pois seu objetivo é economia de energia e desempenho para atividades gerais.

Intel Core i3

Os processadores i3 são os mais simples da linha. A Intel não recomenda eles para jogos, mais multimídia, porém isso não os dispensa caso queira economizar. Se você optar por um i3, esteja atento que seu notebook não irá durar tantos anos quanto queira para games. A maioria dos jogos AAA desde 2014 não devem rodar bem no alto, mas o i3 tem uma boa serventia caso o foco não seja exatamente gráficos lindos a 60 FPS. No final das contas, seu League of Legends vai rodar muito bem.

Recomendados: Intel Core i3 7100H

Intel Core i5

Esse é o modelo mais popular da Intel. Os i5 são muito versáteis, podem ser usados tranquilamente para jogos e até reprodução de jogos em VR (dependendo da GPU). Com uma i5, o notebook pode rodar games na máxima qualidade em 60 FPS. Games como Rise of the Tomb Raider e Tom Clancy’s Ghost Recon Wildlands esbanjam beleza num Intel Core i5.

Recomendados: Intel Core i5 7300HQ ou 74000HQ

Intel Core i7

Entretanto, quem quer um ótimo desempenho e alta longevidade, escolher um i7 é o ideal. Os preços são muito elevados, mas há a garantia de que seu processador estará por anos e anos acima dos requisitos recomendados de jogos. Estamos na sétima geração de processadores Intel Core, e Doom (2016) pede como recomendado um Intel Core i7-3770, quatro gerações atrás. Portanto, se o seu orçamento couber uma i7, pense melhor se é possível comprar algum notebook com esse modelo.

Recomendados: Intel Core i7 7920HQ, 7820HK, 7820HQ ou 7700HQ

Placa de vídeo

Novamente a AMD tem boas opções de foco em custo-benefício, mas sua oferta para notebooks é baixíssima. Portanto, falaremos somente das GPUs Nvidia. Ainda há quem opte por não querer um notebook com placa de vídeo dedicada, usando a integrada da Intel, mas essa não é uma boa escolha, pois elas são muito limitadas. Sendo assim, apresentaremos as placas Nvidia GeForce GTX para notebooks.

Não é raro encontrar notebook com GTX série 9 (quando o começo da numeração é 9). Essa é a geração anterior, ainda muito competente para rodar jogos atuais, elas não são mais tão recomendadas. Representadas pelas GTX 950M, 960M, 965M, 970M e 980M, você notou esse sufixo M? Esse M significa mobile, assim a GTX 970, por exemplo, é mais potente que a 970M. Sacrifícios foram necessários a favor da mobilidade.

Como escolher um notebook gamer para os jogos atuais

Anunciados na Computex 2017, notebooks com Max-q são ultra finos e potentes, somente com GTX série 10

Na série 10, atual, esse problema foi finalmente solucionado. As placas de vídeo para desktop apresentam o mesmo desempenho nos notebooks. Até a mais simples dessa linha consegue reproduzir em alta qualidade os jogos atuais. Representadas pela GTX 1050, 1050 Ti, 1060, 1070, 1080 e 1080 Ti; as placas GTX GeForce série 10 apresentam a arquitetura Pascal e melhorias que as tornam até 2x mais potentes que a série 9. Além disso, há uma melhor gestão de energia, suporte nativo ao DirectX 12, 4K (a partir da 1070) e VR (a partir da 1060), e possibilitam notebooks mais finos. A GTX 1050 Ti é a recomendada para jogar Forza Horizon 3.

Esteja atento para a GTX 1050 Ti e 1060, a primeira tem 4 GB de RAM, a segunda tem opções de 3 e 6 GB. Não olhe somente a RAM, apesar da 1050 Ti ter 4 GB, ela não é tão veloz e potente quanto a 1060, mesmo a de 3 GB. Talvez seja bom olhar para que tipo de jogos você deseja rodar, pois alguns priorizam mais a CPU do que a GPU, sem exigir tanto VRAM.

Recomendamos: Nvidia GeForce GTX 1050, GTX 1050 Ti, 1060, 1070, 1080 e 1080 Ti

RAM, armazenamento e sistema operacional

Usar 4 GB de RAM em 2017 já não é o suficiente nem em smartphones Android. Em notebooks, opte por no mínimo 8 GB de RAM, isso vai ser o suficiente para rodar jogos pesados sem gargalos e complicações. Armazenamento é outro ponto de grande importância, mas fácil de escolher. Ter 500 GB de HD não é o ideal, ainda mais quando se é gamer e os jogos chegam facilmente  a 100 GB. Esteja interessado em opções a partir de 1 TB de HD. Para quem quer rapidez, um SSD vai encurtar bastante os carregamentos, para que você sempre esteja preparado para o game o quanto antes. Com um SSD de 120 GB é possível armazenar o sistema operacional e jogos que você mais abre, para assim carregarem em alta velocidade, deixando o HD para outros arquivos.

Como escolher um notebook gamer para os jogos atuais

96,12% dos usuários do Steam em julho acessaram a plataforma pelo Windows

No quesito de sistema operacional, todo gamer precisa ter o Windows. A imensa maioria dos jogos é lançado exclusivamente para Windows. Não é questão de acordo com a Microsoft, mas é onde se encontra a maior parte dos gamers. Em julho de 2017, 96,12% dos usuários do Steam usaram Windows. Esteja com o SO sempre atualizado, com o Windows 10, que tem acesso ao DirectX 12 e outras modernidades que fazem os jogos rodarem melhor.

Recomendamos: A partir de 8 GB de RAM, 1 TB de HD e Windows 10 64-bits

O preço da mobilidade

Como escolher um notebook gamer para os jogos atuais

Novo Dell Inspiron 15 Gaming é um dos notebooks gamers atuais com melhor custo-benefício

Um notebook gamer não é barato. Esteja atento quando for escolhe um, porque é muito fácil achar uns com peças defasadas, ainda mantendo o alto preço. No momento, recomendamos o novo Dell Inspiron 15 Gaming, ele possui tela Full HD, Intel i7-7700HQ, Nvidia GeForce GTX 1050 Ti, 8 GB de RAM, 1 TB de HD, 8 GB de SSD, mas Linux Ubuntu (é possível instalar o Windows 10); o notebook pode ser comprado a partir de R$ 4.956,95.

Esteja atento a outras informações como bateria, peso, tela e design. Além de verificar os relatos de quem comprou, para saber se o modelo desejado quebra com frequência.

Esperamos que com essas dicas você tenha sido esclarecido sobre qual notebook gamer escolher, pois se for para pagar caro, que seja em um modelo atual que valha. Você já tem um notebook gamer ou está interessado em um? Tem dúvidas ou que dar mais dicas? Enfim, qualquer coisa que queira falar, comente abaixo!

Um garoto sul-americano do Nordeste que finalizou o ensino médio e aguarda o início de seu semestre na UFAL em 2018. Até lá acha que pode pelo menos produzir algo útil à humanidade através do SMT, assim para de gastar horas de sua vida em Dota 2.

Comentários

Mais de Computadores

Dica

Advertisement

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

Recomendado para você



Subir