Início » Geral » Conheça a Desduplicação de Dados (Deduplication)
Geral

Conheça a Desduplicação de Dados (Deduplication)

Deduplication desduplicação - Conheça a Desduplicação de Dados (Deduplication)
Parece um termo novo, porém já existe entre grandes empresas desde meados de 2008. Particularmente eu comecei a me inteirar mais sobre o tema no último mês, pois a empresa que trabalho necessita dessa tecnologia. O que torna a desduplicação tão famosa é...

Deduplication desduplicação - Conheça a Desduplicação de Dados (Deduplication)

Parece um termo novo, porém já existe entre grandes empresas desde meados de 2008. Particularmente eu comecei a me inteirar mais sobre o tema no último mês, pois a empresa que trabalho necessita dessa tecnologia. O que torna a desduplicação tão famosa é a capacidade de reduzir consideravelmente o espaço necessário para armazenar dados. Porém, não podemos confundir com compressão de dados.

Desduplicar basicamente é eliminar duplicações. A desduplicação compara vários blocos de dados que foram enviados para um dispositivo de backup com blocos de dados já armazenados neste. Quando o sistema encontra dados que já foram escritos anteriormente – ou duplicados – em vez de gravar o arquivo por completo novamente, ele cria um ponteiro que fica gravado em um índice. No momento de recuperar o arquivo, o sistema recorre ao índice para encontrar as várias partes do arquivo.

Um exemplo prático disso ocorre em uma empresa com 1024 funcionários que utilizam um arquivo “relatório.doc” com o mesmo cabeçalho padronizado. Cada cabeçalho consome 10Mb do arquivo. Logo 10Mb x 1024 funcionários = 10Gb de memória em dados repetidos. A desduplicação entra aí: o sistema copia apenas uma vez os 10Mb e nas outras 1023 vezes ele aponta para esse arquivo, ao invés de salvar cópias adicionais. Pronto. Simples assim. Quanto mais arquivos e cópias você tiver, mais vantajoso será trabalhar com a desduplicação.

Há, entretanto, uma característica comum aos dois mecanismos: tanto a desduplicação, quanto a compressão, apresentarão ganhos substanciais em dados como arquivos de Microsoft Office, e-mails, texto, registros (simples) de bancos de dados SQL ou Oracle, máquinas virtuais, etc. O mesmo não ocorre com arquivos de imagens, vídeo, som, ZIP e dados criptografados.

Para mais informações, visite este link.

Comentários do Facebook

NOTÍCIAS POR E-MAIL

Receba as notícias do Showmetech direto na sua caixa de entrada.

Yey! Parabéns, você receberá notícias incríveis!

Ops! Acho que não deu certo. Vamos tentar novamente?

NOTÍCIAS POR E-MAIL

Receba as notícias do Showmetech direto na sua caixa de entrada.

Yey! Parabéns, você receberá notícias incríveis!

Ops! Acho que não deu certo. Vamos tentar novamente?

Você gosta do nosso trabalho? Então, que tal curtir a gente? ;)

Compartilhe com um amigo