Corredor para carros elétricos que vai do Rio de Janeiro a São Paulo é inaugurado

Corredor para carros elétricos que vai do Rio de Janeiro a São Paulo é inaugurado 6

Com uma proposta inovadora e futurista, o Brasil estreia, nessa segunda-feira (23/07), o maior corredor com postos de carregamento para carros elétricos. Interligando São Paulo e Rio de Janeiro, o corredor é encontrado na Rodovia Presidente Dutra e vem como uma parceria entre a EDP, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico e do BMW Group Brasil, contando também com o apoio da Ipiranga.

O Futuro já está presente

Equipamento de carregamento de carros eletricos - Showmetech

A ideia consiste em diversas estações de recarga, que serão encontradas em pontos específicos da via e garantiram que usuários, que possuam carros elétricos, possam recarregar seus automóveis e concluir a viagem, sem a necessidade de outro tipo de combustível.

A proposta inicialmente não contemplará tantos usuários, levando em consideração o fato de existirem poucos veículos com tal tecnologia, entretanto o esperado é que em pouco tempo isso aumente cada vez mais e outras vias recebam o mesmo projeto.

Um projeto incrível e caro

O motivo para não encontramos tantas bases de carregamento para veículos elétricos, vem principalmente por causa do seu alto preço, algo que ocorre no inicio de qualquer nova tecnologia.

Equipamento de carregamento - Showmetech

Para que o corredor pudesse existir, foi investido um total de R$ 1 milhão para a instalação de seis equipamentos de carregamento rápido. Os equipamentos ficam localizados em postos de combustível Ipiranga e contemplam um trecho de aproximadamente 430 quilômetros, e como já foi dito, interliga São Paulo e Rio de Janeiro.

Cada equipamento pode carregar dois veículos ao mesmo tempo e segundo informado no evento, é possível conseguir uma carga de 80% em 25 minutos, algo realmente rápido, se compararmos ao que era visto logo que a tecnologia surgiu.

Quando foram apresentados os primeiros carros elétricos, dois pontos dificultavam a comercialização, sendo a carga que durava poucos quilômetros e o tempo que demorava para carregar completamente um veículo. O planejado é que, no futuro, os equipamentos consigam carregar os veículos no mesmo período de tempo que atualmente demora para abastecer com outros veículos.

Gratuito para os usuários, por enquanto

Uma aprovação feita recentemente pela Aneel (Agencia Nacional de Energia Elétrica), fez com que fosse regularizado a cobrança pelo preço de cada recarga. Entretanto, nos primeiros meses, quem utilizar a via irá usufruir gratuitamente do serviço.

Não foi dito qual o valor que será cobrado após o período citado, nem especificado quantos meses serão. Entretanto, a cobrança só será definida em 2019.

Parceiros de peso

Se de um lado encontramos a empresa EDP, que foi eleita como uma das empresas mais inovadoras do setor elétrico brasileiro, de outro temos a BMW, que atualmente conta com veículos elétricos e híbridos que impressionam pela qualidade de motor e aparecia, assim como é visto em todo o catalogo.

Interior BMW i8 - Showmetech

Sem deixar de considerar a participação da Ipiranga no projeto, sendo uma das maiores redes de postos de combustíveis encontradas no Brasil e garantindo a possibilidade de uma grande ampliação de centrais de carregamentos para veículos elétricos.

Um futuro mais tecnológico e ecológico

Além da chegada de carros elétricos constituir uma gigantesca evolução tecnológica, a novidade garante um combustível mais limpo, ajudando assim o meio ambiente.

No futuro, podemos esperar uma frota ainda maior de veículos elétricos e uma redução significativa dos gases que são produzidos por combustíveis como gasolina e etanol e a certeza de não ter dificuldades para encontrar postos que contem com equipamentos de carga.

E vocês, leitores? O que acharam da novidade? Acham que o corredor pode influenciar a popularização dos carros elétricos? Comentem o que vocês acham abaixo!

Receba Notícias por E-mail:

Share via