Crítica: Blade Runner 2049 é a continuação perfeita do clássico de 1982

Blade Runner 2049 é uma verdadeira obra-prima da sétima arte, uma continuação perfeita e que torna evidente o talento de Denis Villeneuve.