Ranking da desvalorização: veja quais celulares perdem menos valor na revenda

Ranking da desvalorização: veja quais celulares perdem menos valor na revenda

Avatar of lucas gomes
Além de conferir quais modelos tiveram mais e menos desvalorização em 2021, também veremos outros aparelhos, como tablet e video games. Confira!

Compra e venda de smartphones seminovos é sempre uma grande questão, até mesmo para aqueles que já estão acostumados com a prática. Mas fica a dúvida: qual será o smartphone que mais vale, na revenda, e qual o será que menos vale? Hoje mostraremos algumas estatísticas sobre a desvalorização de celulares de acordo com dados coletados durante o ano de 2021, um ano que definitivamente nos mostrou o quanto precisamos da tecnologia como nossa aliada. Vem conferir com a gente!

Revenda e/ou troca

Para falarmos sobre a desvalorização de celulares, devemos ter em mente que este aspecto pode ser visto através de trocas ou revenda. Por exemplo, ao tentar vender um smartphone que foi utilizado por um ano, ele já não valerá o preço pelo qual você pagou, mas quanto ele valeria? Além de ter que levar em consideração o cuidado que o dono teve, outros aspectos também são importantes aqui, como a marca daquele smartphone e quais recursos ele oferece — passando de um dono para outro, se vale à pena o investimento mesmo assim.

Confira dados sobre smartphones - e outras tecnologias - que foram mais negociadas durante o ano de 2021. Reprodução: appleinsider
Confira dados sobre smartphones – e outras tecnologias – que foram mais negociadas durante o ano de 2021. Comprar celular usado também deve haver certa atenção quanto à desvalorização. Reprodução: appleinsider

Claro que muitas outras coisas estão envolvidas, como o interesse no comprador de reciclar as peças daquele smartphone, um possível comprador que seja saudosista e prefira aparelhos antigos, alguém que faça trabalho relacionado a questões ambientais e está recebendo smartphones para ajudar o meio ambiente, entre muitas outras maneiras pelas quais alguém compre um smartphone usado: e independente do motivo, a desvalorização de celulares também será considerada no momento da negociação.

Destaques em negociações

Estes resultados foram apresentados pelo site SellCell, que fez uma análise sobre compra e venda de smartphones — e outros aparelhos como video games e tablets, mas daremos mais foco em smartphones — que ocorreu nos Estados Unidos de acordo com as negociações realizadas de forma online. Entre os destaques, podemos analisar uma série de fatores que foram predominantes, como o fato dos iPhones serem os smartphones com a menor desvalorização possível, ficando entre 9 dos 10 smartphones menos desvalorizados de 2021.

Motorola razr é um dos smartphones que tiveram a maior desvalorização durante o ano de 2021. Reprodução: fresno24
Motorola Razr é um dos smartphones que tiveram a maior desvalorização de seu preço original durante o ano de 2021. Reprodução: fresno24

O iPhone 12 Pro Max foi o campeão do ano, sendo o smartphone com menos desvalorização do ano, perdendo apenas 31,7% do valor desde seu lançamento. O mesmo não pode ser dito para smartphones da Motorola, pelo qual apareceram pelo menos 3 modelos no top 5 dos smartphones mais desvalorizados de 2021, com uma taxa de 85,7% de desvalorização em seu pior cenário. Um dos smartphones mais conhecidos da Motorola, o Motorola Razr (smartphone dobrável), alcançou a marca de 85,3% de desvalorização.

Entre outros aspectos que envolvem a revenda de smartphones, também vimos que quase o dobro de pessoas do gênero masculino praticaram essa atividade, quando comparado com o público feminino: 64,61% contra 35,39%. A idade dessas pessoas também foi avaliada: pessoas entre 25 e 34 anos de idade foram responsáveis por 28,04% das revendas em 2021. Por outro lado, a menor porcentagem fica para as pessoas com 65 anos de idade, ou mais, representando 6,57% das negociações.

Ranking da desvalorização: veja quais celulares perdem menos valor na revenda. Além de conferir quais modelos tiveram mais e menos desvalorização em 2021, também veremos outros aparelhos, como tablet e video games. Confira!
O Nintendo Switch apareceu como o console recondicionado mais comprado de 2021. Reprodução: ninthesw

Apesar do foco ser os smartphones, outros aparelhos também foram analisados, como os videogames. O PlayStation 4 foi o console mais negociado em 2021, enquanto o Nintendo Switch foi o console recondicionado (refurbished) mais negociado. Outra curiosidade está relacionada à data: especificamente no dia 14 de setembro as revendas de smartphones atingiram seu pico no ano, coincidentemente no dia em que o iPhone 13 foi lançado. E sobre localidade se destacaram as cidades de Orlando e Flórida, como as que mais revenderam aparelhos em 2021.

Smartphones mais negociados

Como informado no tópico anterior, a Apple se destacou entre os smartphones que tiveram a menor perda de valor durante o ano de 2021, incluindo o iPhone 7 Plus, smartphone de 2016 (5 anos, em relação ao ano avaliado) que ainda possui uma performance considerável. O iPhone 11 leva a melhor, seguido pelo seu antecessor imediato, iPhone XR, e em terceiro lugar, o iPhone 12 Pro Max — que manteve a melhor valorização desde seu lançamento.

Lista de smartphones mais negociados de 2021. Os iphones se destacam aparecendo em 9 das 10 posições da lista. Reprodução: sellcell
Lista de smartphones mais negociados de 2021. Os iPhones se destacam aparecendo em 9 das 10 posições da lista. Em último lugar também vemos um Samsung usado. Reprodução: SellCell

Dois motivos que são importantes ressaltar, é o fato de pessoas americanas comprarem iPhones com contratos de um ano com operadoras e a quantidade limitada de iPhone 13 produzido em 2021. Ou seja, ao comprarem o iPhone 12 Pro Max em 2020, este contrato terminará ao final de 2021 e provavelmente sem iPhone 13 em estoque, os donos de iPhone 12 Pro Max saberiam que o valor deste smartphone se manteria em alta.

Smartphones com menos desvalorização

Lista de smartphones que menos sofreram depreciação em seu valor original, em 2021. A lista com 5 colocados destaca a linha de iphone 12, lançada em 2020. Reprodução: sellcell
Lista de smartphones que menos sofreram depreciação em seu valor original, em 2021. A lista com 5 colocados destaca a linha de iPhone 12, lançada em 2020. Reprodução: SellCell

Seguindo o que foi visto sobre os smartphones mais vendidos, os aparelhos que menos sofreram perda de valor também são, em sua maioria, iPhones — especificamente e, literalmente, toda a linha iPhone 12, que foram lançados em 2020. E se você imaginou que a grande concorrente da Apple apareceria por aqui, se enganou. O Pixel 5, do Google, apareceu em quinto lugar como o smartphone que menos teve desvalorização, mantendo quase metade de seu preço original (49,8%).

Smartphones com mais desvalorização

Lista de smartphones mais desvalorizados em 2021. Nela vemos 5 smartphones de duas marcas conhecidas: motorola e lg. Reprodução: sellcell
O celular usado com mais desvalorização em 2021 foi o Motorola One Hyper. Nela vemos 5 smartphones de duas marcas conhecidas: Motorola e LG. Reprodução: SellCell

Agora quanto aos smartphones com a pior performance em revendas, temos duas marcas bastante conhecidas no mercado: Motorola e LG. A Motorola aparece com o Motorola One Hyper sendo o aparelho com a maior desvalorização em 2021, com 85,7% do valor reduzido, e o LG V60 ThinQ em último lugar, com 82,8%. Vale lembrar que a LG não está mais no seguimento de smartphones, um indicativo que pode justificar a baixa performance nos resultados. A SellCell ainda sugere que os proprietários de smartphones da Motorola migrem para outras marcas que sejam consideradas mais valorizadas no mercado.

Sistema operacional mais negociado

Ios superou o android em sistemas operacionais mais negociados em 2021. Reprodução: sellcell
iOS superou o Android em sistemas operacionais mais negociados em 2021. Reprodução: SellCell

Cada smartphone conta com um sistema operacional diferente e essa métrica também deve ser levada em consideração. Atualmente há dois sistemas operacionais dominantes no mundo todo: iOS e Android. O iOS é encontrado em todos os smartphones da Apple, os iPhones. Já o Android pode ser encontrado em uma imensa gama de smartphones no mundo todo, que compreendem marcas como as vistas por aqui: Motorola, Pixel, LG, bem como em outros como Samsung e Xiaomi. Seguindo os resultados anteriores, os smartphones com o sistema operacional iOS levaram a melhor em 2021, representando 58% dos mais negociados, seguindo pelo Android, com 42%.

Tablet mais negociado

Não somente smartphones: também teve resultado sobre o tablet mais negociado em 2021, que neste caso, foi o ipad pro de 4ª geração (2020). Reprodução: sellcell
Não somente smartphones: também teve resultado sobre o tablet mais negociado em 2021, que neste caso, foi o iPad Pro de 4ª Geração (2020). Reprodução: SellCell

Fugindo um pouco do nosso foco em smartphones, vamos dar uma olhada em outras tecnologias que também tiveram suas performances em negociações avaliadas. Neste caso, o de tablets. Em 2021 o tablet mais negociado foi o iPad Pro de 4ª Geração com 12,9 polegadas, lançado em 2020. Com a chegada dos novos iPads — e iPhones — no ano passado, os usuários do tablet acabaram negociando seu modelo atual pelo lançado mais recente: seja um pelo outro, e negociando o valor, ou até mesmo vendendo seu tablet e comprando o novo completando a diferença.

Video game mais negociado

O video game mais negociado de 2021 foi o playstation 4. Reprodução: sellcell
O video game mais negociado de 2021 foi o PlayStation 4. Reprodução: SellCell

O PlayStation 4 aparece como o console mais negociado de 2021. Com o lançamento do PlayStation 5 em 2020, os donos de PlayStation 4 tiveram a oportunidade de vender seu atual videogame para comprar a versão mais atual. Devemos mencionar também que o Nintendo Switch foi o console mais vendido, quando consideramos os recondicionados.

Perfil dos negociadores

Pessoas que se identificam com o gênero masculino compreendem a maior parte dos negociadores. Reprodução: sellcell
Pessoas que se identificam com o gênero masculino compreendem a maior parte dos negociadores. Reprodução: SellCell

Entre os mais interessados em vender seus aparelhos usados, vemos os seguintes resultados: 64,61% para os que se identificam com o gênero masculino e 35,39% para as pessoas que se identificam com o gênero feminino. O mesmo se aplica para as compras de aparelhos recondicionados, sendo 71% representando consumidores masculinos e 29%, femininos. Já para idade, confira as estatísticas:

  • 65 anos de idade ou mais: 6,57%;
  • 55 a 64 anos de idade: 9,36%;
  • 45 a 54 anos de idade: 14,07%;
  • 35 a 44 anos de idade: 18,98%;
  • 18 a 24 anos de idade: 21,98%;
  • 25 a 34 anos de idade: 28,04%.
Já quanto a idade, o padrão visto é que as pessoas mais jovens costumam fazer mais negociações em revendas do que pessoas mais velhas. Reprodução: sellcell
Já quanto a idade, o padrão visto é que as pessoas mais jovens costumam fazer mais negociações em revendas do que pessoas mais velhas. Reprodução: SellCell

Um dos fatores que mais se destacam quando nos referimos à idade, é justamente a preocupação que a geração mais nova tem com o meio ambiente, ou seja, com mais revendas acontecendo, haverá também menos poluição. Já pessoas mais velhas tendem a trocar seus aparelhos com menos frequência por preferirem comprar novos, ao invés de revender.

E você, o que achou dessa pesquisa? Realizou muitas revendas em 2021, comprou algum celular usado? Faz parte de alguma estatística apresentada? Conta pra gente nos comentários!

Veja também:

Seguindo com os destaques da Maçã, ao que tudo indica, esse ano de 2022 será um ano repleto de novidades da Apple.

Fonte: SellCell.

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados