Conecte-se conosco
E aí, Spotify? Tesla pode lançar seu próprio serviço de streaming

Automotivo

E aí, Spotify? Tesla pode lançar seu próprio serviço de streaming

Segundo os rumores, Elon Musk estaria estudando a ideia há algum tempo; o executivo também conversou com gravadoras nos últimos meses

ELON MUSK TESLA

Ambicioso, Musk já provou que não devemos duvidar de suas ideias

Segundo informações do portal de notícias Recode, Elon Musk pode estar interessado em lançar um serviço de streaming musical para a Tesla, sua montadora de automóveis elétricos. Também de acordo com a fonte, que acusa os rumores como vindos da própria indústria automotiva, a ideia ainda seria incerta, mas estaria há tempos sendo estudada pelo executivo.

A fabricante ainda estaria conversando com diversas gravadoras na intenção de conseguir contratos e acordos para o serviço. As dúvidas, no entanto, ficam sobre como viria a  funcionar o possível produto: seria algo como o Pandora, uma web-radio? Ou seria algo mais parecido com os tradicionais Spotify e Apple Music? Isso ainda é um mistério.

Outra dúvida levantada pelo texto da Recode é que, embora a montadora ofereça descontos no Spotify para donos de Teslas vendidos fora dos EUA, a companhia não parece muito interessada em simplesmente levar esse modelo de negócios para a terra do Tio Sam – o que seria muito mais barato e até mais seguro, pois se levarmos em conta que o Spotify é um produto já estabelecido no mercado, não seria muito difícil conquistar os donos de Teslas com simples descontos na mensalidade, não é mesmo?

Desnecessário?

SPOTIFY, TESLA, ELON MUSK 2

Mesmo sendo altamente conectados, os carros priorizam um reprodutor de músicas próprio da Tesla

Desenvolver uma plataforma do zero seria muito mais caro, difícil e desnecessariamente arriscado – até mesmo para Musk. Mesmo com a montadora entregando uma média de 100 mil carros por mês, algo que interessa e muito às gravadoras, é possível que o serviço da Tesla não soe atraente, ainda mais se for muito limitado aos carros da empresa.

Até mesmo o Apple Music, que figura como o segundo maior serviço do mundo e tem uma infraestrutura baseada no iTunes, tem se esforçado mais que o normal para continuar competitivo: a Maçã também tem conversado com as gravadoras, mas para conseguir as regalias que são dadas ao Spotify – como royalities e taxas menores por cada música ou disco reproduzidos.

Todos esses fatores tornam a ideia de um serviço de streaming próprio da Tesla algo não muito promissor, ou, no mínimo, com grandes dificuldades pela frente. De qualquer modo, sempre será saudável que o mercado ganhe mais competição – e vindo de ninguém menos que Elon Musk, a ideia pode acabar sendo inovadora e revolucionar este mercado como o conhecemos.

19 anos, brasiliense, acadêmico de Direito e apaixonado por tecnologia, informação e entretenimento.

Comentários

Mais de Automotivo

Dica

Advertisement

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

Recomendado para você



Subir