Faria lima é uma das regiões mais requisitadas por big techs e startups, mas não ocupa primeira posição no ranking

Empresas de tecnologia estão ocupando mais espaços na capital paulista, apesar da pandemia

Avatar of bruno martinez
Empresas de tecnologia estão ocupando mais espaços em São Paulo, aumentando o preço do metro quadrado

Um estudo divulgado pela Binswanger Brazil, consultoria imobiliária corporativa, revelou que as empresas de tecnologia estão ocupando mais espaços em São Paulo, capital. Além das big techs como FacebookAmazon e Google, cerca de 2.677 startups também escolheram a capital do estado para sediar seus negócios. 

De acordo com a pesquisa, nos últimos três anos, as startups chegaram a ocupar uma área de 82.000 m², registrando uma taxa de crescimento composta de 8,9%. E, apesar da pandemia, as empresas de tecnologia estão ocupando mais espaços agora do que ocupavam antes da crise sanitária – saltando de 348.294 m², no 4º trimestre de 2019, para 363.575 m² no 1º trimestre deste ano. Além disso, o preço por metro quadrado nas regiões mais procuradas variou de R$97 até R$114 entre o primeiro trimestre de 2018 e o primeiro trimestre deste ano.

Metro quadrado cobrado para empresas tech em sp
Metro quadrado cobrado para empresas tech em SP chega a R$114

Em entrevista ao InfoMoney, a Binswanger Brazil informou que como muitas empresas já operavam em regime remoto antes da pandemia de COVID-19, portanto os impactos negativos do teletrabalho não foram tão significativos para o setor imobiliário. Além disso, a mudança da sede do Facebook para a região da Faria Lima acabou gerando um aumento da procura por locações na área, impactando de maneira positiva o setor. 

De acordo com a Binswanger, apesar de as empresas estarem ocupando um espaço cada vez maior em algumas regiões de SP, não significa que os números continuarão a crescer continuamente. Inclusive, o estudo aponta uma queda na devolução de locações, em números absolutos. O que pode acabar resultando em um “possível realocamento nos próximos períodos”.

Empresas de tecnologia estão ocupando mais espaços em áreas específicas de SP, conheça quais

Empresas de tecnologia estão ocupando mais espaços em sp
Enquanto região da Berrini é a mais ocupada por empresas tech, a Marginal Morumbi ocupa a última posição no ranking da Binswanger

Empresas de tecnologia estão ocupando mais espaços em áreas bem específicas na capital de SP. A região da Berrini e da Faria Lima estão entre as mais procuradas para sediar os escritórios corporativos, com 67.000 m² e 60.000 m² de área ocupada, respectivamente. Na sequência estão as regiões do Itaim/JK (50.000 m²), Chucri Zaidan (46.000 m²) e Marginal Oeste (41.000 m).

“Tradicionalmente ocupada por escritórios de advocacia e empresas do setor financeiro, as empresas de tecnologia buscam espaço nos principais edifícios da Faria Lima. O objetivo é ter proximidade com a infraestrutura da cidade, diminuindo os tempos de deslocamento e facilitando os acessos aos comércios e serviços, o que acaba por impactar diretamente na qualidade de vida de seus funcionários”.

Binswanger Brazil

Confira também, entre outras notícias corporativas, a opinião dos trabalhadores de tecnologia sobre Inteligência Artificial, big techs e tendências do mercado – tudo aqui, no Showmetech Corporate.

Fonte: InfoMoney; Binswanger Brazil

Veja também:

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados