Empresas no Reino Unido pretendem implantar chips nos funcionários

Empresas no Reino Unido pretendem implantar chips nos funcionários 4
Embora possa parecer algo de outro mundo, alguns países já aderiram a implantação de chips em pessoas

O futuro é agora. Novas tecnologias que antes eram apenas assunto para filmes de ficção científica começam a fazer parte do nosso dia a dia aos poucos, e embora algumas passem despercebidas e cheguem devagar, outras ainda chamam a atenção.

Uma dessas tecnologias é a implantação de chips em humanos, algo que já até acontece em alguns lugares, mas que não se tornou ainda popular.

Mas ao que tudo indica, e se depender de algumas empresas do Reino Unido, isso não vai demorar a acontecer. Elas pretendem colocar chips em seus funcionários e um empresa chamada BioTeq pode ser a responsável por essa implantação.

De acordo com relatórios do Guardian, ela é uma das várias que já trabalham com essa possibilidade de implantar microchips em humanos e muitas outras já estão estudando aderir a esses serviço.

Facilidade dos Chips

Empresas no Reino Unido pretendem implantar chips nos funcionários 5
Microchips serão usados para facilitar a vida dos funcionários

A implantação de microchips nos funcionários de uma empresa pode ser vantajoso em diversos aspectos. Para começar, eles iria desfrutar da conveniência de ter acesso ao lugar onde trabalha e vários componentes como computadores sem muito esforço.

Eles também serviriam como uma espécie de crachá automático interno, podendo até mesmo controlar o tempo que se passa na empresa.

Outro uso para o microchip seria o de acesso a transições financeiras dentro da empresa no sentido de compra, como bebidas e comidas em lanchonetes que façam parte do local ou até mesmo as máquinas de venda.

Como eles serão?

Implantação dos chips acontece entre o polegar e o indicador
Implantação dos chips acontece entre o polegar e o indicador

Pelo que já foi relatado, os microchips serão bem parecidos com aqueles que são implantados em animais de estimação. Ele tem o tamanho de um grão de arroz e fica localizado entre o polegar e o indicador. O processo para implantar o dispositivo é muito rápido, coisa de alguns segundos.

Lembrando que países como a Austrália e a Suécia já adotam essa prática para os cidadãos interessados, e eles podem até mesmo comprar passagens de trem com o chip implantado. O fundador da BioTeq já informou que já importaram chips para outros países como Espanha, França, Alemanha, Japão e China.

O lado contra

O microchip tem um tamanho de um grão de arroz
O microchip tem um tamanho de um grão de arroz

No caso das empresas, a implantação do chip não é obrigatória, será uma escolha do empregado. Mas nem tudo são flores, e como já era de se esperar, alguns grupos são contra essa prática mesmo assim.  Um deles é o Trade Unions Congress, que afirmou que não concorda com a prática porque isso poderia ser um caminho para que o empregador pudesse controlar o empregado de várias formas, tirar sua privacidade e mesmo sendo uma escolha, a medida que todos fossem colocando, os empregados se sentiriam pressionados a colocar também.

Se isso vai acontecer por agora ou não, ainda não se sabe, mas é certo que as possibilidade para o que pode ser feito com a implementação de microchips em funcionários pode ser bastante vasta, e por isso ainda levanta diversas discussões.

E você? Acha que isso pode se tornar popular em breve, ou parece mais apenas mais um roteiro para Black Mirror? Fique ligado no Showmetech para saber mais!

 

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe seu comentário:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba Notícias por E-mail:

Share via