Conheça Exynos 9820, o cérebro por trás dos novos Galaxy S10

Novo Exynos 9820 pode botar fogo no mercado de processadores
Samsung apresentará junto aos Galaxy S10 seu novo Exynos 9820, que promete movimentar o mercado mobile em 2019

O lançamento dos novos Samsung Galaxy S10, Galaxy S10 Plus e Galaxy S10 Lite está cada vez mais próximo e as expectativas sobre eles são altas – a linha principal da Samsung sempre entregou em suas estreias o melhor da tecnologia em vários aspectos dos aparelhos. Nesta geração, que será apresentada mundialmente no próximo dia 20, durante o Samsung UNPACKED 2019, uma das novidades que virá junto aos aparelhos, e que poderá levar o mercado de processadores em 2019 a um novo patamar, é o novo processador da Samsung, o Exynos 9820. Mas você sabe por que este novo processador pode revolucionar o mercado?

Foco na Inteligência Artificial

Pode não ser uma novidade que será apresentada primeiro nos Galaxy S10 da empresa, mas o novo Exynos 9 Série 9820 trará um update na IA em relação a seu antecessor. Trata-se de um novo processamento que conta com uma unidade neural (NPU), oferecendo funções relacionadas a Inteligência Artificial sete vezes mais rápido que o Exynos 9 Octa 9810, presente em smartphones como Galaxy S9+ e Galaxy Note 9.

Unidade neural do novo Exynos 9820
Unidade terá novos recursos para câmera, IA e bateria

Esta nova unidade também permite ao dispositivo executar tarefas de IA mais seguro, com menor latência e, o melhor de tudo, gastando menos energia. Pode-se esperar mais utilidades e interações envolvendo a assistente virtual Bixby – própria da Samsung – e o smartphone, como também recursos aprimorados para as câmeras dos dispositivo, cada vez mais próximo de uma lente profissional.

Chipset com o que há de melhor melhor na atualidade

Já foi mais que comprovado: os smartphones são tão rápidos quanto um computador convencional. No novo Exynos 8920, o poder de processamento dos dispositivos promete ser 20% mais rápido que o Exynos 8910. Seu conjunto acompanha oito núcleos tri-cluster – tecnologia para otimizar o desempenho e consumo de bateria -, sendo dois núcleos desenvolvidos pela empresa para o trabalho pesado, dois núcleos ARM Cortex A-75 focado em otimização, e quatro núcleos ARM Cortex A-73 para desempenho econômico.

Exynos 9820 terá oito núcleos de processamento
Processador será capaz de rodar o que há de melhor na atualidade

Em conjunto, o Exynos 9820 rodará com a nova GPU Mali -76 MP12 para alto desempenho – isso resulta em uma experiência gráfica ainda mais completa e imersiva do que a geração anterior. Testes de Benchmark feitos pela própria Samsung apontam uma melhora de 40% em desempenho ou 35% na eficiência energética – cenário perfeito para os gamers de plantão.

Novo Exynos 9820 terá suporte a 5G e novos recursos de rede

Outra diferença entre a geração passada é o modem LTE-Advanced Pro que virá integrado no novo Exynos. A tecnologia proporciona um aceleramento em banda larga móvel extremamente rápido, permitindo fazer downloads com mais velocidade e maior estabilidade em jogos online, por exemplo. Outros recursos de rede presentes no Exynos 9820 são: quatro entradas múltiplas; saída múltipla (MIMO); 256-QAM (modulação de amplitude em quadratura); e acesso assistido (eLLA) aprimorado.

Exynos 9820 terá suporte a rede 5G
Novo Exynos terá suporte a 5G e recursos avançados de rede

O processador também poderá ser pareado com o Exynos Modem 5100, modem 5G da Samsung, para suportar a rede 5G. Vale mencionar que o Galaxy S10 possuirá uma variante mais parruda, com suporte a rede 5G e maior bateria.

Fotografia aprimorada e gravação em 8K

Houve também uma grande evolução no setor das câmeras. Graças ao avançado processador de sinal de imagem (ISP) para soluções multicâmera, o novo Exynos 9820 proporcionará uma fotografia ainda mais aprimorada e uma IA ainda mais inteligente. Basicamente, devido ao processo de sinal de imagem, a câmera do smartphone irá entender o cenário e as condições para fazer inúmeras modificações instantâneas e deixar a fotografia ainda mais profissional e bonita. Não se trata de um recurso inovador, visto que concorrentes como Huawei e Xiaomi já apresentaram as mesmas novidades ano passado, porém o update na câmera será bastante nítida.

Exynos 9820 será capaz de visualizar imagens 4K HDR
Exynos 9820 será capaz de visualizar imagens 4K HDR

A geração anterior do Exynos, presente no Galaxy S9+, trouxe um recurso de vídeo super câmera lenta que agradou o público. Na nova versão do processador, a Samsung implementou um Codec Multiformato, capaz de armazenar vídeos 8K em um tamanho compacto. Isso só é capaz graças ao Codec HEVC de 10 bits, que traz também suportes a cores de 10 bits. O resultado será cores extraordinárias em um vídeo relativamente pequeno.

Display infinito com suporte a HDR10+

Um dos aspectos mais elogiados quando se trata de um smartphone Galaxy é a sua experiência multimídia. Com o novo Exynos 9820, esta experiência promete ficar ainda mais completa, graças ao suporte HDR10+. Este recurso, criado pela Samsung em parceria com a Amazon para brigar com o Dolby Vision, emprega mapeamento de tom dinâmico, permitindo que as cenas sejam otimizadas individualmente. É um recurso vindo diretamente das Smart TVs para os smartphones! Os dispositivos móveis equipados com o novo Exynos também poderão visualizar imagens 4K UHD. Incrível, não?

Segurança não foi deixado de lado

Para o usuário poder aproveitar todas estas novidades sem ter que se preocupar, o novo dispositivo também aprimorou seu sistema de segurança. Graças a função física não clonável (PUF em inglês), ou “impressão digital”, como conhecemos, o processador será capaz de oferecer ainda mais proteção na hora de cadastrar a digital. A PUF gera uma chave não clonável para criptografia de dados usando as características físicas exclusivas de cada chip. Enquanto a função faz a impressão digital, há um subsistema que gerencia chaves seguras e suporta outros protocolos de segurança, como geração, armazenamento e derivação de chaves.

Exynos 9820 terá oferecerá impressão digital aprimorada
Exynos 9820 terá oferecerá impressão digital aprimorada

Com todas estas novidades vindo por aí, não há dúvidas de que o novo Exynos 9 Série 9820 da Samsung tem capacidade de incomodar a líder no setor de processadores Qualcomm e sua linha Snapdragon. O poder de fogo completo do novo Exynos só poderá ser posto à prova após o dia 20, quando a empresa sul-coreana apresentará ao mundo seus novos Galaxy S10, porém as expectativas sobre como o chipset irá se portar são altas.

Ficou animado pelos Samsung Galaxy S10 com o novo processador Exynos 9820? Será que a Samsung vai mesmo incomodar a líder Qualcomm e oferecer desempenho excelente em jogos e tarefas diárias tão bom quanto a rival? Deixe nos comentários sua opinião! O Showmetech estará presente no Samsung UNPACKED 2019, em São Francisco (EUA), e trará em primeira mão todas as novidades dos novos celulares e, ainda, as primeiras impressões sobre o novo Exynos.

Fonte: Samsung

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta