Facebook inicia testes para cobrar por conteúdo em grupos

Facebook inicia testes para cobrar por conteúdo em grupos 6
Agora será possível ser assinante de algum grupo no Facebook para acesso a conteúdo exclusivo. Mas a novidade ainda está em período de teste.

O Facebook emitiu um comunicado anunciando um teste de um novo recurso para a plataforma envolvendo os tão famosos grupos. Os administradores poderão cobrar uma mensalidade para que os assinantes tenham acesso a conteúdo exclusivo. Entre eles, vídeos, dicas, imagens e outras coisas.

Basicamente, a ideia funcionará como um grupo restrito. Assim, este grupo dos assinantes pode existir dentro do grupo principal, o qual reúne toda a base de usuários participantes.

Conteúdos exclusivos que fortalecem a comunidade

Cada administrador poderá desenvolver a melhor forma de desenvolvimento do conteúdo para angariar assinantes. Uma dos grupos que estão participando da fase de testes dessa nova possibilidade no Facebook é a “Declutter My Home”, administrado por Sarah Mueller. Ela lançou uma categoria restrita aos que pagarem US$ 14,99/mês, chamado “Organize My Home”.

Contudo, nessa comunidade fechada, os membros poderão ter acesso aos tutoriais de como manter a casa limpa. Além disso, ela ainda permite que os assinantes trabalhem em projetos juntos. Este grupo conta com 42 mil membros.

Facebook inicia testes para cobrar por conteúdo em grupos 7

O grupo Grown and Flown Parents que fala sobre o processo de admissão em faculdades, também já está com sua opção de plano. Neste, mediante ao pagamento US$ 29,99 os assinantes podem ter acesso a um grupo de conselheiros. Além disso, um terceiro grupo da fase de testes é o Recipes & Meal Planning, que ajudará os assinantes (que pagam US$ 9,99) com dicas de receitas e listas de compras.

O valor das mensalidades varia entre US$ 4.99 a US$ 29,99. O Facebook, por intermédio de Alex Deve, diretor de produto para grupos, diz que essa nova possibilidade para os grupos está sendo implementada para que os administradores dediquem ainda mais tempo à eles e a sua comunidade.

Facebook

Assim, com membros custeando sessões especiais dos grupos, o Facebook diz que os administradores podem utilizar o dinheiro para desenvolver conteúdo com ainda mais qualidade. Isso através de posts, vídeos ou até encontros off-line.

O Facebook ressalta ainda que todo o dinheiro arrecadado será direcionado de forma integral aos administradores. Porém, pagamentos via aplicativo para iOS e Android contam com o repasse de 30% no primeiro ano, e 15% no restante do tempo.

O que você achou da novidade? Escreva abaixo sua opinião nos comentários.

Fonte: The Verge