Facebook inicia testes para cobrar por conteúdo em grupos

Facebook groups subscription
Agora será possível ser assinante de algum grupo no Facebook para acesso a conteúdo exclusivo. Mas a novidade ainda está em período de teste.

O Facebook emitiu um comunicado anunciando um teste de um novo recurso para a plataforma envolvendo os tão famosos grupos. Os administradores poderão cobrar uma mensalidade para que os assinantes tenham acesso a conteúdo exclusivo. Entre eles, vídeos, dicas, imagens e outras coisas.

Basicamente, a ideia funcionará como um grupo restrito. Assim, este grupo dos assinantes pode existir dentro do grupo principal, o qual reúne toda a base de usuários participantes.

Conteúdos exclusivos que fortalecem a comunidade

Cada administrador poderá desenvolver a melhor forma de desenvolvimento do conteúdo para angariar assinantes. Uma dos grupos que estão participando da fase de testes dessa nova possibilidade no Facebook é a “Declutter My Home”, administrado por Sarah Mueller. Ela lançou uma categoria restrita aos que pagarem US$ 14,99/mês, chamado “Organize My Home”.

Contudo, nessa comunidade fechada, os membros poderão ter acesso aos tutoriais de como manter a casa limpa. Além disso, ela ainda permite que os assinantes trabalhem em projetos juntos. Este grupo conta com 42 mil membros.

Facebook inicia testes para cobrar por conteúdo em grupos. Agora será possível ser assinante de algum grupo no facebook para acesso a conteúdo exclusivo. Mas a novidade ainda está em período de teste.

O grupo Grown and Flown Parents que fala sobre o processo de admissão em faculdades, também já está com sua opção de plano. Neste, mediante ao pagamento US$ 29,99 os assinantes podem ter acesso a um grupo de conselheiros. Além disso, um terceiro grupo da fase de testes é o Recipes & Meal Planning, que ajudará os assinantes (que pagam US$ 9,99) com dicas de receitas e listas de compras.

O valor das mensalidades varia entre US$ 4.99 a US$ 29,99. O Facebook, por intermédio de Alex Deve, diretor de produto para grupos, diz que essa nova possibilidade para os grupos está sendo implementada para que os administradores dediquem ainda mais tempo à eles e a sua comunidade.

Facebook

Assim, com membros custeando sessões especiais dos grupos, o Facebook diz que os administradores podem utilizar o dinheiro para desenvolver conteúdo com ainda mais qualidade. Isso através de posts, vídeos ou até encontros off-line.

O Facebook ressalta ainda que todo o dinheiro arrecadado será direcionado de forma integral aos administradores. Porém, pagamentos via aplicativo para iOS e Android contam com o repasse de 30% no primeiro ano, e 15% no restante do tempo.

O que você achou da novidade? Escreva abaixo sua opinião nos comentários.

Fonte: The Verge

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Assine nossa Newsletter

Gostou? Ajude a gente