Facebook lança Messenger para Mac e Windows

messenger face mac windows 01
Novo app do Messenger do Facebook permite chamadas de vídeo em grupo no Mac e no Windows.
Anúncio
Facebook lança Messenger para Mac e Windows

O Facebook anunciou um novo app do Messenger para Mac e Windows nesta quinta-feira (02). A novidade é que agora é possível fazer chamadas de vídeo em grupo a partir do notebook ou PC.

Segundo a empresa, o que motivou o desenvolvimento do novo app foi o fato de que agora, com a pandemia da COVID-19 e o distanciamento social, as pessoas estão usando tecnologia para manter contato com quem é importante para elas.

Ainda de acordo com o Facebook, no último mês a empresa observou um aumento de mais de 100% do número de chamadas de vídeo e áudio no Messenger feitas a partir de um navegador desktop. As chamadas de vídeo em grupo são gratuitas e ilimitadas.

App do Messenger do Facebook no Mac
App do Messenger para Mac e Windows também possui ‘modo escuro’ e suporte para Gifs.

Vantagens do Messenger do Facebook no desktop

O Facebook destacou que entre os benefícios de se realizar chamadas de vídeo no Messenger no desktop estão: 

  • Mais espaços para pessoas nas chamadas (afinal a tela dos desktops são maiores que as telas dos smartphones)
  • Facilidade de se conectar com amigos e conhecidos (não precisa de e-mails nem números de celular) 
  • Multitask (é possível manter a janela da chamada aberta enquanto faz outras coisas no computador)
  • Notificações (o usuário pode habilitar e desabilitar esse recurso)
  • Chat sincronizado no smartphone e no desktop

Antes que você pergunte: sim, o app possui “modo escuro” e suporte para Gifs. Disponível nas lojas da Apple e da Microsoft, no Mac o aplicativo funciona a partir do OS X 10.10.0 e no Windows 10 a partir da versão 10240.0.

Outros apps para chamadas de vídeo

Pessoa conversando com grupo de pessoas em videoconferência no computador
Skype, Microsoft Teams, Houseparty e Zoom estão entre opções de apps para chamadas de vídeo (microone)

O Messenger do Facebook é um entre vários outros apps que oferecem chamadas de vídeo em grupo. 

Um dos mais populares é o Skype, que tem versões para Mac, Windows, Android e iOS. Com capacidade de realizar chamadas com até 25 pessoas, o app também possui chat para enviar mensagens de texto e imagens. Também é possível ligar para telefones e celulares ao redor do mundo, comprando créditos no aplicativo.

Outro popular é o Microsoft Teams, que é uma plataforma unificada para trabalhos em equipe disponível para Android e iOS. O diferencial é que o Teams permite grupos de até 10 mil pessoas, que podem conversar por mensagens e videoconferências. Outra vantagem é poder acessar, editar e compartilhar arquivos do Word, Excel e PowerPoint em tempo real no app.

Já o Google possui o Hangouts, que é um serviço de chamadas de vídeo para Android e iOS parecido com o FaceTime (que é exclusivo do iOS). O app permite chamadas com até 10 pessoas, grupos com até 150 contatos e mensagens de texto privadas. Quem possui G Suite consegue acessar em tempo real o Documentos, Apresentações e Planilhas, além da pesquisa avançada do Google.

Pessoa em chamada de vídeo no app Houseparty
App Houseparty tem proposta de criar festas virtuais com até 8 pessoas.

Um app de videoconferência e jogos que vem ganhando popularidade nessa época de quarentena é o Houseparty. Com uma proposta mais descontraída, a ideia do aplicativo é criar uma festa virtual com até oito pessoas. O app está disponível para Android, iOS, Windows e Mac.

Outro que vem fazendo sucesso é o Zoom. Esse sucesso vem em partes por conta da facilidade da plataforma. Isso porque os usuários não precisam criar uma conta para usá-lo e é possível participar de chamadas com apenas um link ou código. O app está disponível para Android e iOS.

Houseparty e Zoom: questões de segurança

Apesar da crescente popularidade desses dois apps, ambos tem passado por polêmicas relacionadas a segurança e criptografia.

No caso do Houseparty, alguns usuários compartilharam em redes sociais que o app estaria envolvido em invasões de celulares, roubando dados de cartão de crédito e senha dos bancos. Na sua conta oficial no Twitter, o aplicativo disse que todas as contas são seguras e que o serviço é seguro. “Nunca foi comprometido e não coleta senhas para outros sites”, disse a empresa na rede social.

App Zoom aberto num smartphone
Chamadas de vídeo no app Zoom não são criptografadas ponta-a-ponta.

Já o Zoom precisou arrumar um erro, na semana passada, que compartilhava informações dos usuários com o Facebook. Além disso, milhares de usuários reportaram que suas informações pessoais, como endereço de e-mail e fotos, foram compartilhadas com estranhos. Outro problema é que as chamadas do aplicativo não criptografadas ponta-a-ponta. A justiça americana chegou abrir um processo de investigação para apurar o caso.

Fontes: Facebook, iMore

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter