Facebook, Windows e Flash lideram problemas de segurança na rede

Captura de tela 2013 07 09 às 07. 48. 49
As principais ameaças de segurança na rede para plataforma de uso massivo foram identificadas no Facebook, Windows, Flash e Google Chrome.

Facebook, windows e flash lideram problemas com segurança na rede

As principais ameaças de segurança na rede para plataforma de uso massivo foram identificadas no Facebook, Windows, Flash e Google Chrome. Pesquisadores do laboratório da ESET América Latina – fornecedora de soluções de segurança da informação –, divulgaram um relatório com as principais vulnerabilidades durante o mês de junho.

No caso do Facebook, uma falha de segurança permitiu a exposição de informações de seis milhões de usuários durante um ano. A vulnerabilidade acontecia quando um usuário fazia o download das informações de contato (e-mails e telefones) e conseguia visualizar, de forma indevida, dados referentes a contatos de amigos de amigos, contatos sugeridos pela própria rede social e até informações de pessoas que tinham solicitado ‘amizade’, mas que não tinham sido aceitas.

Outra problema afetou o Flash e Google Chrome. Nesse caso, a falha permitia que o cibercriminoso controlasse o microfone e a webcam da vítima. Posteriormente foi a vez do Linux Mandriva, cujo módulo Apache possibilitava que o atacante executasse o mesmo código de forma remota em versões anteriores à 2.2.25.

Já em relação ao Windows, os especialistas detectaram uma falha que permitia aumentar os privilégios dos usuários de forma indevida. A mesma foi gerada por uma vulnerabilidade ‘0-day’ – tipo de problema de segurança na rede que é descoberto e torna-se pública antes de o fabricante emitir uma atualização. Segundo as informações, o Windows 7 está vulnerável, assim como é possível que o problema ocorra no Windows 8.

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário